sexta-feira, 25 de março de 2011

Os cinco candidatos vistos à lupa

O engenheiro ambicioso que faz ioga, o investidor que compra roupa nos saldos, o sobrinho-neto do almirante destemido, o advogado que queria ser actor, ou o juiz que queria ser actor são alguns dos pormenores que a investigação do DN revela hoje sobre os candidatos à presidência do Sporting. Talvez sejam pormenores pouco relevantes, um pouco ao jeito de fait-divers, mas também é verdade que já quase tudo foi dito, mesmo que esse tudo pouco tenha tido a ver com que era realmente importante abordar. Mas quem viu o debate de ontem na TVI24 também é capaz de concordar que, independentemente do que venha a ser a escolha dos Sportinguistas, já pouco ou nada poderá ser esclarecido, nitidamente por falta de vontade e de nível da generalidade das candidaturas.

32 comentários:

  1. A minha filha nasceu no ano 2000, ano em que o meu clube foi campeão nacional após 18 anos, com o Inácio.
    Foi depois em 2002 também, mas como agora vai fazer 9 anos e como começa a ter alguma noção das coisas (do futebol), pergunta-me: "Pai, porque é que o Sporting nunca ganha nada?", eu respondo-lhe com mil desculpas, como por exemplo ter sido roubado pelos árbitros, por ter tido azar. Não lhe posso dizer que nunca ganha nada por estar a ser roubado pelo próprio sportinguistas, por que ela não entenderia.
    Agora, nunca pensei que fosse tão difícil alguns com idade para escrever em blogs e até mesmo para votar, entenderem isso. Certamente que se tentar explicar à minha filha, com metade dos argumentos que existem e são do conhecimento geral, as causas para o estado actual do nosso clube, que ela iria perceber. E de certeza que não iria ter dúvidas sobre quem seria a melhor opção depois de tudo isto.

    Fiquem bem e espero que o Sporting não saia mais uma vez prejudicado e afastado de tudo e de todos nós. Não critico quem não vê, mas sim quem não quer ver.

    Viva O Sporting!

    José Monteiro,


    S.L.

    ResponderEliminar
  2. Ainda estamos a tempo:

    Depois das palhaçadas que temos visto ultimamente, que tal se todas as listas desistissem das eleições e se fizesse uma lista de Unidade Sportinguista que aproveitasse as poucas boas ideias que foram sendo debitadas, junto com um chorrilho de disparates, pelas várias candidaturas, e se fizesse uma selecção criteriosa, e realista, com os treinadores e jogadores apalavrados, de modo a que todos juntos possamos reerguer o Sporting, em vez de avançarmos com ele ainda mais “partido” depois de uma campanha miserável, em que o importante não foi demonstrar ideias, mas sim atacar os outros concorrentes.

    Ganhe quem ganhar, vão ser mais um, dois, ou três anos (sim porque não acredito que os novos dirigentes consigam aguentar o barco um mandato completo), da mesma cegarrega a que nos acostumamos ao longo dos últimos anos.

    ResponderEliminar
  3. Por entre a triste palhaçada de ontem, permanece o essencial:

    Há um candidato que não é completamente parvo. Há um candidato que prevê um Sporting com Sportinguistas como o Inácio, Virgílio, José Eduardo e José Couceiro. Há um candidato que tem um bom treinador que adequa-se na perfeição ao Sporting. O Van Basten não é o Koeman porque que eu saiba nunca o Koeman jogaria com Bynias ou com Betos, do Paços de Ferreira. O Futebol do Koeman foi sempre apagado e sem qualquer qualidade.

    Van Basten não é o Koeman.
    Filosofia de Van Basten, pela Academia de Talentos.

    E há um candidato que fez por procurar uma ferramenta que pode ajudar o Sporting a ser melhor. Tentou. Preocupou-se. Não se limitou a dizer "Vou arranjar investidores". Não fez como os outros que pedem votos sem trabalhar para eles. O Sporting está tão habituado a ser desgovernado que já nem se preocupam em explicar o que têm, chegando-lhes dizer como fazem a Lista A ou o Pedro Baltazar"Tal é mafioso", "Tal é duvidoso", "Votem em mim porque os outros não servem". Votar em ti para quê? Se és tão vazio e parco de ideias que nem te dás ao trabalho de dizer porquê. Nem Sportinguistas inteligentes e capazes como o João Pedro Varandas conseguem dizer porque é que haveremos de prosseguir com a palhaçada que o Godinho Lopes propõe. Mesmo pessoas inteligentes mais não fazem do que insinuar sobre os outros, alertar para papões. Porque é que o fazem? Porque a sua lista não tem nada.
    É um conjunto vazio.

