terça-feira, 1 de março de 2011

Um treinador para o Sporting

Uma das formas mais clarificadoras e distintivas das candidaturas que cheguem até às eleições seria a divulgação antecipada das suas apostas para o comando técnico do clube. Talvez até mais importante do que saber quem é que propõe para o Conselho Leonino, se compararmos a relevância que os respectivos cargos têm na vida do clube, isto mesmo considerando que o período eleitoral é pródigo em medidas demagógicas.

Falando em treinadores, não sei que crédito dar ao rumor que corre deste ontem que Leonardo Jardim será o treinador de Godinho Lopes, caso a lista por ele encabeçada ganhe as eleições. Justificar-se-ia assim a sua abrupta saída do comando técnico do Beira-Mar para, segundo próprio, "ir descansar". A ser verdade faria 2 comentários: vi jogar 2 ou 3 vezes o Beira-Mar e não sendo o suficiente para formular um juízo definitivo, foi pelo menos o suficiente para ficar preocupado com a hipótese de o rumor se poder concretizar, por me parecer que estaríamos a contratar uma espécie de Paulo Sérgio mas com sotaque. Por outro lado não me parece que seja promissor para o Sporting contratar alguém que se desembaraça assim dos compromissos que assumiu com o clube que lhe deu a mão e tirou do anonimato. Suponhamos que ele treina o Sporting com sucesso, despertando a cobiça de um "tubarão" maior do que nós. Não nos faria exactamente o mesmo?

Tendo em conta o passado recente julgo ser pouco aconselhável a contratação de um treinador português para o Sporting. Do lote dos desejáveis Mourinho não conta e Vilas Boas e Jesus estão comprometidos e dificilmente voltarão tão cedo à órbita de clubes nacionais. Dos que me parecem possíveis poria Domingos à frente dos demais, mas têm sido notórias as dificuldades que tem sentido agora que os adversários se opõe ao seu Braga de forma semelhante quando defrontam um grande. Rui Vitória já me havia chamado à atenção quando treinou o Fátima mas ainda não se sabe como seria se tivesse que por a sua equipa a contornar autocarros todas as semanas, como têm que fazer os 3 grandes e o mesmo se aplica a Daúto Faquirá. Acima destes todos está ainda Carvalhal, cujo valor me parece ter sido desperdiçado em Alvalade e quase ninguém reparou nisso. Por todos eles gerarem desconfiança e esta ser uma má companhia na hora de recomeçar, a contratação de um treinador português parece-me perigosa.

Mas contratar um treinador estrangeiro, mesmo que consagrado, não é uma tarefa cujo sucesso está garantido. A designação de consagrado é desde logo subjectiva: Quique venceu a última Taça UEFA, Benitez foi campeão europeu e nenhum deles me parece ser desejável para o Sporting. E o facto de terem arrecadado títulos no passado não é certificado que garanta consegui-los no futuro. E em regra os treinadores estrangeiros são mais caros que os portugueses. Claro que grande parte dos Sportinguistas parece estar mais atenta aos nomes do que à competência ou não estaríamos estes anos a andar para trás.

A questão do dinheiro, como tentei comprovar anteriormente e como ontem deixou bem claro JM Ricciardi está longe de ser principal causador do insucesso. Não será essa que nos impedirá de contratar um treinador aqui ou lá fora. Assim antes de discutir nomes deve-se-ia definir um perfil que tivesse em conta as especificidades do campeonato português, do estatuto do Sporting e da sua identidade, que tem na formação recursos sub-aproveitados e uma bandeira que o projecta muito para lá dos reveses que acumula no escalão principal.

Decidir é muitas vezes correr riscos a escolha do treinador é provavelmente a decisão mais arriscada num clube de futebol pela importância que o cargo tem no seu sucesso. O sucesso do próximo presidente vai jogar-se muito no momento em que escolher o técnico. Não me considero possuidor de conhecimentos que me permitam sugerir ou antecipar essa escolha. Mas o que conheço do futebol permite-me afirmar com um grande grau de certeza que muito do sucesso do novo treinador se jogará na possibilidade de ter ou não que enfrentar uma pré-eliminatória da Liga Europa. Daí que assegurar o terceiro lugar pode muito bem ser o primeiro alicerce de uma boa campanha.

