quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Sporting à Braz II

Não se pode dizer que a confirmação da candidatura de Braz da Silva seja a notícia do dia. No fundo até os menos atentos certamente já teriam reparado na ofensiva mediática pelo agora candidato confirmado, produto de uma das primeiras medidas conhecidas: a contratação de uma agência de comunicação, que, diz-se, seria resgatada à última da hora à candidatura de Godinho Lopes. Parece óbvio que este tipo de acções são mais reveladoras de decisões do que de dúvidas. Assim, a confirmação hoje feita é tudo menos uma surpresa.

O caminho que Bettencourt escolheu para o seu mandato desde cedo indiciou que as eleições seriam uma inevitabilidade, não se sabia era quando. Assim, e tendo em conta esse cenário inevitável, já aqui havia afirmado que quando Bettencourt virasse as costas a situação em que deixaria o Sporting deixaria, a quem se atrevesse a sucedê-lo, um guião de execução difícil. Neste quadro, da parte dos adeptos parece-me ser essencial revelar a abertura necessária para ouvir com atenção todos aqueles que revelem a coragem para avançar, sem no entanto prescindir do sentido crítico necessário e que, pela falta do devido uso, em tantas outras ocasiões, empurraram os Sportinguistas para más escolhas, das quais todos hoje lamentamos pelo menos os seu resultados.

É ainda cedo para uma pronunciação definitiva sobre Braz da Silva, até porque pouco se sabe sobre ele, sobre o que realmente pretende para o Sporting e a equipa que o acompanhará. Mas o que se sabe, isto é, o que o candidato vai revelando não pode deixar desde já se levantar algumas questões.

Como me dizia ontem alguém cuja opinião muito prezo, não é propriamente um bom cartão-de-visita ter como mentor alguém cujo cargo obriga à supervisão das contas e dele não se conheça outra coisa que não o silêncio e a cumplicidade ante o descalabro financeiro em que nos encontramos. A segurança que nos permite os seus conselhos está ao nível da confiança que os indonésios podiam ter no sistema de segurança de previsão de tsunamis dos países do Índico em 2004.

Já anteriormente me referi à questão do fundo que serviu de cartaz à candidatura de Braz da Silva. Tão ou mais importante como saber qual a origem do dinheiro, do relacionamento dos investidores, se os houver, e o dos compromissos que obrigarão o clube, é perceber como poderá o Sporting sustentar os jogadores que entretanto cheguem. Se há alguma lição a retirar da partida de Liedson, e caso ainda alguém não o tivesse percebido, o Sporting tem um grave problema de sustentabilidade a diversos níveis, dos quais a tesouraria será, seguramente, um pesadelo mensal. Para os que ainda não perceberam, e que passam o melhor do seu tempo a pedir grandes nomes, o Sporting no final do mês tem sérias dificuldades para pagar aos que já cá estão. Braz da Silva diz que não é isso que quer para o Sporting, aguardemos então que nos esclareça como conseguirá o difícil equilíbrio.

Braz da Silva diz que com ele o Sporting não volta a ter presidente remunerado, no que considero um passo atrás no modelo organizacional no Sporting. Esse critério deve ser, no meu entendimento, alargado aos restantes membros executivos dos órgãos sociais. O Sporting precisa dos melhores e a tempo inteiro. Cargos em part-time são a porta aberta à desresponsabilização. E não me parece sequer justo pedir a alguém o melhor de si, do seu tempo, da sua carreira e dos seus, sem qualquer contrapartida. O Sporting tem de tornar viável a participação de jovens quadros competentes e deixar de ser apenas possível a empresários e gestores na pré-reforma. Ao contrário do que preconiza o candidato, entendo que são os eleitos que devem assumir o papel interventor e não pagar a intermediários para exercerem o mandato que lhes foi conferido. Sabemos bem o que um modelo semelhante conduziu,   em particular nos mandatos de Roquette e Dias da Cunha.

Braz da Silva optou por um discurso institucional relativamente à equipa técnica. Veremos quanto tempo lhe conseguirá ser fiel. Se até indefectíveis como Eduardo Barroso perceberam que, com a permanência de Paulo Sérgio, será impossível o Sporting tornar-se num verdadeiro candidato, a discussão à volta das candidaturas passará muito pelo que tiverem a propor, a este nível, aos Sportinguistas.