    De um lado temos um circo chamado Futre. Tão circo que nem interessa falar no assunto. Não me envergonha que o Futre seja Sportinguista porque não temos que ter vergonha dos nossos, mas o caminho não é claramente uma coisa daquela espécie.
    E temos de outro lado um conjunto vazio sem nada. Com mais do mesmo. Com endividamente bancário e uma pobreza a todos os níveis assustadora.
    Mas temos de um outro lado, o Bruno de Carvalho, o Inácio, o Virgílio, o José Couceiro, o José Eduardo, apoios como o do Iordanov, Cherbakov, Beto, o grande Hilário e muitos outros. Vocês imaginam o Daniel Sampaio associar-se a uma pessoa duvidosa? Ou mesmo o Eduardo Barroso, com todos os defeitos que tem? Viram o Abrantes Mendes preocupar-se com o Bruno de Carvalho? Viram o próprio Dias Ferreira com medo de algum papão?
    Não se deixem intoxicar. O Bruno de Carvalho pode até vir a ser um mau presidente mas mesmo que o seja, daqui a 2 ou 3 anos quando formos chamados a escolher novamente toda a quantidade de parasitas com que a "gestão-de-topo" arruinou o Sporting tornando-o numa coisa despatrimonializada, endividada até aos cabelos e sem qualquer vislumbre para uma saída (mesmo no plano palco desportivo) para o quadro negro que vivemos há tempo demais.

    Duas coisas apenas,

    Fórum Sporting, link que o The Cure há dias disponibilizou sobre os 3 investidores russos.

    E a última sessão de esclarecimento de 2 horas dada pelo Bruno de Carvalho.

    E já agora novamente Van Basten, o mesmíssimo artigo lá em cima.

    Perante o quadro e o exercício à nossa frente desejo sem quaisquer reservas que o Bruno de Carvalho vença esta eleição. Com os dados que temos não há outra ou melhor solução. Isto para mim é claro.

    ResponderEliminar
  4. Porquê a Lista C

    As candidaturas B e D representam uma continuidade parcial e dividirão certamente quem se opõe a Godinho Lopes.

    Um Presidente ou um boneco falante?
    Agora é tarde para terceiras vias e só há um que pode derrotar Godinho Lopes.
    Quem não votar BRUNO DE CARVALHO (LISTA C) está, directamente ou indirectamente, a eleger Godinho Lopes.

    Quanto à lista D, pode-se perguntar se foi Dias Ferreira a procurar Paulo Futre para “homem forte”, ou, se foi este que se ofereceu e incentivou o ex-presidente da MAG.
    Parece evidente que se Dias Ferreira diz não perceber nada do funcionamento dos fundos mas, por outro lado, está a contar com eles (diz que logo se arranjam), é porque deu carta branca a PF de tratar de tudo: contratações e investidores. Ora o PF com as mãos livre para mexer no mel vai ficar todo lambuzado.
    E a maneira como recentemente PF falou à comunicação social, revela a intenção de mandar no clube, quer internamente quer nas relações externas.

    Temos poucas horas para:
    - Passar da paixão e sofrimento à ressurreição
    - Legitimar a mudança com uma percentagem superior a 50%

    Perante a parcialidade e desinformação dos meios de comunicação social, apelamos à máxima divulgação dos documentos em anexo:

    - Folheto da candidatura de Bruno de Carvalho (Lista C)
    http://dl.dropbox.com/u/11973466/Bruno%20de%20Carvalho%20%28lista%20C%29.pdf

    - O fundo “Sporting Champions” apresentado pela candidatura
    http://dl.dropbox.com/u/11973466/Fundo%20da%20candidatura.pdf

    - O fundo “Sporting Champions” explicado para totós
    http://dl.dropbox.com/u/11973466/Fundo%20para%20tot%C3%B3s.pdf

    - O amor ao Sporting
    http://dl.dropbox.com/u/11973466/Amor%20ao%20Sporting.pdf

    ResponderEliminar
  5. LdA,

    Depois de horas e horas de discussões e debates, nos quais pouco ou nada se esclareceu e nos quais assistimos a deploráveis ataques fratricidas;
    Depois de ver a apresentação do Futre, que não consegui ver até ao fim, pois mesmo não gostando nada daquela personagem choca-me a vergonha alheia e assusta-me que haja quem se candidate assentando um projecto nele, mesmo sabendo das suas limitações ao nível da expressão e, quem sabe, de outro nível;
    Mas sobretudo depois de ler e reler o primoroso texto do Artur Agostinho que tu aqui republicaste e de pensar muito no que é para mim o Sporting, revendo e retomando o meu próprio texto que fizeste a amabilidade de aqui publicar, dou-te razão.
    Longe dos altifalantes e de todo o ruído, é de facto indispensável um ‘back to basics”, um 'reset', e, pensando assim, a única opção é votar em Abrantes Mendes.
    Dir-me-ão, “mas esse voto não é útil, pá!?!” É sim, é o mais útil de todos, é o voto nos princípios que alicerçam o meu Sporting. Votar em outrem que não me convence, ou no qual não sinto confiança, apenas porque anunciam milhões e a chegada de ‘A’ e ‘B’ e que terá o ‘C’ como treinador não é suficiente para mim, não pode ser suficiente para nós todos. Se o fizesse estaria a desvirtuar a verticalidade do meu sentimento Sportinguista, e aí sim, estaria a demitir-me do meu dever de contribuir activamente para uma solução verdadeira, num período que se avizinha crítico em termos desportivos e económicos.
    Por isso hoje, 'dia de reflexão', decidi votar em Abrantes Mendes.

