segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

O resultado final de Costinha

Ouvi com atenção a entrevista de Costinha ao Resultado Final da SportTv. Não nego que Costinha constituiu uma enorme desilusão neste quase 1 ano de mandato, como é fácil de perceber em quem acompanha este espaço. Mais ainda tendo sido o "ANorte" que antecipou em exclusivo a vinda do actual desportivo com esperança incontida de dias melhores, que se acabou por revelar injustificada. Mas não ficaria tranquilo com a minha consciência se não repetisse a ideia que já aqui exprimi anteriormente e que ainda mais vincada ficou após a entrevista. Mesmo que essa ideia seja contra a opinião agora instalada, mesmo que quem agora a perfilhe tenha aprovado muito do que agora se condena em Costinha.

Apesar dos erros cometidos seria demagógico e injusto julgar Costinha de forma implacável, não tendo em conta que também ele foi vitima de um clube desprovido de organização e liderança e que por isso tem dificuldade em recrutar e aproveitar os recursos humanos. Costinha demonstrou nos actos e agora no discurso falta de preparação para ocupar um lugar de topo como o é um director desportivo. O que não é a mesma coisa que dizer que, assim ele tenha a vontade que parece ter, que não possa servir com proveito para o clube numa chefia intermédia, num cargo próximo  do balneário que conhecemos como chefe de departamento. Mas a entrevista de Costinha, pelo que diz e pela forma que o faz, uma admissão implícita de quem sabe poder estar a viver os últimos dias no cargo que ocupa.

Deixo aqui alguns excertos comentados do que me pareceu mais importante nesta hora de conversa:

  • importante defender o grupo de trabalho
  • dorme de consciência tranquila por que é honesto
  • responsabilidade deve ser dividida por toda a estrutura
  • veio para fazer trabalho ou para ser tubo de escape
  • Costinha acha que atacá-lo é atacar o clube
  • os adeptos estão cheios de mentiras porque ninguém lhes diz a verdade
  • o Sporting parece mais um trampolim, todos querem ir jogar para fora mas simultaneamente pediu respeito, dedicação e amor à camisola mas não nomeou quem não tem esse comportamento.
  • Defendeu a contratação de Maniche pelo curriculum
  • Toda gente fala mal do Sporting e ninguém diz nada dizendo que o mesmo não se passa com os nossos rivais, (esquecendo a quem cabe fazer essa defesa)
  • Reconhece que não temos as condições financeiras dos outros parecendo deitar a toalha ao chão relativamente à possibilidade de ser campeão tão cedo
  • Criticou abertamente a saída do Liedson tornando claro que o processo não passou por ele
  • Descartou responsabilidades no caso Izmailov
  • Não percebe a falta de respeito pelo Sporting pela classe jornalística
  • José Couceiro não veio resolver nada
  • O SLB e o FCP contratam quem quer e o Sporting não
  • Queria o Trezeguet e não veio por falta de verba
  • O discurso do Costinha agradou sobremaneira a Simões,vá-se lá saber porquê...
  • Alinhou nitidamente a Paulo Sérgio contra o resto comparando com a situação de Ferguson em Manchester, em que o escocês esteve muito tempo sem ganhar nada.
  • Não se demite e será o último a abandonar o barco
  • O comportamento do Moutinho não foi digno, já queria sair em Março
  • Fomos buscar o NAC que é um grande central e não os jogadores que o FCP se queria ver livre deles
  • Reconhece qualidade e potencialidade a Paulo Sérgio a quem acha que tem faltado sorte e vitima da dualidade de critérios da arbitragem
  • O clube tem que ter um discurso frontal e realista
  • Só Maniche e Salomão é que são de Jorge Mendes e não percebo porque se fala tanto dele
  • Custa-me a ver o Sporting a lutar pelo 3º e 4º lugar e o estádio vazio quando antes o Sporting não ganhava nada e mesmo assim tinha o estádio cheio.
  • Obviamente que se é Couceiro que manda os meus poderes foram reduzidos, mas não sou de amuar a um cantinho por causa disso.
  • Não se trata de me demitir a pergunta correcta é se mantenho a ilusão que me trouxe até ao Sporting que era a de servir o clube que amo.