Tudo o resto, como as reuniões com directores gerais de clubes como o Real Madrid, que está longe se ser um modelo recomendável para nós, as profusas manifestações de apoio, ou ideias avulsas como a reorganização dos quadros competitivos está pouco elaborado para merecer atenção.

Esta é para já única candidatura conhecida, quando se alvitra que Godinho Lopes e Rogério Alves estarão também a ultimar a sua apresentação. Enquanto aguardo para me pronunciar sem reservas, vou dando conta que não me parece que surjam daí a renovação que desejava para o Sporting. Ao contrário do que muitos têm defendido, não me parece essencial a ideia de um consenso. Não duvido que a situação do Sporting o recomendaria. Do que duvido é da possibilidade da sua manutenção ao longo de um mandato. Por norma o consenso tende a desagregar-se quando as condições que o fomentaram se alteram, ou perante as dificuldades que a realidade impõe.

Mais do que o consenso gostaria de ver uma liderança forte, alicerçada na vontade de mudar e que se impusesse com a naturalidade que só a competência permite, mesmo que para isso tivesse que, sempre que necessário, impor as rupturas necessárias. O que o Sporting seguramente não precisa é que algo mude para que tudo fique na mesma.

Não sei se uma candidatura assim surgirá e se haverá quem a corporize. Para isso seria necessário que os Sportinguistas dessem um sinal nesse sentido mas esse tem sido, em regra, de  tom inverso. A mudança para nós tem sido sinónimo de drama e por isso o estranho seria que a nossa situação pudesse ser melhor.

20 comentários:

  1. Sim, se ainda fosse uma reunião com o presidente do Barça, ainda podíamos perceber ele querer copiar o modelo deles.

    É verdade que ele ainda não apresentou nenhum modelo nem programa, mas eu sou muito desconfiado em relação a pessoas que aparecem e dizem ter muito dinheiro para gastar (NENHUM ser humano gasta toneladas de dinheiro sem querer nada em troca).

    ResponderEliminar
  2. Começo a pensar que em vez de eleições deviamos fazer um Concurso Publico Internacional para candidaturas a CEO da Sporting SAD...

    Depois disso faziamos eleições.

    ResponderEliminar
  3. Quem é o tal mentor que refres? Desculpa a minha ignorância ? é o menezes rodrigues? SL

    ResponderEliminar
  4. O que o homem está a fazer é tomar conhecimento de realidades existentes para depois avançar com um programa, o que me parece ridiculo é já se levantarem vozes contra uma futura candidatura, que é até agora a unica visivel.
    Não sabendo ainda as guias mestres desta candidatura, congraluto desde já este candidato pela coragem.
    Acho estranho já haverem "iluminados", como "grande mentor da crise Sportinguista o sr. Roquette",a questionar a proveniencia de dinheiros, e agora voçes a questionar como se vai pagar ordenados, isso será um problema que o futuro presidente terá e em grande parte devido á forma como certo "iluminados" conduziram o SCP á situação em que se encontra.
    Quanto a um presidente remunerado, acho bem, se isso servir para o responsabilizar pelos seus maus actos de gestão, como aconteçeu com este ao vender jogadores muito abaixo de clausulas de rescisão e um deles para um clube rival.
    Espero que este senhor concorra, espero que não tenha ninguem nas suas listas que esteja relacionado com a era "Roquette" e estes ultimos anos de catastrofe, e se o projecto fizer sentido vai ter o meu voto, porque prefiro ter uma equipa que me orgulhe que ser o eterno coitadinho e chorão que luta com orçamentos inferiores aos grandes, e superiores aos restantes clubes e que apresenta resultados e espetaculos miseraveis.
    Quanto a Paulo Sergio é mau de mais para ser verdade, e quando sair já vai muito tarde, estabilidade sim mas com pessoas com qualidade e ele com a miseria de equipa que têm mostrou que mais que isto não dá, não tem fio de jogo, não tem qualidade, não tem equipa tipo, não tem nada é uma miseria, sendo que como homem também me decepcionou pois ao perder Liedson depois de dizer que contava com ele e ao não receber o Pinheiro e o que lhe prometeram só tinha que bater com a porta.