    Saudações Leoninas

    ResponderEliminar
  6. Só uma coisa muito curta:

    Aos 28:00 minutos dessa sessão de esclarecimento quando o Bruno de Carvalho fala sobre o pseudo litígio que o Godinho Lopes insinuou que o Sporting teve com ele (Bruno de Carvalho); não sei se conhecem o sítio "Sporting Centenário" mas é muito simplesmente um dos melhores sítios que há com toda a informação reunida sobre todos os títulos ganhos pelo Sporting até 2006, ano do Centenário. Eu não fazia a mais pequena ideia que esse site havia sido posto de pé pelo Bruno de Carvalho, soube-o há pouco enquanto via as 2 horas de sessão, quando eu lembro-me de visitar esse site e tê-lo visitado pela 1ª vez há muito muito tempo sendo realmente um absurdo insinuar-se que um qualquer litigio pode resultar de um aproveitamente abusivo do nome "Sporting", no registo do domínio à que a feitura de um site obriga.

    Esse tipo de campanha de desinformação que o próprio Clube se escusa a desmentir quando já arranja tempo e espaço para publicar notas da "Juventude Leonina" que só pretendem deitar abaixo e difamar uma das candidaturas - a do Bruno de Carvalho - deixa-nos perceber este sopro mau e mesquinho que invade os espíritos daqueles que hoje governam o Clube, espíritos esses que são os mesmos que orientam Godinho Lopes e a sua candidatura.

    Esse site - para que se saiba - é muito simplesmente o único espaço que oferece a relação completa de títulos que o Sporting ganhou em todas as modalidades divididos por regionais, nacionais, ibéricos, europeus ou mundiais. Não há mais sítio nenhum com essa informação detalhada, quando esse sítio já existe há muito muito tempo. Eu gosto disto, gosto de gente que se preocupa em fazer, em dar algo ao Sporting. Mostra real amor pelo Clube.

    Fiquei muito muito contente por saber que é o Bruno de Carvalho quem está por trás daquilo.

    ResponderEliminar
  7. Formidável a sessão de esclarecimento.
    Formidável.

    Que saudades de um Sporting envolto no espírito que se sente ali. Se o Bruno de Carvalho não vence esta eleição sentir-me-ei muito tentado a contribuir directamente para que o Sporting perca mais 2 sócios.

    Não quero acreditar que o Sporting vai perder esta oportundiade para mudar de vida.

    ResponderEliminar
  8. MM,
    Pelas várias intervenções confirma-se que os "convertidos" são sempre os mais fervorosos :)

    ResponderEliminar
  9. 10A,
    O Eduardo Barroso explicou ali o que tinha de explicar, e não podia tê-lo feito melhor. Ouviste o que ele disse sobre os telefonemas que recebeu ontem? Inacreditável. Não se trata de messias - como o Leão de Alvalade diz e bem - trata-se muito simplesmente de voltarmos a ter normalidade no Sporting. Anormal é tudo o que temos vivido. Por favor não vamos desperdiçar isto.

    ResponderEliminar
  10. 10A,

    Nunca foi minha pretensão constituir-me como opinion-maker, ao contrário do que muitas pessoas que aqui vão aparecendo julgam. Mais do que formar a opinião de alguém tento contribuir com as minhas reflexões pessoais para que os outros reflictam também.

    Ao longo dos últimos dias, depois de ter publicado o meu sentido de voto, tenho sido interpelado pelas mais variadas formas por pessoas expressando desencanto, indignação ou tentando dar-me lições de seriedade e, ao fim e ao cabo lições de Sportinguismo tudo isto porque decidi votar em Abrantes Mendes.

    Como muito bem defines não pode ser inútil votar nos princípios e nos valores nos quais nos revemos e a única forma de ficar de bem com a minha consciência.

    SAM não tem e, diga-se em abono da verdade, nem procurou ter uma mensagem que vendesse, quanto a mim até escolheu mal o treinador, mas o que foi dizendo em campanha foi aquilo que o próximo presidente deve fazer: usar de bom senso, pragmatismo e coerência porque é demagógico falar de fundos e milhoes quando o presidente tem à espera 300 milhões de passivo numa conjuntura desfavorável para fazer a recuperação económica e desportiva que precisamos.

    Para tal precisamos de credibilidade junto dos nossos credores e ela será maior quanto maior for a maioria que suporta os corpos sociais. SAM poderia ser o presidente para fazer a ponte entre todas as sensibilidades criando a aglutinação de vontades que tanta falta faz há tempo.

    Se a bipolarização que se assistiu na campanha eleitoral for real e ficar expressa na votação de amanhã o próximo presidente começará num patamar de fragilidade que será difícil
    de contornar com um clube completamente estilhaçado.

    Espero que venha a ser eleito tenha a grandeza de espírito de saber juntar à sua volta os candidatos derrotados e os vencidos saibam aceitar com espirito democrático a vontade dos sócios, seja ela qual for.

    Também me parece que estas eleições poderão ser apenas intercalares , mas por vezes partir-se de um plano baixo ao nível das expectativas pode acabar por ser favorável desde que a acção, pelo acerto das decisões, acabe por vencer as resistências e desconfianças.

    ResponderEliminar
  11. Leão de Alvalade,

    Eu espero que amanhã que perca tenha sentido de missão. E sentido de missão não é felicitar o adversário pela vitória, ou dizer-se à sua disposição em nome do clube. Porque tudo isso são hipocrisias que todos sabemos não são feitas para durar.

