terça-feira, 26 de outubro de 2010

Modelos e orçamentos para uma boa discussão

Excerto retirado do blogue JogoDirecto, onde se pode ler na totalidade:

Sporting - Rio Ave: Análise e números:


O tema dos indicadores estatísticos tem sido muito abordado neste blogue, e quem o lê com atenção deverá ser capaz de desmontar rapidamente o sofisma da maior % de posse de bola ou quantidade de remates. É que nenhum destes indicadores é realmente representativo da qualidade de jogo da equipa. Aquilo que noutras área se chama de “Key Performance Indicator” (KPI). O facto é que o Sporting cria, estatisticamente, menos oportunidades que os rivais e, esse sim, será o KPI que os sportinguistas deverão olhar. Mas vamos ao jogo...

A dança de cadeiras continua. Paulo Sérgio continua à procura das melhores soluções individuais para os seus problemas colectivos e é por essa via que agora se regressou a uma dupla de ataque. Ou seja, pelo rendimento recente de Liedson e Postiga e não por uma opção sustentada num modelo colectivo.

Ora, dentro desta filosofia, jogar torna-se um pouco como a aprendizagem confessada pelo próprio Presidente sportinguista. Ou seja, faz-se “on the job”. É por isso normal que o Sporting tenha sentido mais dificuldades do que é costume em circular e ter posse na primeira parte.(…)

É que o Sporting voltou a revelar os mesmos problemas em termos ofensivos. Por um lado, não existiu novamente em transição. Por outro, em construção, voltou a revelar as mesmas dificuldades. Quer pelos poucos apoios criados nos corredores, quer pela inutilidade da generalidade das jogadas que recorreram ao apoio frontal solicitado por Postiga.(…)
 
--------------

In blogue Ideal Sporting, onde se pode ler na íntegra:

Acerca do orçamento de quem vai à frente…

Analisemos o onze inicial da equipa do Porto, que ontem goleou a União de Leiria:

·    Helton – € 1 M *
·    Fucile – € 1 M *
·    Rolando – € 1 M *
·    Maicon – € 1 M *
·    Alvaro Pereira – € 4,5 M
·    Fernando – € 1 M *
·    João Moutinho – € 11 M
·    Ruben Micael – € 3 M
·    Hulk – € 5,5 M
·    Falcão – € 3,9 M
·    Varela – € 0 M
* Informação oficiosa
·    André Villas-Boas – € 0,25 M
Total = € 33,15 M
(...) se pensarmos que nos últimos 16 meses gastámos perto de € 30 M na aquisição de jogadores, facilmente verificamos que a inferioridade exibicional e de resultados da nossa equipa nada tem a ver com orçamento ou falta dele.

10 comentários:

  1. Leão de Alvalade,

    É difícil comentar, esses dois bons posts, porque são ambos - na minha perspectiva - incompletos e qualquer crítica, porque não dirigida directamente aos autores, seria injusta.

    O Jogo Directo é imprescindível para quem queira acabar com alguns mitos... mas é importante que não se reduzam sequer as estatísticas àquelas que são apresentadas. Nem os jogadores às características que são estatisticamente contabilizáveis e, sobretudo, o comportamento colectivo exclusivamente à soma das estatísticas individuais.

    Um exemplo: o reposicionamento defensivo. Entre zonas a ocupar, função específica e virtudes e defeitos dos colegas de sector e mesmo a filosofia da equipa que é incutida pelo treinador, há inúmeros elementos que condicionam a performance estatística de um jogador. Por exemplo, se se exige a um jogador fraco no 1x1 de forçar muitas vezes o 1x1, é natural que a sua estatística no 1x1 seja má e que o número de perdas de bola grande.

