quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Descubra as diferenças

Ao contrário do que vem sucedendo no futebol, o Sporting optou para o  comando do andebol  por um técnico experiente e de curriculum brilhante.

Em condições normais, eu preferiria para o nosso futebol um técnico jovem, irreverente, com  ambição de triunfar e cujo trabalho conhecido fosse uma promessa de bom futebol. E isso não é algo assim tão subjectivo como por vezes se quer fazer querer.

No entanto tendo em conta a realidade do concreta do Sporting (departamento de futebol inexperiente e uma longa ausência de vitórias), a minha opção inclinar-se-ia por uma solução semelhante à agora encontrada para  o andebol. Modalidade que, à semelhança do futebol, tem andado longe dos títulos nacionais e onde tem pergaminhos a manter.

Porque se escolhe assim para o andebol e não para o futebol é algo que estranho. Mais ainda quando se reincide na escolha de técnicos de experiência limitada e sem provas dadas.

14 comentários:

  1. Mais um passo a caminho da construção do Pavilhão do Sporting.

    A AM da CML aprovou o projecto. Mas … ainda tem de ser analisado por “não sei quem”, mais por outro departamento qualquer, e depois ainda por mais alguém. Desculpem mas da corrupção para a construção civil não percebo nada, por isso não chamo os “bois pelos nomes”.

    Só não percebo como para uns é tão fácil (estradas, áreas de construção, trocas de terrenos, etc.) e para o Sporting é sempre tudo “tirado a ferros”.

    Também, na notícia que ouvi, não consegui perceber a atitude de Pedro Santana Lopes, que como era presidente da Câmara na altura, não se pronunciava nem votava.

    Mas a boa notícia fica:

    MAIS UM PASSO FICARMOS A TER UM PAVILHÃO, para algumas das nossas modalidades poderem jogar e treinar (pouco).

    ResponderEliminar
  2. LdA:


    Não acho nada estranho... Até pq a SAD não mete o bedelho nem toma decisões sobre as modalidades.

    Quem escolhe são os amadores que dirigem cada secção: futsal, andebol, atletismo, etc... Uma cambada de amadores, é o que é... Só dão prejuízo financeiro, não fazem receita nenhuma e até ganham títulos (no caso do futsal e atletismo)... ;)

    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. 8,

    Era o que temia. Há sempre mais qualquer coisa, aprovação, assinatura necessária, blah blah blah. E depois, que adianta no nosso caso, termos adeptos e sócios em lugar de decisão que não nos ajudam, prejudicando por vezes? Também aqui somos diferentes...

    Virgílio,

    O andebol também deu 1 título e europeu. Mau mau... ;)

    LdA,

    Completamente de acordo com o post. São razões que a razão desconhece...ou não.

    ResponderEliminar
  4. JVL:

    Tens razão. E um titulo inédito na história do SCP e do País.

    No meu comentário anterior, estava apenas a mencionar a conquista de títulos nacionais, que é o que vem referido no post do LdA.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  5. LdA,

    Ainda te vão dizer que "um técnico jovem, irreverente, com ambição de triunfar e cujo trabalho conhecido fosse uma promessa de bom futebol" é o que temos...

    Eu percebo a tua ideia. Claro que um técnico experiente e consagrado seria um maior garante para o sucesso. Não sendo fácil essa solução, por diversas razões, o que desejaria era um critério de qualidade para a escolha. Critério que é impossível encontrar no actual técnico do Sporting. Preferia mil vezes o C.Carvalhal. E via com bons olhos também a contratação de..Jesulado Ferreira. Considero-o mais do que competente a diversos níveis para comandar o Sporting! Nesta escolha havia um critério de qualidade além da experiência acumulada em diversos clubes nacionais de topo. Depois da oportunidade perdida ou desperdiçada em apostar em AVB, parece-me claro que Jesualdo surge como outra grande oportunidade de colmatar uma grande lacuna na qualidade do projecto do futebol.

    ResponderEliminar
  6. Pedro,

    plenamente de acordo. A juntar à experiência, o JF tem obra feita no desenvolvimento de (jovens) talentos para patamares superiores, algo que deveria ser absolutamente imprescindível para se ser treinador do Sporting.

    Não sendo o o maior adepto do futebol de transições que o JF implementou no FCPorto, era bom poder ver replicado o trabalho efectuado com muitos jogadores que se projectaram para valores de transferência astronómicos.

    Mas enfim... como os problemas do Sporting estão longíssimo de residir exclusivamente na fraca qualidade intelectual/técnica do seu treinador, moram mais naqueles que preconizam soluções de fraca qualidade intelectual/técnica, talvez o toureiro os leve ao chão na arena...

    ResponderEliminar
  7. O paralelismo entre a boa decisão de entregar o Andebol a um treinador experiente e conceituado e as fracas decisões de entregar o Futebol a treinadores pouco conceituados coloca foco ao nível da decisão e seus responsáveis, não sobre os técnicos. O Paulo Sérgio, tal como o Paulo Faria, o Paulo Bento ou o Carlos Carvalhal serviram o Sporting porque os decisores do Sporting assim os convidaram para o efeito.
    Nesta medida sempre me pareceram bastante injustas todas as críticas atiradas ao Paulo Sérgio.