    O que eu espero é que amanhã os derrotados não percam o espírito de missão com que entraram nas eleições. A função do presidente é ser presidente de todos os sportinguistas. A função dos derrotados não é calarem-se e renovar o unanimismo estéril que tem sido o discurso oficial nos últimos anos. Foi esse unanimismo e a ausência de reflexão sobre as questões estruturantes do clube que nos conduziu ao populismo mais básico desde os tempos do gonçalvismo.

    Derrotados mas não vencidos. O Sporting precisa do contributo de todos para ser de todos. O Sporting precisa do contributo de todos para não se perder no seu desígnio centenário, para não abandonar os seus valores, para não esmagar os seus associados.

    ResponderEliminar
  12. é uma vergonha o que a academia de talentos o leão da estrela e outros têm andado a fazer nesta campanha o gajo da academia está é com dor de cotovelo por não ter é tacho que o BdC já lhe assegurou. São todos umas virgens puras como se vê, mas são tão interesseiros como os outros e por isso é que o Sporting está como está. O Leão da Estrela trabalha para empresa que faz a imagem do BdC também.

    A vaca louca do Barroso até perdeu a vergonha na cara e já diz que o que lhe vem à cabeça e os desesperados são os outros. Foda-se como é possível que um desmiolado como estes chegue a um cargo no sporting?

    Este sim nem para porteiro servia!

    Razão tem o Dias Ferreira o único com eles no sítio para chamar os bois pelos nomes:

    “Foi com enorme preocupação que ouvimos ontem as declarações de Eduardo Barroso. Não estando em causa a nacionalidade dos investidores, é simplesmente inaceitável que se admita lavagem de dinheiro no Sporting. Mudar, sim, mas com princípios e valores”, referiu Dias Ferreira em nota de imprensa.

    O advogado mostrou-se preocupado com o futuro dos leões: “O nosso clube não pode admitir ser veículo de lavagem de dinheiro, sob pena de destruir a sua história centenária de esforço, dedicação e devoção”.

    ResponderEliminar
  13. Votar no SAM porquê? Quando tudo o que um dos candidatos faz e apresenta é escrutinado e julgado de alto a baixo, porquê votar num candidato que apenas apresenta um discurso sereno mas sem explicar minimamente o que fará nos mais diversoss níveis como por exemplo, financiamento, modalidades, reforço do plantel, etc.?

    Votar SAM é perpetuar a continuidade, por muito que não queiram.

    ResponderEliminar
  14. Ricardo,
    E o Sporting vai lavar dinheiro por alguma razão ou apenas porque você o insinua? Ou porque os investidores são russos?

    Vou dizer uma coisa que me custa muito porque sempre senti uma admiração e um respeito brutais pelo João Pedro Varandas. Respeito e admiração intováceis e que permanecerão sempre inalterados porque tenho uma sensibilidade muito apurada para reconhecer inteligência nos outros. Da mesma forma que os sinto pelo enorme PLF, o enorme Leão de Alvalade e outros. Outros - como eles - que não votação no Bruno de Carvalho.

    PLF, você leu a declaração que o João Pedro Varandas publicou no "Sporting Apoio" há uns dias? Acha que aquilo tem ponta pode onde se lhe pegue? Associar a noção de "continuidade" a uma qualquer perseguição a Judeus. Mas isto anda tudo doido ou é realmente a única coisa que conseguem tirar da manga? Então uma super-equipa e um super-projecto composto por tanta pessoa (in)útil está tão ciente das capacidades que têm que não dizem nada sobre si próprios. Elegam Godinho Lopes porque a) ele não é a continuidade e b) porque o outro é um "atrevidote" apoiado por "adolescentes" ou "adolescentes em adolescência retardada" que vai fazer do Spoorting um antro da mafiosos. Nós somos vítimas e está a acontecer aquilo que aconteceu aos Judeus.
    Isto escrito por uma pessoa muito muito inteligente e um milhão de vezes mais capaz do que qualquer Godinho Lopes desse Portugal fora diz realmente tudo sobre aquilo ao que vão: não vão a nada. Não têm nada.
    Têm calúnica e mal-dizer.
    A "continuidade existe" - mal seria que nem isso reconhecessem - mas "ela" não somos nós. E mais, "estamos a ser perseguidos e interrogados tal como os Judeus".

    Isto, em si, é a prova mais do que provada de que são de facto a continuidade, quando o mais que fazem é negá-lo. Da mesma forma que - e usando-me dessa metáfora perigosa que aplicada ao Sporting não tem graça nenhuma - nenhum Nazi se confessou Nazi ao 1º interrogatório. E não só a maioria não se confessou quando ainda se fizeram passar não direi por Judeus mas por austríacos ou polacos, assim que os russos chegaram a Berlim. Judeus e os outros que são mafiosos, claro. Existe mais alguma coisa que a lista A reclame em seu proveito? Para lá de ir negando o óbvio e de ir difamando os outros? Não, não existe, e mesmo - para mim - enquanto admirador de alguém como o João Pedro Varandas a sua valiosa palavra não é capaz de promover os méritos que reclamam.

    Isto é o selo da continuidade. Eu prefiro adolescentes atrevidotes ou adolescentes em fase de adolescência retardada que se mexam, que queiram fazer coisas, que se preocupem em mostrar algo, que não descansem enquanto não alcancem a gente que até se esquece de promover-se, passando todo o seu tempo a difamar e insinuar sobre os outros.
    Este é o selo da continuidade e o comportamento típico de quem está num poleiro. E isto tudo devia ser claro.