No actual estado do futebol do Sporting a principal dúvida é saber com vai o plantel responder ao calendário difícil que se avizinha, com um treinador que se sabe não conta para o ano: Beira-Mar, Académica, Portimonense e Setúbal em casa e Rio Ave, Guimarães, Porto e Braga fora. Assim e mesmo considerando os riscos inerentes não tenho dúvidas que o melhor mesmo era que o plantel, a partir do dia 27 treinasse sobre as ordens de alguém que fosse claro ter poder de decisão no futuro próximo.

44 comentários:

  1. O perfil deve possuir, obrigatoriamente, dois aspectos:

    1) Títulos conquistados;
    2) Relacionamento pró-activo com a formação;

    ResponderEliminar
  2. http://oantilampiao.blogspot.com/2011/03/cuidado-maritimo.html
    ” E ganharam, imagine-se o que não teria sido se não vencessem”

    ResponderEliminar
  3. Domingos seria bem-vindo. Os outros (Rui Vitoria, ou Dauto) seriam uma aposta de risco e não sei se os adeptos estão com paciencia para mais apostas de risco.

    Para estrangeiros, o Muricy Ramalho seria o meu favorito, porque é claramente alguem que sabe trabalhar com recursos menores que os adversarios e sabe potenciar os jogadores que tem.

    ResponderEliminar
  4. Como é possível falar em Rui Vitória, Leonardo Jardim e Daúto ? ainda não estão fartos de que o SCP seja um laboratório. Esqueçam o próximo Mourinho, está na hora de levantar o SCP.

    ResponderEliminar
  5. Concordo com o Leão de Stª Engrácia. Chega de experiências DASS!!!

    O Daúto está a fazer um bom trabalho com o Olhanense mas não me parece que tenha qualidade para o SCP. Ainda por cima se voltar à bitola que teve no Vitória de Setúbal.

    Espero que o SCP não contrate Jesualdo Ferreira. Bem, da maneira que vamos buscar refugo bimbo, era mais um.

    Como já defendo há bastante tempo, precisamos de alguém competente, experiente e de créditos firmados. Chega de experiências em busca do próximo Mourinho. Agradeçam à JL não termos tido o verdadeiro e partam para outra.

    Eu por exemplo, gostava de ver o Martn O'Neill no SCP.

    ResponderEliminar
  6. Michael Laudrup ou Martin O'Neill .

    Um aposta no futebol de ataque e o outro na disciplina e coesão tática.

    ResponderEliminar
  7. JVL,

    O Martin O'Neil ou qualquer treinador inglês inspira-me tantas dúvidas como o PS. Ao nível táctico os ingleses são normalmente uma tragédia

    ResponderEliminar
  8. Ou Joaquín Caparrós, atualmente no Athletic Bilbao.

    ResponderEliminar
  9. LdA,

    Não me parece que o Martin O'Neill nesse capítulo seja mau. Veja-se o trabalho que desenvolveu no Celtic e no Aston Villa, em que por muito pouco não qualificou este último para a LC.

    Também não me interessa um treinador medroso como o Jesualdo ou merdoso como o Quique.

    ResponderEliminar
  10. Além disso, Martin O'Neill também se enquadra no capítulo formação.

    ResponderEliminar
  11. "O Martin O'Neil ou qualquer treinador inglês inspira-me tantas dúvidas como o PS."

    Eh pá LdA...não insultes o MO'N...

    ResponderEliminar
  12. Com todo o respeito pela opinião de quem defende o nome Martin O'Neil, deixo a seguinte consideração:

    - "jamais em tempo" algum pode o campeonato escocês, ainda para mais o Celtic (é este e o Rangers, sendo que as vitórias de cada têm sido cada vez mais difíceis de conseguir - muita sorte, à Benfica e Porto, se quiserem), ser tido em conta do ponto de vista táctico. O futebol escocês é perito em jogos sem um pingo de cultura e efectividade táctica.

    Não pretendo com isto defender que MO é igual a PS.

    O nome Jesualdo Ferreira, bem, nem o vou comentar. Essa sugestão é um entrecho intelectual. Ah, e uma idiotice (com todo o respeito, a sério).

    O Daúto, que eu conheço pessoalmente (é um feroz Sportinguista, já agora), construiu uma carreira com muito mérito e sofrimento, dado que raramente treina um clube minimamente estável. Gostaria de o ver à frente de um clube como o Guimarães, por exemplo, antes de pensar sequer nele como hipótese para o meu (nosso) clube.

    E que tal a seguinte sugestão: pensar num treinador não como único Mister, único decisor, mas tentar complementar características? Por exemplo: Manuel José, um líder e um homem que conhece profundamente o futebol português, e um adjunto perito em táctica? Dado que um dos nossos problemas é de origem cultural (os jogadores pensam que o SCP não está tão obrigando a conquistar o campeonato quanto o Benfica ou o Porto), e que tal, à parte do tal líder sábio e do adjunto perito em táctica, adicionar um homem da casa, um ex-jogador?