21 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Concordo q ele tb foi vítima do caos.

    Mas se diz defender tanto o clube, parece me claro que esta entrevista acaba por lesar a instituição e a SAD.

    Estas coisas deveriam ficar dentro do clube e eventualmente poderiam ser ditas num timing certo, quando esta tempestade já tivesse passado e os danos da mesma estivessem plenamente ultrapassados e sanados.

    Em suma, numa altura sã e positiva do clube, esta defesa pessoal podia ser exposta num tom positivo e sem mágoas. Isso sim seria Amar e pôr o Sporting acima de tudo!

    Este timing é de bombista e o discurso torna-se incoerente.

    ResponderEliminar
  3. E em muitas coisas, tenho mesmo que lhe dar razão, infelizmente

    ResponderEliminar
  4. Leão de Alvalade,

    adoro estas entrevistas sem o mínimo contraditório (assim como não me esqueço daqueles que o levavam nas palminhas para depois dizer que só lhe estavam a dar tempo).

    Obviamente que se o Conselho de Administração da SAD ainda tiver pessoas sérias, amanhã será o dia em que Costinha receberá a nota de culpa e será suspenso de funções enquanto decorrer o processo disciplinar.

    Mas o que mais me ficou nesta entrevista é que ninguém explicou a este "ex-jogador" (como se isso significasse capacidade para alguma coisa) que não basta querer, é preciso saber.

    E sinceramente não me lembro de ver mais alguém criticar o conteúdo (sim, essa coisa estranha que é mais importante do que o tom e que é normalmente o resultado de um processo intelectual que no caso é inexistente) assim que Costinha deu a sua 1ª conferência de imprensa.

    Mais. Em Novembro de 2009 disse que se preparava uma revolução pelas más razões. Ela fez-se. Em Fevereiro de 2010 disse Costinha tinha vindo para o Sporting mexer em equilíbrios que não conhecia e que o seu reinado tinha tudo para dar mau resultado: assentava em pressupostos errados e populistas, de cópia com um modelo indigno. E assim se fez. Em Julho de 2010 disse que o Sporting de PS teria dificuldades em ultrapassar os 50% dos pontos em disputa e que o envelhecimento do plantel apenas cavaria o fosso para os demais.

    Em Fevereiro de 2011 Costinha deu provavelmente a sua última entrevista enquanto funcionário do Sporting. E assim se cumpre a "revolução": o Sporting girou sobre si mesmo, mas com a força centrífuga já foram mais do que os anéis, já se perderam alguns dedos.

    Costinha diz-nos que os futebolistas não pensam com os pés. Mas na melhor teoria dos unknown unknowns, Costinha não percebe que quem pensa com os pés não é capaz de o reconhecer.

    Assim vai o Sporting: acumulando incompetentes e, agora, à venda para quem nos pretende prometer tudo de "novo" (com €50M à mistura) mudando o que está bem feito ou replicando o que já existe.

    A palavra de ordem é capacitação: capacitem-se que não leva um bom caminho.

    ResponderEliminar
  5. Costinha falou na altura certa, não escondeu a cabeça debaixo da terra, deu a cara. Todos os blogs leoninos condenam ele não aparecer e não esclarecer os sócios, agora apareceu, falou e esclareceu e já poucos gostam. Somos mesmo um clube de adeptos complicados.

    Não considerei nada bombástico nem polémico, veio na altura certa, pois a casa tem de ser limpa e confio nas potencialidades dele. Mostrou aquilo que esperava dele, honestidade.

    Se estamos mal, seguramente não é por causa do Costinha que revelou mais uma vez ser uma pessoa digna naquilo que faz.

    ResponderEliminar
  6. É esta a melhor maneira de defender o clube que diz amar? So retenho uma coisa: Naquela casa ninguem manda. O outro demitiu-se e nunca mais foi visto. Bazou a correr, e os que lá ficaram, agarrados que nem lapas a um tacho que de certeza vão perder, nem para apagar a luz servem. E agora eleições. Quem ganha? Não interessa, para fechar a porta qualquer um serve.