    ResponderEliminar
  15. LdA,
    A 'Jugoslávia sem Tito' que o Sporting foi durante os últimos anos só podia desembocar no estado actual do clube. Com pequenos senhores da guerra, snipers, comerciantes de 'armas', etc., todos numa estranha caravana a caminho do abismo.

    Com estas eleições, todos, mas todos sem excepção, puderam apresentar as suas ideias, os seus "projectos" e as suas equipas aos sócios. Houve um pluralismo tão real que até putativos candidatos a presidente como Brás da Silva e Zeferino Boal se puderam apresentar aos sócios nos jornais e na televisão.

    Se por um lado isso tornou mais visível a balcanização do clube, por outro, deverá ser o mais importante factor dissuasor para que quem perder nas urnas comece a 'contar espingardas' logo no dia 27. Isto se tiverem um mínimo de vergonha.

    No entanto, penso que as lutas no clube não serão como têm sido até aqui. Por um lado, se forem contributos e criticas construtivas, qualquer que seja o vencedor não deverá menosprezar ninguém só porque não é da sua 'entourage' sob pena de estar a alimentar o seu próprio fim. Depois, porque já ouvi a muitos sócios a intenção de repartir os votos nos órgãos sociais por diferentes listas, o que talvez venha a gerar situações que obrigam a maior ponderação e equilíbrio.

    JVL,
    Se a minha secretária, nas palavras de quem me conhece, é caótica (embora eu saiba onde está tudo), o que dizer da secretária do Presidente do Sporting? Alguém consegue dizer com rigor o que lá vai encontrar? Será exacto dizer "eu vou fazer e acontecer desta e daquela maneira" sem saber exactamente o que lá está? Na minha opinião, não.
    E uma das razões que me levou a decidir votar em Abrantes Mendes é porque é alguém que teve a coragem de não querer ser "político" e tentou ser "estadista". Assentou a sua visão num conjunto de princípios nos quais muito de nós nos revemos, mas que não quer comprometer atirando com milhões e garras.
    Como é evidente não defendo a manutenção do clube como está, mas votar SAM não é um voto na continuidade, simplesmente não me revejo na postura e nas soluções propostas por outros. Votar SAM é algo quixotesco? Um pouco, mas é ali que eu vejo o meu Sporting e por isso é que não estou disposto a trocar esse meu voto pelo voto dito útil.

    ResponderEliminar
  16. MM,

    Como tem sido (infelizmente) hábito no Sporting, o discurso do "ou ele ou o caos" (seja quem for) tomou conta das pessoas, sendo raríssimas as excepções em contrário.

    A sua ausência do meu blog e a sua alegre colagem aos rótulos da "continuidade" e "ruptura" - como se tivessem algum significado ou como se não tivessem sido os sócios chamados a pronunciar-se em eleições pelo menos de 4 em 4 anos - são elucidativas, e perdoe-me a franqueza, da forma emocional como estas eleições estão a ser (di)geridas pelo menos por aqueles que aparecem nestas redes sociais.

    Como há dois anos atrás, a blogsfera está quase toda atrás de um candidato. O que me parece é que seria útil perguntar porquê.

    A desproporção entre os apoios na internet e a votação que o PPC recebeu nas eleições não é minimamente censurável. O que o é, e muito, é que - pessoas como o Leão de Alvalde, alguém com um registo para lá de dúvidas - sejam atacadas a torto e a direito em nome de algo que, sinceramente, não sei se é do interesse do Sporting. O que eu vejo é que a discussão é muito insuficiente. Não vejo pessoas a questionar a qualidade e a exequibilidade das medidas ou das propostas, vejo pessoas a insultar-se umas às outras, a servir de caixas de ressonância para discursos oficiais que não têm conteúdo.

    A analogia ao holocausto foi, na minha óptica, muito infeliz. Por todas as razões, a menos importante das quais o facto de perder o centro - com uma imagem desproporcionada e deslocada - de uma questão que é real e que angustia aqueles sportinguistas que entendem ter a lista mais forte, as melhores soluções para o Sporting. O facto de não se poder criticar o Bruno Carvalho ou uma vontade de mudança, que é partilhada por todos e - diria - por todos aqueles que se candidatam, mesmo havendo fundadas dúvidas para duvidar da bondade da solução.

    A analogia com o nazismo é deslocada mas eu próprio - que estou a ler um tijolo sobre o 3º Reich - pensei há dias fazer uma citação do Hindenburg, o Presidente que viabilizou a chegada do Hitler a Chanceler em 1934, mas que sempre se havia recusado a falar com ele antes. A situação tem pontos em comum: (i) um movimento de bases, (ii) um discurso vazio de conteúdo, (iii) a legitimação democrática, (iv) o apelo místico, (v) a criação de um inimigo interno (a "continuidade"), (vi) o desígnio populista, (vii) a habilidade retórica, (viii) um "terrorismo" localizado, (ix) a capitalização de um período de crise, (x) a "necessidade" da revolução, etc.