    É fundamental aproximar os rostos da formação da equipa técnica vindoura. FUNDAMENTAL!

    FORÇA SPORTING!
    Saudações Leoninas.

    www.sociedadesporting.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Quando procuro avaliar um treinador tento ver se ele bons trabalhos sucessivos. Isto não representa obrigatoriamente titulos, mas classificações superiores ao expectável com aquela equipa ou clube.

    Várias vezes há enganos, exemplos, o Paços (ou o Nacional, ou o Leiria) é um clube com uma estrutura de organização muito regular e estável é mais fácil conseguir ali um bom trabalho, comparo com a minha Académica (ou Belenenses, ou Maritimo) que com muito maior potencial e condições é um clube desorganizado e cheio de tricas e peneiras onde os jogos se começam a perder nas tribunas entre um pedaço de leitão e um espumante.

    Domingos apresentou sempre trabalhos de qualidade, mesmo neste ano de transição em que teve de gerir o falhanço de uma época soberba sem glória e uma revolução no plantel, a equipa não caiu para niveis absurdos (como o Sporting).

    Jardim para mim é uma perfeita incognita (não vi qualquer jogo do Beira Mar), não vejo como pode ser hipotese, é a sua estreia na primeira divisão, curto, muito curto para um Sporting que precisa de arrumar a casa antes de correr riscos destes.

    Dáuto tem feito bons trabalhos, mas não vejo nas suas equipas risco, arrojo, vontade de querer fazer mais e melhor. Mas é um gentleman como não há igual (talvez seja esse o problema). Bom treinador mas não seria nunca a minha escolha (gostava de o ver durante uns anos na Académica...).

    O Vitória, é atrevido, as suas equipas não pensam só em defender (coisa que fazem bem), tenta sempre encontrar o seu bocado de sal no jogo. Gosto mas queria vê-lo fora do Paços, num Maritimo p.exemplo.

    O Sporting tem boa relação com os ingleses, o resultado final pode não ser famoso, mas que vão todos sonhar com a baliza do adversário não tenho dúvidas. Gostei muito do Bielsa no mundial, gostava de uma aposta destas, ou uma nacionalidade cujas selecções jovens tenham tido bons resultados nos últimos tempos.

    Se é para inventar num Jardim, venha o adjunto do Guardiola...

    ResponderEliminar
  14. Ao tempo que julgo que se deveria tentar contratar alguém com notoriedade e créditos firmados. Defina-se no perfil de treinador pretendido. para mim seria alguém com um tipo de futebol ofensivo, que não receie apostar nos jovens e tenha dado mostras, no passado, de aproveitar a formação nos clubes /selecções por onde passou.

    Continuo a afirmar que o SCP deveria arriscar um maior investimento no treinador. Até pq, um treinador 'sonoro', trás com ele outra motivação, mais crença quer no plantel quer no povão. Há muito que vimos fazendo apostas em gajos que, no máximo, podem aspirar a serem futuros treinadores com algum reconhecimento, mas que no momento em que chegaram ao SCP ainda tinham muito (para não dizer td) para provar. Os resultados, desse tipo de aposta, têm sido catastróficos pelo que repetir nova jogada desse estilo, seria, logo do inicio, um valente tiro de canhão nas expectativas dos adeptos e sócios do SCP. É preciso notar que um treinador 'credenciado', trará logo outro 'elan' e, possivelmente, mais adesão, maior incremento à tão depauperada esperança da descrente (nesta altura) massa adepta e associativa leonina.

    O risco existe sempre. A negociação com um treinador de valor reconhecido tb será sempre muito mais difícil e o investimento superior, mas acho que valeria a pena. Mais vale deixar de se contratar um ou dois craques e trazer um treinador que possa dar maiores garantias na produção de futebol com qualidade.

    Nomes? Já li vários: Bielsa (gostei de ver o futebol do Chile durante o mundial na África do Sul); Pekerman (com mt fama de bom formador...); Zico (o tal que é sportinguista desde pequenino, mas mais ‘mengão’, digo eu, e que apresenta trabalho de mérito na Turquia com o Fenherbace e bem razoável na Rússia e Grécia); Joaquin Caparrós (gde Athletic Bilbau, com uma equipa baseada na cantera basca), Enfim, há vários nomes que cumprem com os requisitos do perfil que tracei.