    Vizinhos, escolham bem, tentem pelo menos. É que isto sem voces não é a mesma coisa. Abraços, bom periodo eleitoral.

    ResponderEliminar
  7. CratoSempre

    É inacreditável como tu e algumas pessoas que visitam o "ANorte" ainda não perceberam que o que aqui se faz regularmente é uma análise do conteúdo dos temas do dia-a-dia do clube!O que aqui se discute nunca foram pessoas ou atitudes mas sim as ideias, concepções e os muitos contraditórios que vezes sem conta se verificam em pessoas com lugares-chave. Claramente o DD deve dar a cara!Ninguém o discute!Sobretudo nos maus momentos..Coisa que o Costinha nunca fez! Aliás, se hoje o fez é porque nada tem a perder e, lamentavelmente, num discurso típico de quem nem de si próprio consegue ter uma ideia, exclui-se dos problemas existentes como se neste tempo todo que leva em Alvalade não fosse responsável de nada!Pior, vem fazer exactamente aquilo que passa a vida a condenar nos outros!Além que não percebo o que ganhamos por continuar a falar de um nosso ex-jogador..não percebo tanta importância..enfim..
    Hoje em dia, mais do que gente com qualificações, o Sporting precisa de pessoas com competências chave que pautem o seu trabalho segundo um conjunto de ideias base inerentes a um clube com a grandeza do Sporting. E, infelizmente, o Costinha (actualmente) não reúne essas competências e eu não acredito que no universo do Sporting não hão de existir pessoas com esse perfil!Porém, de momento o que precisamos é de um Presidente com um PROJECTO que imprima uma nova dinâmica ao clube, que pense pela própria cabeça, que saiba o que quer e que tenha noção de que para ter sucesso irá precisar de todos os Sportinguistas, tanto dos ricos como dos pobres!

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  8. [ÁUDIO] Declarações polémicas de Costinha à SportTV

    http://conversasbola.blogspot.com/2011/02/audio-declaracoes-polemicas-de-costinha.html

    Vai-se demitir ou não? Inadmissível!!!

    :x

    ResponderEliminar
  9. Obrigado, Costinha

    Haja alguém que diga algumas verdades do que vai dentro do Sporting. Agora que estamos num vazio directivo, quando queremos que todos os que têm dirigido o Sporting, sejam eles mais profissionais (quer dizer mais dinheiro ao fim do mês) ou menos profissionais, saiam depressa e precisamos de saber como vai o Clube, foi importante ouvir Costinha.

    Pelo que se viu no Sporting a noção de solidariedade é uma coisa muito restrita, e a comunicação interna também é muito limitada. Nas próximas horas veremos, também, se disciplina é alguma coisa que exista no Clube.

    Disse a sua verdade sobre alguns acontecimentos, e se a sua verdade for A Verdade, há pessoas que perdem o pouco que lhes resta de credibilidade. O edifício Sporting que tremia por todos os lados, já está a desmoronar-se e, se não há cuidado, quando chegarmos a 26 de Março já não resta pedra sobre pedra.

    Costinha preparou-nos para um Fevereiro e um Março de verdadeira catástrofe.

    ResponderEliminar
  10. 8,

    Não posso concordar menos. O que Costinha fez durante uma hora foi alijar responsabilidades pelas suas escolhas (treinador e plantel, sendo a do 1º decisivo para a época tenebrosa que vimos realizando) não compreendendo as consequências das mesmas.

    Por exemplo quando Costinha lamenta ter tostões para fazer uma equipa de milhões não compreende que isso acontece porque aplicou mal o pouco dinheiro que tinha disponível tendo com isso envelhecido o plantel e, em consequência, ameaçado ainda mais a já difícil sustentabilidade do clube. O Sporting não tem dinheiro para contratar como Zenit de S. Petersburgo, tem que procurar soluções que lhe permitam voltar refinanciar para quando necessitar de voltar ao mercado.