    O Filipe diz e muito bem que a estatística que apresenta é apenas uma muleta metodológica. E se aceito o instrumento estatístico (às vezes com relutância... por exemplo, o DS33 às vezes desce imenso no campo em fase de construção e consegue assim, por jogo, 4 ou 5 passes de e para os centrais de nenhuma dificuldade e que, naturalmente, lhe oferecem melhores valores estatísticos mas sem nenhuma influência ou utilidade no jogo... e é só um exemplo), além de ser importante referir que há aspectos importantes que estão fora da estatística, a própria análise que é feita - que é muito boa - contém elementos de discordo profundamente (ainda que com outros concorde com igual profundidade) e, na minha opinião, tem a dificuldade de ser muito difícil de quantificar a "qualidade" numa acção, principalmente quando essa qualidade é colectiva.

    Sobre os orçamentos, como para as estatísticas, é falacioso pelo que não diz. Não diz dos muitos jogadores contratados nem do seu preço mensal. Por exemplo, aquela equipa não integra o jogador mais bem pago do plantel e também um dos mais caros, que tem sido opção mas que dificilmente verá o seu investimento recuperado. Também não diz quantos milhões estão no banco ou dos que já foram descartados, apesar até serem bons jogadores.

    Principalmente, ambas as análises não dizem o que o Sporting deveria ser. Não é por comparação ao FCPorto, nem por uma análise quantitativa dos seus elementos, se percebe qual o rumo ou qual o modelo que o Sporting deve seguir. Isto é, onde o Sporting conseguiria ir buscar a sua vantagem comparativa.

    ResponderEliminar
  2. Caro Leão de Alvalade,

    Permita-me que discorde com a segunda parte do seu post. Apesar das limitações evidenciadas pelo Sporting no que diz respeito a aquisições de jogadores, o qual penso estarmos todos de acordo, não me parece correcto argumentar que:

    "(...) se pensarmos que nos últimos 16 meses gastámos perto de € 30 M na aquisição de jogadores, facilmente verificamos que a inferioridade exibicional e de resultados da nossa equipa nada tem a ver com orçamento ou falta dele."

    Na minha opinião, não podem ser comparados um conjunto de contratações do Sporting nos últimos meses com o resumo das melhores contratações do porto nos últimos anos.

    Permita-me acrescentar o seguinte:
    - se pensarmos nos orçamentos que a SAD do porto tem tido nos últimos anos, facilmente verificamos que a inferioridade exibicional e de resultados da nossa equipa TAMBÉM tem a ver com orçamento ou falta dele.

    Cumprimentos,
    Pedro Amorim

    ResponderEliminar
  3. Concordo inteiramente com os comentarios do PLF e do Pedro Amorim...não se podem comparar orçamentos, comparando apenas a ultima equipa titular do fcp com as nossas contratações dos ultimos 16 meses. Porque teriamos de acrescentar, o orçamento para o futebol englobando os ordenados, e acho que é neste ponto que estamos muito limitados em relação aos nossos concorrentes directos.

    SL

    ResponderEliminar
  4. PLF:
    Pode resultar à primeira vista que misturei alhos com bugalhos, e que me perdoem os autores pela comparação. Devo por isso explicar-me.

    Ambos os textos abordam dois temas que se tornaram recorrentes quando se fala hoje do futebol do Sporting: o azar e o menor investimento face aos rivais. De certa forma eles desmistificam esse tipo de argumento.

    Ao futebol do Sporting não falta apenas um clique, como o ano passado não nos faltavam mais uns treininhos e alguma cagança. E não é apenas azar quando se mandam as bolas aos postes. Como disse já aqui, os postes estão no futebol desde o inicio do jogo nos tempos modernos e acertar neles deveria ser considerado tão azarento como permitir a defesa aos guarda-redes: ambos são elementos do jogo. Ou como muito bem explica no BN:

    “as situações de remate que o Sporting cria, sempre em esforço, raramente permitem boas situações de finalização. E convém também não esquecer que a parte de dentro do poste e a parte de fora do poste representam uma enorme diferença ao nível do “azar”: os GR não se posicionam para defender a parte exterior, mas parte interior é perigosa (…)

    O Filipe coloca bem a questão ao lembrar-nos que produzimos menos oportunidades de golo por jogo, apesar da enorme posse de bola, face aos que deveriam ser os nossos concorrentes directos. Como ele muito bem finaliza:

    “O ponto é que o tipo de futebol do Sporting pede aos avançados que sejam pouco móveis e, sobretudo, que esperem na zona central por aquilo que a equipa possa produzir. Daí o tema do “pinheiro”.