    Dos portugueses, digo com sinceridade, que dos nomes avançados me agrada mais o Daúto Faquirá, que aprecio a postura, bem como a coesão que as equipas dele apresentam, mas acho que ainda está ‘verdinho’… Para além disso tb é de valorizar a subida dele a pulso na carreira sem background nenhum. E isso é meritório. Boa temporada no Olhanense e já no Estrela da Amadora realizou um bom trabalho. Apenas deslizou no Vitória de Setúbal.

    ResponderEliminar
  15. LMGM:

    Acabei de ler o teu comentário, com o qual estou de acordo. Curisoso este teu trecho:

    "Gostei muito do Bielsa no mundial, gostava de uma aposta destas, ou uma nacionalidade cujas selecções jovens tenham tido bons resultados nos últimos tempos."

    Precisamente o que ue tb defendo para o SCP.

    O Chile de Bielsa encantou e apenas um jogo infeliz (e algo ingénuo) contra a Espanha os afstou da prova.

    Mas msm contra a Espanha deu luta e jogou melhor na primeira parte. O Villa é que estava 'on fire' e lixou os chilenos...

    SL

    ResponderEliminar
  16. Bielsa é um nome que aprecio. Gostei do Chile - todos gostaram, penso eu.

    E também aprecio bastante José Pekerman, este por ser o rosto perfeito para criar sinergias entre a formação e o plantel principal. Mas reconheço que a sua carreira enquanto treinador principal não está recheada de títulos.

    ResponderEliminar
  17. Daniel, os treinadores fazem equipas, as direcções campeões...

    ResponderEliminar
  18. Como diz o LdA, o lugar + importante para recuperar o futebol do SCP reside no treinador.

    Agora imaginem um DF, um AM ou um ZB, p.e., a "chegar-se à frente" com um destes nomes...

    Ai, ai... Vai ser um mês complicado... Que angustia!

    ResponderEliminar
  19. Virgílio

    Um pequeno pormenor.

    O Zico é "mengão" assumido/doente.

    O seu pai é que era leão :)

    abraço

    ResponderEliminar
  20. "Se é para inventar num Jardim, venha o adjunto do Guardiola ..."

    É realmente extraordinário que este tipo de nomes esteja sequer em cima da mesa. Há uns dias o DUX XXI avançou "Jardim" e eu sinceramente estava convencido que era piada. Nem sequer sabia o nome dele, julguei que se chamasse Leonel Jardim. Ontem, ao dar uma vista de olhos pela blogoesfera li o FCS dizer que o (pelos vistos) Leonardo Jardim é o treinador do boneco. Do Godinho Lopes.

    Inacreditável.
    Eu nem iria tão longe: adjuntos do Guardiola. Mais valia irmos buscar o Oceano, o Balakov (não sei se está a treinar de momento) ou outro qualquer ex-jogador perfeitamente identificado com o Sporting.
    Mal por mal, gostamos deles. Muito.

    Leonel Jardim ...

    ResponderEliminar
  21. já agora para vossa informação:

    "Zico admitiu, na tarde desta terça-feira, que pode ser técnico do Sporting (POR).

    O ex-jogador revelou que um grupo que está concorrendo às eleições no clube português fez uma proposta a ele para comandar a equipe e, dependendo do projeto apresentado, pode ser aceito.

    - Um grupo que está fazendo parte das elições querem que eu assuma o time de todas as maneiras. Não tem o menor problema. Iria com o maior prazer, desde que tivesse todo um projeto por trás. O Sporting é um clube de massa, mas, que nas últimas temporadas, não tem feito boas campanhas. Mas analisaria o projeto - garantiu, em entrevista à Globo News.

    Como técnico, Zico já comandou a seleção do Japão entre 2002 e 2006 e os times: Fenerbahçe (TUR), entre 2006 e 2008; Bunyodkor (RUS), em 2008; CSKA Moscow (RUS), em 2009 e Olympiacos (GRE), entre 2009 e 2010."

    ResponderEliminar
  22. Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa! Bielsa!

    ResponderEliminar
  23. MM,

    Não fui eu que referi o Jardim.... eu vaticinei que se o Couceiro aguentar a Europa, que o Boneco aludindo ao defice, ao fmi e ao que fizer falta mantenha o Couceiro como treinador.