    As situações não são, obviamente, comparáveis. Até porque não haverá repressão ou propaganda que aguente o Bruno Carvalho no lugar quando o apelo místico voltar para lhe pedir contas, ou para justificar aos sportinguistas que foi enganado pelos russos e que o contrato que tinha uma cláusula arbitral e, afinal, o foro é em Moscovo e o árbitro é um amigo.

    Aí, como quando foi eleito o JEB, como quando foi "eleito" o Costinha, a solução vai durar pouco.

    O Bruno Carvalho até pode ser um bom rapaz e ninguém deve duvidar do seu sportinguismo. O que há muitos que duvidam, e quanto a mim com fundadas razões, é da sua competência.

    Porque o Sporting ainda vai precisar de cavar muito para bater no fundo.

    ResponderEliminar
  17. JVL,

    essa pergunta "votar no SAM porquê?" é de uma arrogância muito similar à da continuidade e uma das razões pelas quais não gosto desta onda BdC.

    Dantes era o "ou nós ou o caos" e agora é "ou BdC ou a continuidade".

    Esta irracionalidade que tem feito os Sportinguistas passar sucessivos cheques em branco é uma das explicações para o momento do Sporting.

    O AM explica mais do que minimamente o que pretende, pelo menos em comparação com as demais candidaturas, mas fala com coerência e num discurso adequado à realidade.

    Ter muitas medidas não é ter um projecto nem sequer um bom projecto.

    http://desporto.publico.pt/noticia.aspx?id=1485851

    Se o BdC tem sido "escrutinado e julgado de alto a baixo" e SAM não talvez haja uma razão bem plausível para isso e não se esgota apenas nas razões da campanha eleitoral.

    ResponderEliminar
  18. De repente fico com a sensação que ou votamos BdC ou então vamos entregar o nosso voto ao "caos". Não que vá votar no GL, mas acho piada, porque voltamos a ter aqueles sócios que se acham grandes de mais e até querem "obrigar" os eleitores a seguirem-lhe o caminho.

    Alguns desses sócios são os mesmo que ha dois anos defendiam com unhas e dentes o PPC, hoje devem-se envergonhar de quem andaram apoiar.

    Depois tambem chego à conclusão que os cenários mudam de repente.

    Primeiro, era uma loucura e uma chulisse ter um presidente remunerado no Sporting...hoje já é perfeitamente normal (não sei se era por ser o JEB ou por ser o 1º).

    E até chegam ao cumulo de hoje, levar o Eduardo Barroso nas palminhas das mãos...aquele que "acordou" quando deixou de ser convidado para a tribuna, finalmente arranjou um tacho e com o aval dos seus antigos detratores!

    Não digo que o BdC é melhor ou pior que os outros candidatos, mas sei que, mesmo não ganhando, o Sporting continuará.

    SL

    ResponderEliminar
  19. É agora... agora é que o leão vai! Hahahahahahahahaaaaahahahahahahahahaaaaaaaa..... viva o porto B!

    ResponderEliminar
  20. 10A,

    Compreendo porque se vota no SAM mas acho que neste momento, esse voto sirva apenas para reforçar a lista de GL devido à dispersão de votos naqueles que a ele se opõe.

    LdA,

    Acusar-me de arrogância era coisa que de ti não esperava. Quando ainda por cima tens tantos exemplos neste blog e para com os quais nunca te insurgiste.

    ResponderEliminar
  21. PLF,
    E é esse apelo místico que o julgará. O mesmo apelo místico que tem de julgar todos os outros porque uma eleição é isso que faz. Eu compreendo quando dizem que temos de discutir ideias e que isso é sempre o mais importante. É, mas não agora PLF, porque numa eleição, seja lá para o que for e já vamos em quase 2500 anos desde que Aristóteles e mais uns quantos em Atenas se lembraram que a democracia fazia sentido, uma eleição não elege ideias, infelizmente. Alguns discutem ideias, outros criam correntes de ideias perfeitamente lúcidas e que estão nos píncaros do brilhantismo - você é uma dessas pessoas PLF - mas uma eleição não é isso que se faz. É lamentável, claro que é, mas é asssim que o mundo funciona. Não se pode pedir que a maioria o faça. O indíviduo de alguma idade que ontem perguntava num tom meio desvairado ao Bruno de Carvalho, "então a namorada do Abramovich pediu-lhe para abrir uma coisa qualquer na Ucrânia e ele passou o cheque em branco, e você, onde é que está o seu cheque dos 50 milhões, mostre lá o cheque dos 50 milhões", PLF ... como é que você discute isto, ou como é que discute com isto?
    Não pode. E aquele senhor vai votar. E muito bem.

    Uma eleição julga correntes. Promove correntes. Socorre-se de estados de alma. É isso que uma eleição faz, goste-se ou não. Ou então PLF mude-se o sistema: criamos um colégio qualquer de representantes dos sócios e seriam esses representantes a votar. É impossível mas se calhar - e vale para o Sporting e vale para tudo - é um sistema que desde que imune à corrupção (se é que isso é possível) muito mais perfeito do que esta democracia que temos. Então aí sim PLF pessoas como você representar-me-iam, e pessoas como você mas de outras correntes representariam outros, e seria então a vossa missão discutir ideias e eleger a candidatura ou pessoa que reunisse as melhores ideias. Mas aí eu ficaria excluído, e com agrado PLF, mas desde que você me pudesse representar.