    Sr. Braz apresente um projecto, livre-se da cambada que lá está, que votos apareceram.

    Não se esqueçam que não votaram o Paulo Cristovão porque tinha pouca "credibilidade", Eriksons e tal mas de certeza que nao teria feito pior que este kotonet.

    ResponderEliminar
  5. LMGM,

    a melhor forma de "assassinar" um post que, independentemente dos seus méritos, até deu algum trabalho, é escrever uma linha enigmática...

    Leão de Stª Engrácia,
    Basta ler o que está escrito: "alguém cujo cargo obriga à supervisão das contas"

    ResponderEliminar
  6. P.O,

    não consigo comentar o teu post sem admitir que enfiei a carapuça.

    Como não compagino o que escrevi com "o que me parece ridiculo é já se levantarem vozes contra uma futura candidatura" parei por aí.

    ResponderEliminar
  7. Sobre a remuneração ela é um pouco indiferente, até porque não é nada que não possa ser mudado consoante cada particular contexto.

    Alguém que não seja abastado e exerça o cargo a tempo inteiro precisará de ser remunerado, como é evidente. Alguém que seja abastado e exerça o cargo a tempo parcial ou inteiro poderá ser remunerado, ou não. Compreende-se perfeitamente que o Brás da Silva não queira ser remunerado. Não precisa e sempre é um ponto a seu favor que usa. Óptimo, não há por aqui nada a pegar. Amanhã noutro caso qualquer poder-se-á ver a coisa de outro modo. Cada caso é um caso e seja lá qual for a norma haverão sempre situações que causarão estranheza. Desse modo, o melhor mesmo é ser a norma a ajustar-se a cada particular caso. Isto para o presidente claro. Presidente e até 5 ou 6 posições chave do topo das estruturas, clube e SAD.

    Sobre o resto e na sequência do que o post diz, a noção infelizmente mais vincada é mesmo essa: necessidade de mudança. Mudança real. E essa mudança obrigará a gente nova, gente que esteja afastada de Alvalade nos últimos anos. Isto nunca deveria ser um dos critérios mas infelizmente a situação é tão deprimente e miserável que obriga-nos a pensar desse modo simplista: desconhecido, bom. Conhecido, mau.

    Rogério Alves, subscrevo. Melhor do que muitos mas não é a situação ideal. Longe disso. Terá muitas virtudes e asseguraria uma boa representação do Sporting mas sobre a substância nada podemos dizer porque não se lhe conhecem quaisquer posições sobre aquilo que entende para o Sporting ou não. Sabemos que é um indivíduo inteligente mas isso não chega, ou pode não chegar. Mas seria bom que avançasse, pois desse modo saberíamos que no pior das hipóteses o rosto da continuidade seria um melhor do que aqueles que o precederiam.

    Godinho Lopes, não conheço, mas não gosto. Lê-se muita coisa má e portanto a opinião é sempre enviesada por esses relatos mais ou menos negativos sobre a sua pessoa. Anda lá há tempo demais e tem o seu nome ligado a casos de polícia. Não gosto sequer da cara dele se é que isto pode ser argumento para alguma coisa.

    Mudar, para melhor. Para diferente.
    E dentro deste diferente há todo um conjunto finito mas vasto de possibilidades. Nunca saberemos ao que vamos, nunca. Mas aqui, sabemos que se quisermos ir a algum lado temos de escolher diferente. O que daí virá terá depois de ser bem feito, porque não existem formas únicas de conduzir o clube.
    Pode edificar o futebol sénior do Clube com principal recurso à sua Academia mas, pode faze-lo mal feito e neste caso resultado algum decente aparecerá. Do mesmo modo, pode pegar em 100 milhões de euros e comprar meia dúzia de jogadores que bem treinados nos dêem títulos, sem que daqui resulte prejuízo.
    Pode fazer as 2 também.

    Pode fazer muita coisa, precisa é de ser bem feita, e isto só se conhece depois. A acção mostrar-nos-á a existência de qualidade ou não. Antes da acção, a eleição, tem sempre muito de desconhecido. Nunca nada mudará isto, seja la no que for.