    ResponderEliminar
  24. Adams:

    Fiquei na dúvida. Qual é mesmo o teu treinador preferiso? :P

    ResponderEliminar
  25. The Cure:

    Claro que "mengão"!! Estava apenas a ser irónico qd afirmei que era sportinguista desde pequenino! ;)

    Diz-se por aí, que é o treinador do Baltazar...

    'Brigada pelo informação, vice! Quem está memso noticiando essa hipótese aó per terras de Vera Cruz?

    ResponderEliminar
  26. Concordo com alguém que aqui disse que Carvalhal foi desperdiçado no SCP.
    Devia ter transitado da época passada para este ano.
    Fazia seguramente melhor que o Forcado fez.
    E ficava muito, muito mais barato, já conhecia a casa, os jogadores estavam com ele, os adeptos idem aspas...
    Trocá-lo pelo Forcado foi das maiores asneiras deste elenco directivo, se não a maior...

    Para a próxima época, a vir um treinador português só Domingos.
    Conheço o trabalho dele na Académica, que foi excelente, e no Braga provou que está preparado para orientar um grande.
    Se Domingos não vier, então terá que ser um estrangeiro.
    E aqui gostava de ver no SCP de novo Mirco Jozic.
    Foi ele a antecâmara do título que Inácio conquistou na época seguinte.
    E é um treinador que fazia a ponte com a formação.

    ResponderEliminar
  27. Virgílio

    no post acima que deixei foi a Globo. (logo é oficial) hehehe

    mas são vários os meios que falam sobre o possível ingresso de Zico no Sporting.

    julgo que o convite foi mesmo endereçado

    ResponderEliminar
  28. The Cure,

    "Nuno Fernandes Thomaz confirmou a existência de um acordo com Zico, que levará o treinador brasileiro a comandar os leões, caso Pedro Baltazar vença as eleições de 26 de Março e se torne no próximo presidente do Sporting."

    aqui:

    http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=686171

    ResponderEliminar
  29. Não dá para ser o Zico presidente, com o Baltazar a financeiro e o Mirko a treinador?

    ResponderEliminar
  30. LdA,
    Concordo inteiramente com o premissa do post: "Uma das formas mais clarificadoras e distintivas das candidaturas que cheguem até às eleições seria a divulgação antecipada das suas apostas para o comando técnico do clube."
    De facto, na actual situação, ninguém se pode escudar nas alegações politicamente correctas do "não falo, para não destabilizar o grupo de trabalho", ou da adivinha parola, "sabe falar três linguas", ou no chavão oco da "experiência e títulos" ...
    Ninguém tem desculpa para não dizer claramente quem quer ter a liderar o balneário da equipa de futebol, é um cargo nuclear para a saúde desportiva e económica do clube.
    Aparentemente, só o pré-candidato Pedro Baltazar não teme assumir esse ónus, indicando Zico. Em comparação com os nomes referidos na net como Leonardo Jardim, um perfeito desconhecido sem provas dadas que até pode ser bom moço, mas que saindo como saiu do Beira Mar me deixa pensativo; Rui Vitória e Daúto Faquirá, o primeiro, num registo mais ofensivo e desafiador, o segundo, por via das equipas que tem disposto, num registo mais defensivo e de contra-ataque, ainda me parecem verdes para tão tormentosa nau; de todos, Domingos, seria o que talvez reunisse as melhores condições, mas ainda assim... não me convence.
    Prefiro que dos não-sei-quantos-milhões necessários/prometidos/apalavrados se deixe uma boa maquia para a contratação e salários de um treinador estrangeiro com um curriculum à prova de bala, bem coadjuvado por alguém que conheça a fundo o clube e o futebol português, pois, como todos sabemos, a regra na nossa casa é que são os treinadores a dar o peito às balas.

    ResponderEliminar
  31. LMGM disse...

    Não dá para ser o Zico presidente, com o Baltazar a financeiro e o Mirko a treinador?
    --------------------------------------------
    essa tá boa :)

    mas tadinho do Jozic. ja deve andar pelos setentas. se calhar está na hora de desfrutar o crescimento dos netos.

    ir agora para o Sporting é assim como entrar numa espécie de manicómio. A não ser que isto dê uma volta bem grande
    --------------------------------------------
    (voltando ao zico)

    - Há algumas semanas eu fui procurado por um grupo que está concorrendo no Sporting. Eles queriam que eu me comprometesse e eu disse que teria um grande prazer em ser treinador lá, principalmente porque era o clube de coração do meu pai em Portugal. Mas isso ainda depende das eleições - revelou Zico em entrevista ao programa "Estúdio i", da Globo News.