    Costinha nesta entrevista foi tudo menos solidário com que lhe deu carta branca disparando em todas as direcções e de forma contraditória. Retive em particular quando afirmou que queria defender o grupo de trabalho e de seguida disse que os jogadores queriam apenas servir-se do Sporting como trampolim.

    Por muito que lhe custe Costinha deve assumir o ónus das suas opções da mesma forma que agora recolheria os louros se os resultados fossem outros.

    ResponderEliminar
  11. LdA

    Leste o meu comentário, ou só leste a 1ª linha?

    ResponderEliminar
  12. 8,
    se tivesse ficado pela 1ª linha não comentaria. Pode-me ter-me escapado alguma coisa, ou não entendido bem, mas o que me parece é que Costinha disse apenas o que mais lhe convinha sem noção das consequências nem das suas próprias responsabilidades.

    ResponderEliminar
  13. Leão de Alvalade,

    é curioso constatar a recorrência do discurso da "dimensão humana" para se estar ao "serviço do Sporting". Algo que cai muito bem nas cabecinhas vazias de muitos sportinguistas que preferem (ou confundem) moralismo a moralidade.

    Por norma não vejo os talk-shows futebolísticos na televisão. Vi ontem o de Costinha (e a contragosto) porque, por um lado, confiava que seria a vergonha que efectivamente foi e, por outro lado, que iria confirmar tudo aquilo que dele dissera no dia da sua primeira conferência de imprensa enquanto funcionário do Sporting.

    Mas estes talk-shows futebolísticos têm mostrado quem tem a tal dimensão humana para representar o Sporting. Não esquecemos as performances televisivas de JEB, Paulo Bento ou Costinha, entre admissões de fracasso e chutos na responsabilidade que será de todos menos deles.

    Curiosamente o mais mal-amado e o mais maltratado, Carlos Carvalhal, nunca disse uma palavra negativa sobre o Sporting: porque sabe o que o clube representa, sabe quais as linhas por que se cosem, porque se calhar sabe admitir que a culpa também será um pouco dele e porque não tem um ego insuflado que o obrigue a disparar em todas as direcções. Aqui se vê a dimensão humana necessária para trabalhar no Sporting.

    Mas curiosamente a generalidade dos sportinguistas acha que não tem perfil e que o que é preciso é de pessoas de pulso firme e discurso forte como Costinha. A força das convicções costuma convencer quem não tem capacidade de discernir o seu conteúdo.

    E por isso reitero o que há muito digo: não é no número de acções propostas ou na força das convicções que se poderá mudar alguma coisa para melhor. É na competência nas decisões, a todos os níveis.

    Mas a competência é difícil de demonstrar e o Sporting está numa encruzilhada difícil, entre o populismo e o abismo.

    O único legado que este ex-funcionário do Sporting nos deixa é que o único discurso válido para o futuro do Sporting é aquele que demonstra compreender as razões do insucesso e como se poderão alterar esses factores. Porque Costinha também deu um murro na mesa e disse que, com ele, o Sporting iria ser muitas vezes campeão. E foi o que se viu.

    ResponderEliminar
  14. PLF,

    fosse eu que escrevesse o que disse ontem Costinha não faltaria quem me acusasse de terrorista. Grande parte do tempo da entrevista foi passado com Costinha a dizer mal do Sporting ignorando as responsabilidades que tem ele próprio e quem o escolheu para DD.

    Achei curioso ver Costinha vociferar contra o tratamento dispensado pela comunicação social em relação ao Sporting parecendo esquecer-se que noção de respeito e a defesa do bom nome do clube tem que vir justamente dos corpos sociais.

    A forma como se defendeu no caso Izmailov teria sido interessante se não houvesse uma sequência de acontecimentos que desmentissem a validade da sua intervenção: Izmailov foi operado e nem sequer treina ainda.

    Quanto ao CC subscrevo na íntegra e só lamento mais esta decisão de Costinha, foi tempo perdido de forma quase criminosa.