    ResponderEliminar
  8. MM,

    obviamente que concordo com a adaptação caso a caso. Independentemente da existência ou não de remuneração o que quero dizer é que o Sporting precisa de ser gerido directamente pelos eleitos e não de forma delegada.

    ResponderEliminar
  9. "Não gosto sequer da cara dele se é que isto pode ser argumento para alguma coisa."

    MM:

    Não é argumento? Ai não, que não é... Pq é q julgas que o PPC perdeu para JEB daquela forma estrondosa que todos conhecemos? Por isso, por ter 'má cara', e por ser um ex-chui, claro... Ainda por cima da Judite, c'um crlho, pá!!! "Que esses gajos são piores que os antigos pides..."

    :)


    Qt ao post.

    Braz da Silva merece que o oiçamos. Mts diziam que "seria o vazio", que "ng se iria apresentar", q isto, que aquilo, "falta de tomates", "só sabem criticar", "só criticam mas no momento certo não há coragem", etc e tal...

    Este deu a cara. Oiçamos pelo menos o que o tem para nos oferecer...


    LDA:

    Sobre o dinheiro apregoado por Braz da Silva, estou de acordo ctg... como já disse anteriormente, há que saber como chega, como vai ser gerido, aplicado, etc, etc. Td mt bem explicadinho. Até pq, aplicando um exemplo mais 'radical' 50M€ podem-se esgotar em 2 jogadores, p.e. (vide Nani! David 'golias' Luiz! e mts exemplos mais...) E dois jogadores poderá ser curto para as atuais necessidades do plantel do SCP. É só um exemplo de como o muito e o pouco, no futebol, é ainda mais relativo. Como tb já disse noutras ocasiões, com inteligencia e 'savoir faire' é perfeitamente possível construir-se uma boa equipa, sem que, para tal, se tenha que gastar à 'tripa forra'. Essencial, para mim, é não poupar €€ no treinador... Contem-se os tostões para tudo, mas a fazer alguma extravagância, a minha aposta seria, precisamente, aqui: no líder da futura equipe técnica para o futebol profissional do SCP.

    Abraço a ambos.

    ResponderEliminar
  10. Leão de Alvalade,
    Eu se fosse presidente do Sporting delegaria tudo. E não seria remunerado porque viveria na Academia. Comeria na sua cantina e viveria lá num canto qualquer próximo de uma fotografia do Francisco Stromp.
    A minha função seria essa só, delegar tudo. Delegaria em si, delegaria no PLF, delegaria em mais uns quantos. Chamaria para junto de mim o Sá Pinto, o Oceano, recrutaria o Paulo Torres ao Torres Vedras ou Torreense ou lá onde ele estiver, chamaria também o João Vieira Pinto, o Amunike e dar-lhes-ia um cargo a todos. Sim, comigo existiriam jobs for the boys. Não vejo qualquer mal nisso porque se os boys forem os certos, importante é que haja jobs. Que cargo? Depende. Teria de conhece-los para me aperceber das suas potencialidades.

    Mas faria isso, delegaria tudo. Em vós.
    O meu trabalho seria depois garantir que vós fariam o vosso, e tenho a certeza que ele seria bem feito porque obrigar-vos-ia a tal. Sem obrigar claro. Sim porque o PLF é uma máquina mas precisa de supervisão. Andar para aí solto seria um erro tremendo. É como as bolas de cristal. Nas mãos certas, devolvem vida. Espalhadas pelos 4 cantos do mundo e sem supervisão, qualquer Cell, Frieza, Majin Buu ou Cyborg poderia dar-lhes mau uso.

    Mas, tudo isto é hipotético claro. Eu não posso ser presidente do Sporting porque agora preciso de ir fazer café. Lamento, mas tem de ser. Há coisas que não podem esperar e que nada pode substituí-las. Abraço.

    ResponderEliminar
  11. MM,

    da parte que me toca, não votaria em ti se me prometesses um cargo porque, para lá dos meu defeitos e qualidades, falta-me uma coisa essencial: ter vontade para.

    A minha única pretensão é ser sócio /adepto do Sporting e aí tento desempenhar o meu papel o melhor que sei e posso.