    ResponderEliminar
  32. Mas porquê Zico? Porque disse ser do Sporting?

    Salvo erro o Nicolau Vaqueiro também é! Até o Pálsérg era...

    ESTÃ-ME A TIRAR O CHUPA. MAUS!

    http://www.conselholeonino.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  33. Vivam,
    Uma dúvida, a minha memória está a atraiçoar-me e não queria ser injusto: qual era o nomde do accionista que conseguiu aquela negociata de vender as muitas acções que tinha a um preço superior ao de mercado há poucas semanas atrás?
    Obrigado!

    ResponderEliminar
  34. Leonardo Jardim vai ser treinador do Braga. Inclusive, já assinou contrato. Sou de Aveiro e sei do que estou a falar. Quanto ao nome do Zico, poupem-me. O homem até no seu «mengão» foi despedido em poucos meses e como director desportivo. Turquia, Grécia e Rússia também têm uma coisa em comum: Viram o Zico ser despedido pelos clubes por onde passou

    ResponderEliminar
  35. Eu apostaria em 3 nomes,por as suas equipas praticarem futebol ofensivo e de bastante qualidade e c resultados positivos por onde passaram.Michael Laudrup,Zico e Steve Mclaren.

    ResponderEliminar
  36. Leão Pensador

    Ninguém aqui tomou partido por Zico.

    Apenas se falou no possível ingresso dele no Sporting

    Alexandre

    A avaliar pelo que vejo nas suas recentes aparições pela blogosfera leonina só posso dizer que tenho pena.

    Se quiser saber o que se passou realmente com Zico enquanto director do Flamengo eu posso ajudá-lo.

    ResponderEliminar
  37. M. a sua memória está optima, foi mesmo o Baltazar, e se quiser investigar até pode vir a saber porquê...

    Não concordo com a valorização que foi feita das acções (com os dados disponiveis), mas concordo com a compra.

    ResponderEliminar
  38. Alexandre, se tivermos de contratar um treinador que nunca foi despedido...

    ResponderEliminar
  39. Daniel,

    "O futebol escocês é perito em jogos sem um pingo de cultura e efectividade táctica."

    Quando sugiro Martin O'Neill não penso apenas na parte táctica. Ainda assim, relativo a este aspecto, é significativo o trabalho que ele fez no Aston Villa.

    Alexandre,

    "Quanto ao nome do Zico, poupem-me. O homem até no seu «mengão» foi despedido em poucos meses e como director desportivo. Turquia, Grécia e Rússia também têm uma coisa em comum: Viram o Zico ser despedido pelos clubes por onde passou"

    Já vi que não fazes a menor ideia do porquê dele ter saído do Flamengo. Aconselho-te a informares-te melhor antes de fazeres intervenções destas. O The Cure explica-te, se quiseres.

    Miguel,

    Não desgostava também. E comprar uma camisola do SCP com o nome Zico estampado, era classe ;)

    ResponderEliminar
  40. LMGM,
    Obrigado! Não tinha a certeza absoluta, mas estava convencido que era mesmo ele... enfim... não querendo, mais uma vez, ser injusto, são negócios sempre complexos, mas à falta de mais informação é difícil evitar de lhe dar um carácter duvidoso...

    ResponderEliminar
  41. M., Baltazar era contra a operação harmonio e VMOC's apresentada pela direcção e aprovada como solução para a SAD pelos sócios do Sporting.

    Uma das consequências da operação é o valor das acções ser reduzido para metade, uma boa razão para o maior acionista individual ser contra.

    Havia duas alternativas ou os sócios da Sporting SAD cobrirem os prejuizos (leia-se Sporting, Olivedesportos e Nova Expressão) ou declarar a SAD insolvente.

    Deixo-lhe o comunicado da empresa de Pedro Baltazar nessa altura, onde destaco:

    "Após 13 anos de investimento contínuo, a Nova Expressão SGPS aceitou sair do capital da SAD unicamente para viabilizar o projecto de reestruturação financeira do Sporting, em nome dos interesses do Clube."

    "Temos a firme intenção de voltar a investir no Sporting no futuro, reafirmando a nossa profunda convicção de que as SADs devem ser dirigidas por quem de facto investe e está disponível a participar de forma relevante na sua estrutura accionista, seguindo os melhores modelos das sociedades desportivas europeias."

    Concluo que não seria sua vontade declarar insolvente a SAD.

    http://www.dn.pt/desporto/sporting/interior.aspx?content_id=1728705

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (13) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (94) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (72) Batota (19) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (5) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (11) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)