    ResponderEliminar
  15. Reality Show Sporting

    Depois das declarações de Costinha, o nosso Sporting Clube de Portugal, atingiu o grau zero da decência, ou seja: estamos já no patamar do reality show.
    Chego a esta conclusão depois de analisar, friamente, tudo aquilo que nos aconteceu desde a saída de JEB, e, se quiserem acompanhar, sem esforço, este raciocínio, chegarão a esta preocupante conclusão: caímos no ridículo.

    JEB foi “nomeado” em Alvalade, leia-se apupado, o que fez? Abandonou a casa, leia-se o clube.

    Liedson, em mais um dia de nomeações, leia-se jogos em Alvalade, faz a sua despedida com direito a lágrimas; que melhor tempero que uma catarse colectiva em directo?

    Paulo Sérgio, no ”confessionário”, leia-se sala de imprensa, profere aquilo que nem Octávio Machado ousou dizer: “estou todo negro e com vontade de levar mais”, ao nível de um concorrente do Big Brother que enunciava: ”eu estou aqui e ando todo rebentado”.

    Costinha, depois de também ter sido “nomeado” e antes que saia da “casa” resolve tentar deita-la abaixo, naquilo que considero ser um dos piores discursos de que há memória num alto responsável do Sporting Clube de Portugal. Então o ainda director desportivo, em determinada altura da entrevista, fala em prestígio, caramba. Prestigio é tudo aquilo que ontem não saiu da boca deste senhor.

    Qualquer semelhança entre estes acontecimentos e qualquer outra realidade será mera coincidência, no entanto e bom lembrar que o tempo não para e pela frente temos um mês de Fevereiro que se pode revelar catastrófico e causador de danos irreparáveis no, agora sim se deve falar dele, prestígio do clube.

    É com enorme tristeza que vejo o actual momento do Sporting Clube de Portugal, abandonado de inteligência e massa crítica, bom senso e razão. Entregue a irresponsáveis que semana após semana conseguem sempre, para espanto geral, envergonhar quem mais deseja inverter a situação e menos meios tem ao seu dispor para o fazer: sócios, adeptos e simpatizantes.

    É imperioso que venha alguém por termo a esta catástrofe, imediatamente, não podemos esperar pelas eleições.

    Quanto a candidatos, para já uma única novidade que me atemoriza um pouco, a entrada em cena das agências de comunicação e o aparecimento dos soundbytes, neste domínio já leva vantagem o “fundo de investimento”.

    Fica uma dúvida, se o presente consegue comparar-se a banalidade, boçalidade e asco de um reality show televisivo, será que o futuro, campanha eleitoral, nos vai dar algo de muito semelhante ao pior daquilo que as últimas campanhas políticas nos deram?

    Espero que se discuta seriamente o Sporting e que todos nós tomemos atenção e partido neste momento difícil do clube.

    Rui Côrte-Real

    ResponderEliminar
  16. Independentemente de darmos ou não razão a Costinha para mim só há uma questão que urge fazer: conhecem algum clube de sucesso que discuta estes assuntos na praça-pública através de entrevistas a um canal de TV ?

    Se houver, digam-me qual que eu meto a viola no saco se não houver então confirmo uma vez mais aminha convicção de que este tipo de declarações à imprensa não passam de um enorme tiro no pé !

    SL

    ResponderEliminar
  17. LdA

    Onde discordas?

    Há solidariedade nos bastidores do Sporting?

    Há comunicação interna?

    Há disciplina? Aqui é capaz de haver alguma se como parece Costinha sair.

    Se for verdade o que disse, não é verdade que há pessoas dentro do Sporting que não podem “aparece” mais?

    Se a estrutura dirigente do Clube já estava fragilizada com esta entrevista não o ficou muito mais, e o que se afigura até às eleições será sempre a piorar?

    Abraço

    ResponderEliminar
  18. Bom, não tive a oportunidade de ver a entrevista e parece-me que não perdi gde coisa. Fiz bem, no sentido da auto-preservação mental, em não sair de casa, atravessar a rua e ir 'beber-um-cafézinho-na-companhia-da-sporttv'. Fiz igualmente bem em não procurar um streaming e assistir à entrevista de Costinha pela internet...