    ResponderEliminar
  5. Dezperado,

    a limitação do Sporting actual é a limitação da falta de capacidade que historicamente os seus dirigentes têm tido para saber gerir desportivamente.

    Porque uma equipa só formada por jogadores do Sporting estaria entre as melhores do Mundo e - desconsiderando salários - teria os mesmos custos de formação que são suportados pelos rivais.

    É olhar para a selecção nacional e perceber que o Sporting está limitado porque se limitou. E estará ainda mais limitado quanto mais continuar a contratar jogadores que jamais lhe permitirão dar um salto financeiro e, consequentemente - porque é do que fala -, um salto desportivo.

    Era preciso, por exemplo, deixar de navegar à vista, ter alguma estratégia para o Sporting, alguma ideia sobre o que podemos fazer melhor que os adversários.

    Alguém tem uma ideia?

    ResponderEliminar
  6. Quanto aos orçamentos, - respondendo de uma penada a todos -concordo que a análise não leva em linha de conta todos os parâmetros, mas dão-nos vários indicativos para a discussão: há muito tempo que o FCP desistiu de contratar “artistas da bola”, talvez o último tenha sido Benni McCarthy, seguindo agora um modelo diferente, com a busca de jogadores com potencial de afirmação.

    Não é uma história de sucesso absoluto mas os ganhos dão seguramente para as perdas. O Sporting salta de estratégia em estratégia sem ser muito consequente e coerente com nenhuma em particular, ao ponto de esperar os resultados.

    Mas o ponto mais interessante pode ser a análise dos valores individuais da equipa que agora lidera o campeonato e a nossa e o que deles resulta em produção de jogo colectivo. Olhando para a equipa do FCP de caras no Sporting, na minha opinião, entrariam apenas Moutinho, Hulk, Falcão e eventualmente Varela. Não estou certo que, mesmo com este upgrade, conseguíssemos melhores prestações.

    ResponderEliminar
  7. Obviamente que todos estamos de acordo com o nosso pouco para não dizer quase nulo acerto com as contratações. Especialmente no mercado internacional.
    Mas ainda assim acho este post um pouco demagogia Demagogia! comparar o onze com que o Porto goleou o Leiria com o total investido pelo Sporting nestes ultimos meses.
    Porque há que ver o onze que não jogou. Jogadores como Saparanu, Otamendi, Souza, J.Rodriguez, C.Rodriguez, Bellushi, Walter. Devem andar aqui uns 30 ou 40 milhões.

    Abraço desde o Sector
    J.

    ResponderEliminar
  8. Não é demagogia nem é errado ver-se virtudes na forma como o Porto constantemente acerta, e não é errado pegando no seu exemplo - que é o único em Portugal, dos clubes grandes - constatar o desacerto (se formos simpáticos) do Sporting.
    O post do Ideal Sporting não diz que o Porto acerta sempre. Só nos últimos anos (2005 para cá, porque se formos às eras Mourinho então ficaremos a parecer um clube de atadinhos) o Porto consegue ir buscar Cissokho, Fucile, Pepe, promover o Bruno Alves e transferi-lo milionariamente (depois de este tê-los servido desportivamente anos a fio), Fernando, Varela (nosso), Lisandro (que quase ninguém conhecia quando chegou a Portugal), Quaresma (formado por uns para dar títulos e mais uma transferência milionária a outros), Hulk (outro perfeito desconhecido) ou Falcão, só para ir buscar os exemplos mais notórios.
    Moutinho, também nosso.
    Beto, nosso também.
    Villas-Boas, quase nosso, mas que fez muito bem em não ter vindo para o Sporting porque sendo portista de alma e coração poderá agora (ao mesmo tempo) servir o clube que gosta e trabalhar num clube que lhe oferece mais chances de sucesso.