    Isto não acontece. Já existiu noutras partes do mundo mas não existe mais.
    Esqueçamos as ideias, dito de grosso modo, porque falamos de massas.

    O que é que temos então? Correntes, estados de alma, ânimos e desânimos, chavões - muitos, lugares comuns - mais que muitos mas temos também uma outra coisa muito importante que nos ajuda a não errar, ou que nos ajuda a tentar não errar: nomes, pessoas, rostos. E PLF isto a mim chega-me até certa medida, numa eleição. Porque é uma eleição. E é minha obrigação julgar aquelas pessoas. E eu não vou trocar esse julgamento pelos alertas de menor competência sobre o Bruno de Carvalho quando, ainda por cima, a competência dos outros e as ideias dos outros são muito piores, ou desconhecidas. Ideias do Godinho Lopes? 0. Ideias do Paulo Futre? Não sei, mas o espectáculo que deu ontem não indiciou nada de bom. Agora, competência da corrente onde se insere o Godinho Lopes? Esta sim já a conhecemos PLF, porque conhecemos os rostos e os seus métodos, a sua nula vocação, pouca originalidade e muito mais importante: os seus resultados, resultados esses que conduziram-nos ao sítio onde hoje estamos. Não se pode trocar este julgamento pela discussão das ideias do BC, porque ideias ninguém as tem. E muito menos o devemos trocar por insinuações sobre a sua reputação ou conduta privada, alertas de papões e outros que tais.

    ResponderEliminar
  22. De resto PLF e como você sugere, é claro que não é a mesma coisa: analogias há muitas. A do holocausto foi infeliz mas isso nem interessa muito. Fica o vazio apenas. Vazio da lista, e não o do João Pedro Varandas. Mas como você diz o Sporting não está a eleger um presidente em regime perpétuo. Cá estaremos todos para julgá-lo - Bruno de Carvalho, caso vença - a partir de Julho ou Agosto. E esse julgamento será feito em consciência e essa consciência não será tolhida por um sentimento individual de auto-preservação: votei Bruno de Carvalho e agora tenho de justificá-lo apesar de ele revelar-se um mau presidente?
    Não. Jamais. Isto não é sobre nós mas sim sobre o Clube.

    Enquanto sportinguista não troco essa oportunidade por papões ou medos do escuro. E caso ele vença ninguém lhe está a dar aval para fazer guerra a meio mundo ou perseguir judeus porque que eu saiba o Bruno de Carvalho não assinou leis sequer parecidas com as de Nuremberga. Pelo contrário PLF, tem um discurso agregador. A sua eleição não é contra ninguém: é contra uma corrente, aquele que nos deu os resultados que conhecemos. Já a eleição dos outros não se tem baseado em mais nada que não seja atentar - essa sim - contra uma pessoa e a sua honestidade, a do Bruno de Carvalho. Analogias por analogias o Nazismo não está a despertar, está em exercício já, e apesar de todos os sinais para que se retirasse preferiu agarrar-se à ideia de regime. Amanhã é hora de julgá-lo, mudar de vida. Seguir em frente. Mas como esta corrente que governa o Sporting não é seguramente Nazi esqueçamos essas analogias e usemos uma mais adequeda: Roma caiu de velha. Mas não se limitou a cair, desapareceu. Com os dados que temos PLF, caso o Bruno de Carvalho não vença esta eleição o Sporting continuará a envelhecer. Ninguém deseja os aceleradores no sentido em que você os usou há umas semanas. Deseja-se sim uma inversão de marcha. Interromper, e ao longo do próximo ano ou daqui a dois anos fazer contas: nessas contas não estarão presentes os que amanhã - espera-se - serão afastados do Sporting.

    Algum dia isto tem de acabar PLF, porque morrer de velho não é solução.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  23. Leão de Alvalade,

    "Se o BdC tem sido "escrutinado e julgado de alto a baixo" e SAM não talvez haja uma razão bem plausível para isso e não se esgota apenas nas razões da campanha eleitoral."

    Eu diria que ele não é escrutinado por 2 razões:
    - Ninguém o vê como uma ameaça a outra candidatura;
    - Não há nada para escrutinar porque ele não apresentou nada;

    ResponderEliminar
  24. JVL,

    Também fiquei surpreendido pela forma como colocaste a questão, pelo menos não é usual fazê-lo dessa forma entre nós, uma vez que o respeito pela opinião de cada um nós é marca da casa.

    Não me parece razoável colocares a questão dessa forma. Voto AM porque não acredito no que BdC representa, não me parece uma parvoíce, com a pergunta que fazes parece querer indicar.

    Há 2 anos estávamos do mesmo lado, desejávamos uma mudança e acreditávamos que ela seria feita pela lista que se opunha a JEB.

    Este ano continuamos desejosos de mudança e enquanto acreditas que BdC representa a mudança que entendes necessária eu não.

    Não gosto das suas ideias, acho o seu programa primário, não gosto das decisões que tomou relativamente a alguns profissionais, acho uma péssima escolha Eduardo Barroso, por quem estou longe de me sentir representado.

    Estranho até que muitos dos que clamam hoje pela mudança não tenham memória em relação a esse senhor nem o que ele representou nos últimos anos em relação à própria continuidade.