    Não tendo visto, apensas ouvido na rádio e lido este post já hoje de manhã, apetece-me dizer o seguinte:

    Costinha veio com muito ‘sangue na guelra’, mas muito poucos conhecimentos do cargo que ocupa e NENHUMA sabedoria para exercer esse mesmo cargo com um pingo de bom senso e inteligência.

    Posto isto, julgo que a entrevista serviu para, precisamente, sacudir a água do seu capote e ir, descansadinho e aliviado do peso que pairava sobre seu ENORME ego, pregar para outra freguesia. Quem contesta, da forma como ele fez, o Couceiro que 1) é seu superior hierárquico e, só por isso, deveria perceber que não é ele que o tem que o avaliar. Mesmo que fosse nunca perante a opinião publica; 2) Mostrou uma tremenda falta de solidariedade, pelo que não se percebem as suas queixinhas sobre a falta dessa qualidade dentro dos corredores e gabinetes de Alvalade; 3) Couceiro está há pouco mais de um mês, pelo que querer fazer crer que é mais responsável pelo péssimo momentos que o SCP atravessa (a tds os níveis) que ele próprio, é apenas um ‘argumento’ ridículo. Dizia eu que quem critica um seu superior hierárquico da forma como o Xico da Costa o fez ontem, está à procura de sarilhos… Sobre os pontos que foi observando, apenas me parece ter razão na propalada relação com Jorge Mendes. O caso Izmailov, repito, ng sai ileso, nem o russo.

    Por fim: Adeus ,Costinha, um DdF do SCP que teve muita parra, mas mt escassa uva.

    SL a tds.

    ResponderEliminar
  19. * ouvi na rádio apenas um pequeno resumo do que Costinha afirmou ontem

    ** Para esclarecer desde já eventuais interpretações erradas, gostaria de acrescentar que o meu comentário anterior não pretende defender Couceiro. este tb terá mt para provar...

    Ou não, depende da sua continuidade pós dia 26 de Março.

    ResponderEliminar
  20. O Costinha disse algumas verdades, designadamente quanto ao negócio do Liedson e quanto à patética contratação do Couceiro (um born looser com ar de quem sabe o que está a fazer mas apenas durante os primeiros 5 minutos). E também puxou do trunfo do anti-Benfiquismo que é sempre uma carta fácil para ganhar a simpatia da maioria dos sportinguistas (conseguiu falar das arbitragens a favor do Benfica e não a favor do seu antigo clube! ahahahhahah e os sportinguistas claro, a espumar de concordância, como se fosse o Benfica que recebe árbitros em casa, paga turismo no Brasil, junta prostituição e futebol, etc!).

    A questão é: o Costinha devia ter assumido - se não fosse um orgulhoso incompetente a tentar copiar o Rui Costa - que ao fim de mais de um ano a mandar no futebol leonino a qualidade do seu trabalho é "merdíocre", a equipa nunca esteve tão mal, e que o dinheiro dos salários do Maniche deveria ter ido para Trezeguets ou pelo menos algum tipo de jogador de classe (sem ofensa ao Saleiro, Djaló, etc). Além disso deveria ter esperado pelo final da época para fazer este tipo de discurso, apontando vagamente para a administração (como se não soubéssemos de quem estamos a falar) e de fuga para a frente. Nesta altura ainda há muito campeonato e exige-se a um clube sério que ainda luta por objectivos desportivos alguma serenidade.

    O Sporting não morreu e é um histórico do futebol Português. O problema é o preço a pagar pelas decisões desportivas erradas.

    ResponderEliminar
  21. Se não conseguia com a actual conjectura não tinha aceite o cargo não é agora empurrar para cima dos outros quando ninguem empurrou para cima dele, os adeptos é que o criticaram não foi o couçeiro ou outro qualquer. Tinha logo à partida de escolher outro treinador mais competente e ambicioso. Geriu mal o caso Izmailov entre outros. Adeus Costinha (a entrevista não te nenhuma afirmação que me surpreende-se).

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (13) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (94) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (72) Batota (19) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (5) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (11) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)