    Há algum clube em Portugal que consiga no espaço de 3 anos desencantar um Lisandro por 2, vende-lo por 12, mas logo a seguir não ficar desportivamente a perder, com um Falcão.
    Não ver nisto mérito é um pouco cegueira. Copiássemos nós estes exemplos. Mas lá esta, isto não são coisas copiáveis, não são acções que partam de fórmulas, mas sim decisões tomadas rapidamente por indivíduos que depois de verem o vídeo A ou B, falarem com as pessoas C ou D avançam depressa para uma contratação.

    O Sporting, nas raras vezes que acerta uma contratação trata ao fim de meia dúzia de meses de minar por completo a estadia dessas certas contratações e desses bons jogadores nas suas equipas, como são disso atestado os perfeitos exemplos Vukcevic e Izmailov.
    Mas estes são os raros. Porque a norma é mesmo essa: não acertar sequer. O post fala em 30 milhões mas é um valor inexacto, são para aí 100 milhões, ou 150 milhões, ao longo de 9 ou 10 anos, menos, anos. Ou mais, milhões.
    Triste. Anedótico, se não se tratasse do Sporting.

    O problema contudo é aquilo que o PLF diz. Pedindo ideias ele avança com o método que não precisa delas, por tão simples e acertado que é: formar jogadores, e jogar com equipas da formação. Para quê?
    Para ganhar títulos, que mais poderia ser. Jogar com jogadores formados pelo Sporting porque são melhores jogadores do que outros que vêm de fora. Se calhar são também o 1) serem mais baratos e 2) darem muito dinheiro ao clube os principais motivos para que isto não se faça: dinheiro para os cofres do clube não significa necessariamente dinheiro para os cofres de pessoas que ganham dinheiro com as transferências do clube. Promover o Miguel Veloso ao plantel do Sporting não obriga ao pagamento de comissão. Ir comprar um chileno de 30 anos, obriga. Não são precisas teorias de conspiração, basta olharmos para os padrões e verificar o xadrez que constantemente se repete.

    ResponderEliminar
  9. Sobre as questiúnculas futebolísticas / técnicas que versam sobre futebol, Paulo Sérgio, Jogo Directo e métodos estatísticos, não estando preparado (por falta de conhecimentos) para discuti-las convenientemente dá-me impressão que a verdade andará algures pelo meio: seguramente o futebol do Sporting e o Paulo Sérgio não são tão bons quanto as estatísticas mostram (equipa mais rematadora, ou coisas desse tipo), nem são tão maus quanto aquilo que os resultados também mostram, ou não são tão maus quanto aquilo que alguns dizem. Somos medianos vá, que é no fundo aquilo que tão bem temos sabido ser nos últimos 15 ou 20 anos. Nesse campeonato ninguém nos bate. Prefiro muito mais ler o PLF, o Filipe ou outros, sobre estas e outras matérias. No cruzamento de que eles dizem e discutem andará a visão certa.

    PS: Obrigado - mais uma vez e pela centésima vez - ao Leão de Alvalade pela publicação da entrevista dado pelo boneco à "A Bola". Ainda não a li convenientemente mas pelo que dizem não custa adivinhar que será mais do mesmo, as mesmas frases feitas e noções do costume.

    ResponderEliminar
  10. Falar em modelos e tácticas:

    Alguém se recorda neste último jogo de alguma jogada em que os nossos médios-centro, aqui até posso excluir maniche porque simplesmente não corre,tenha recuperado uma bola e iniciar o contra-golpe?? Não vi uma única recuperação de bola, o que tendo em conta a qualidade do adversário, é um factor preocupante...

    Aliás, só me recordo de corridas tontas do asantos, sempre mas sempre, atrás do condutor de bola.Não deveria estar posicionado de frente para abola/adversário??

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (6) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)