    ResponderEliminar
  12. Virgílio,
    Lá está, mas por acaso os rostos dizem bem mais do que muita coisa. O Paulo Pereira Cristóvão tem um bom rosto. Tem uma boa pose. É um individuo que se carrega bem, sereno e estável. Pouco nervoso e que conhece Roma. Há pelo menos uma fotografia sua - no seu gabinete, julgo - onde se vê por lá o busto de Júlio César, acho. Se não é Júlio César é outro Imperador qualquer.

    Esse Godinho Lopes tem cara de fuinha. É má peça.

    Mas Virgílio é uma pena claro. Os maus julgamentos e as impressões claramente estúpidas que se retiram de alguém. Não é um mal português. É um mal do ser humano. O ser humano é uma coisa muito limitada e estúpida, na sua versão standard. É um facto ...
    Abraço. Ah e Virgílio, tu também irias lá para dentro. Que cargo? Lá está, não sei, teríamos de ver isso depois. Ou podias ser tu o presidente e davas-me um cargo a mim, e depois íamos comprar jogadores. Ao IKEA.

    ResponderEliminar
  13. MM:

    Já me fizeste rir... O que nos ultimos tempos, tratando-se do SCP, é um gde feito! Obrigado por isso.

    Olha... estou como o LdA. Só aspiro aquilo que já sou neste momento: ser adepto ferrenho, inqubrantável do SCP, do meu SCP, e contribuir humildemnte com a minha opinião e com o meu dinheirito das cotas de sócio (com ostensivo orgulho) e dos bilhetes dos jogos que adquiro sp que me desloco ao santuário de Alvalade. Depois, aspiro a a bater palmas aos nossos atletas, incentivá-los, gritar os seus feitos e realizar festejos... Sentar-me numa esplanada a beber imperiais e a ver o pessoal, trajado de verde-e-branco e a embandeirar cochecois e outros adereços leoninos, às voltinhas ruidosas na Rotunda Europa e/ou pelas ruas da minha cidade. Qd penso em felicidade, a nível desportivo, é esta a imagem que a minha memória reporta.

    É'só' isto que eu desejo!

    Abraço.

    ResponderEliminar
  14. Exmo. Senhor MM,

    Venho por este meio apresentar uma candidatura espontânea para o lugar de "Hand Clapping Technician", tenho 31 anos de experiência na função, infelizmente nem sempre com bons resultados, na perspectiva em que mesmo apoiando e batendo palmas, os cavalheiros no relvado muitas vezes não sabem o que lá andam a fazer.
    Tenho um doutoramento em novas oportunidades dadas aos dirigentes da associação desportiva a que pertenço e muita vontade de voltar a cantar "-Campeões! Campeões! Nós somos Campeões!" em pleno Marquês de Pombal.
    O salário pretendido poderá ser pago em golos na baliza dos adversários em quantidade abundante.
    Na esperança de que considere esta minha candidatura para o lugar em questão, subscrevo-me com os melhores cumprimentos e a máxima disponibilidade.

    De V. Exa.
    Atentamente,

    10A

    ResponderEliminar
  15. Ainda não se conhece o seu projecto, mas ja se conhece o seu passado. Vamos aguardar para ver.

    SL

    ResponderEliminar
  16. 10A,
    Esse seria meu também, o cargo por mim escolhido.
    Haverá melhor (?) ...

    ResponderEliminar
  17. MM,
    Não há. Definitivamente, não há.

    ResponderEliminar
  18. Eh, eh, eh!

    Voltando ao Braz, as ultimas noticias dizem que afinal nao vai a grande entrevista mas sim ao jornal nacional da TVI

    "Braz da Silva vai hoje ao Jornal Nacional da TVI (20.00) explicar o projecto para o clube e o Fundo de 100 milhões de euros. Isto depois de ter sido dado como convidado de Judite Sousa na Grande Entrevista na RTP1, onde foi substituído por Artur Agostinho."
    http://www.dn.pt/desporto/sporting/interior.aspx?content_id=1774159

    ResponderEliminar
  19. Confesso que estou curioso acerca deste Sr. Silva ;)

    E como na Belgica nao apanho a TVI, descobri no site deles este link, onde deverao disponibilizar a entrevista:
    http://www.tvi.iol.pt/mediacenter.html?mul_id=13381119&load=1&pagina=1&pos=6

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)