    A frase que Barroso proferiu é tão ou mais embaraçosa para o meu Sportinguismo - “Quero lá saber que sejam russos, angolanos, chineses ou lavagem de dinheiro” - como a conferência de imprensa de Futre, que, devo dizer não me surpreendeu minimamente.

    E pior agora vem dizer que foi mal interpretado e falou à pressa. Falar à pressa e sem pensar é o que faz todas as 2ª´s feiras. Isto é apenas uma amostra do que aí vem. Como é que se escolhe uma pessoa destas para representante dos Sportinguistas? Como é que alguém que fala antes de pensar tem perfil para estar à frente de uma AG, mais ainda sabendo como está fracturado o clube?

    Quero que o Sporting mude mas mude para melhor, não para uma coisa qualquer. Pensando como penso como hei-de colocar a hipótese de votar em BdC?

    O que nunca farei é, mesmo pensando como penso, perguntar-te: mas votar em BdC para quê? Seria uma falta de respeito pela tua decisão, concorde ou não com ela.

    ResponderEliminar
  25. Mike Portugal,

    Dizer que SAM não apresentou nada é não saber ler pelo menos o link que deixei acima. Não me parece que seja não apresentar nada, mesmo tendo em conta que não apresentou fundos, não apresentou jogadores e foi infeliz na escolha que fez do treinador.

    Apresentou pelo menos valores e entre isso e dizer que "“Quero lá saber que sejam russos, angolanos, chineses ou lavagem de dinheiro” está uma grande diferença.

    ResponderEliminar
  26. Lda,

    Fica o pedido de desculpa e a explicação:

    Venho aqui hoje por duas razões: pelo Bruno de Carvalho e pelos meus filhos. É inaceitável que pessoas que se dizem amigas minhas tenham interpretado as minhas declarações da maneira que interpretaram. De facto a culpa foi minha, não foi do jornalista com quem falei, porque falei à pressa", começou por explicar o cirurgião, candidato a presidente da Assembleia-Geral na lista encabeçada por Bruno de Carvalho.

    "Nunca quis dizer que me estou nas tintas se o dinheiro vem de lavagem de dinheiro. O que sempre quis dizer, e volto a dizer, é que me estou nas tintas para o facto de esses caluniadores de segunda classe dizerem que o fundo serve para lavagem de dinheiro. Já tinha avisado o Bruno de Carvalho que esses caluniadores até sábado iam dizer que ele até vendia droga...", frisou, pedindo depois diretamente desculpa ao candidato a presidente.

    "Bruno, peço-te desculpa por este ataque lateral que te fizeram por minha culpa e pelas declarações que fiz a pressa", concluiu.

    ResponderEliminar
  27. Eu gostei muito desta frase do Godinho Lopes.
    "Vamos fazer um torneio onde todas as equipas equipam de verde, Celtic, Panatinhaikos e Grasshopers", depois disto mudei de canal.

    ResponderEliminar
  28. MM

    eu estou em viagem e nao tenho podido comentar.

    mas nao perco pitada dos comentários.

    vi a tua referência sobre o link que deixei :)

    grande abraço

    Força Bruno. Força Sporting

    abraço a todos

    ResponderEliminar
  29. Manuel,

    Fossem todos os problemas do GL a sua falta de cultura futebolistica ... mas olha ao menos não tem a mania que sabe como o Pintas do Pedro Baltazar o da "Mudança Credivel", aquele das gaffes tipo tem um modelo presidencialista para o clube à imagem do JR e depois fala de extinguir modalidades como o Futsal ... de certo que não deve saber quem foi o João Rocha e o que eram as modalidades amadoras nos seus tempos.

    Enfim o que esse percebe mesmo é do fundo BdC.

    Desculpem-me o desabafo mas recebi uma mensagem desse personagem da "Mudança Credivel" no meu TLM o que me deu a volta ao estomago.

    Vou ver +1 uma vez os videos do fruto estou a precisar de uma rápida mudança de humor.

    SL,

    ResponderEliminar
  30. LdA,

    Quando disse que votar em SAM era perpetuar a continuidade, não me referia a ti em específico, nem era falta de respeito pela vossa escolha mas sim porque me parece, e julgo que concordarão, que todos os votos em SAM irão beneficiar em especial a candidatura de GL.

    Quanto à arrogância, ficarei à espera de te ver ter uma atitude quando tal se repetir. Já vários foram os visados, incluindo eu, e nunca vi da tua parte uma reacção. Quem sabe se não é só a mudança no SCP que se inicia. Ou não.

    ResponderEliminar
  31. PS: A minha memória continua em bom estado e é claro que a escolha de Eduardo Barroso não me agrada.

    ResponderEliminar
  32. Sim essa do Baltazar dizer que o futsal não era uma modalidade com história no Sporting tambem foi boa. Isto quando o Sporting está nos primórdios do futebol de 5, mas pronto. Por acaso gostei de algumas das ideias do Baltasar conforme a campanha ia progredindo mas vou manter-me fiel à minha escolha.

    Já agora venha quem vier (eu devo dizer que não gosto nada do Godinho) tem de ser o nosso presidente e há que apoiar. E já que estou numa de desejos, (sei que é pedir muito) se o presidente eleito tivesse algumas ajudas dos outros só fazia era bem mas isto já deve ser um bocado utópico.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)