    Sobre o Jesualdo, em 2006/07 aproveita-se do trabalho de Co Adrieense que dotou o Porto de um núcleo duro bastante competente onde pontificavam Pepe, Bruno Alves, Lucho, Paulo Assunção e Quaresma. A explosão que o Lisandro teve nessa época duvido que tenha tido a ver com o Professor mas sim ao natural processo de adaptação que o jogador teve de ultrapassar no ano anterior. Não me recordo de neste ano o Jesualdo ter contribuído para qualquer desenvolvimento espectacular de algum dos seus jogadores, e muito menos jovens ...
    Posso estar enganado mas não me recordo de nenhum jovem do Porto nesse ano ter despoletado sob o seu comando. Recordo-me isso sim de um campeonato quase perdido quando chegou a ter 11 pontos de vantagem sobre o Sporting. Recordo-me que se esse campeonato calha ter mais 2 ou 3 jornadas o Sporting sagrar-se-ia campeão. Recordo-me das derrotas em 2 finais para o mesmo Sporting. Recordo-me de uma exibição vergonhosa em Londres onde começa o jogo com 4 laterais, e recordo-me de uma eliminação para a Taça no seu estádio ao melhor estilo do que já havia feito no Benfica, aquando da sua passagem por lá, ambas frente a adversários de escalões secundários.
    No ano seguinte: mais do mesmo. Desaproveitamento completo de milhões em reforços: Farias, Marianos ou Bolattis, um começo de campeonato medíocre, um apuramento para os 8ºs de final da LG mais do que tremido, conseguido graças a uma vitória nos últimos minutos - ainda estão para saber como - na Ucrânia, e mais uma final perdida para o Sporting. E mais uma vez, não recordo nenhum jovem por si treinado ter despoletado de forma mais ou menos evidente. Aliás ... o tempo todo que esteve no Porto, houve algum? Meireles? Se calhar não qualifica como tal. Bruno Alves? Talvez, mas é capaz de ser o único, sendo que o Porto independentemente dos seus treinadores sempre teve tradição no lançamento de excelentes centrais nas suas equipas.
    Indo muito atrás no tempo, o futebol das selecções portuguesas jovens sob o seu comando, era alguma coisa de especial aquilo? Não creio.

    Jesualdo no Sporting nunca. Treinador cauteloso, conservador demais e de perfil mediano, cujas equipas nos jogos grandes - apesar de poderem ter favoritismo teórico - entravam sempre em campo com medo. A rábula da equipa que apresentou em Alvalade para a meia-final da Taça da Liga em 2009 e que valeu ao Porto uma goleada: deprimente e evitável. O discurso vazio e comprometido nas conferências de impresa: um hábito. Antipático, e incapaz de mobilizar os seus jogadores ou os seus adeptos.

    Maior a fama do que o proveito, aquela que o Professor vai gozando, parece-me.

    ResponderEliminar
  8. MM,

    sobre os jovens a despontar (ou a consolidar a sua performance) sob o comando do JF, são vários e não merecem sequer uma lista exaustiva: Bruno Alves, Cissokho entre saíram e foram super-transferêncais, Fernando, Rolando, Fucile, Álvaro Pereira, Maicon, Ruben Micael, Varela ou Falcão, entre aqueles que ainda por lá andam, o dedo sobre o rendimento do Lisandro é claro e foi ainda com o JF que Meireles ou Anderson deram um salto qualitativo que os projectaram também.

    É fácil dizer que a qualidade destes jogadores estava lá à partida. Mas jogadores com qualidade à espera de ser aproveitada há aos montes. E jogadores efectivamente atirados para estes patamares há poucos. O que importa não é a qualidade à partida, mas a capacidade de a trabalhar. E por isso acho que o JF poderia ser uma boa solução para o Sporting.

    ResponderEliminar
  9. PLF,
    Mas tudo isso são jovens contratados que já gozavam de muito boas épocas desportivas conseguidas noutros lugares. Cissokho que ao melhor estilo de Paulo Ferreira andou meses a ser elogiado por tudo e todos, Falcão, disputado por Porto e Benfica depois de afirmar-se na América do Sul, Alváro Pereira e Fucile, ambos internacionais pelas suas selecções, Ruben Micael, idem para Cissokho mas de forma ainda mais notória e Varela, que nunca teve com o Jesualdo o rendimento que está agora a ter com o Villas Boas. Mas o mérito de apostar no Varela isso claro é todo dele, nem se dicute, foi ele que o levou para o Dragão. Rolando e Fernando idem, as suas afirmações são mérito do Jesualdo que foi casmurro o suficiente para resistir a um começo de campeonato onde era bastante atacado pelos seus adeptos que olhavam para Fernando, Tomás Costa, Mariano e outros com bastante suspeitas, numa altura em que os resultados não apareciam.
    Mas mesmo estes PLF: são jogadores contratados. Não sei até que ponto se deve distingui-los de semelhantes jovens que provenham das equipas de formação mas alguma distinção tem de ser feita, porque não é exactamente a mesma coisa.

    Mas independentemente dos méritos do trabalho com jovens, o futebol do Jesualdo nunca entusiasmou ninguém. Os resultados do Jesualdo nunca forma nada por aí além. Se ele é um excelente treinador que faz evoluir os seus jogadores melhor que muitos outros então talvez qualifique como um muito bom adjunto. Agora como treinador principal não sei ... aliás o mercado costuma estar atento aos sinais: tri-campeão no Porto recebe um convite do Málaga, isto diz muito ...

    O trabalho do Co Adrieense com jovens jogadores foi por exemplo muito mais evidente, acho: Quaresma, Hugo Almeida, Pepe, Raul Meireles, Alan e mais um ou outro. E o holandês caiu em Portugal de pára-quedas. Nem gozou da vantagem do Jesualdo de ter já bastante conhecimento das equipas e jogadores portugueses.

    Aí sobre o Anderson tenho também de discordar: o Anderson que me lembre nunca fez mais do que meia dúzia de jogos pelo Porto. Lesionou-se naquele clássico e só reapareceu muito perto do fim. Daí até ter sido uma surpresa para todos a transferência de 25 milhões para o Manchester ...

    ResponderEliminar
  10. MM,

    reitero que não é valor à partida em que se pode verificar o mérito do JF, mas a continuidade da sua evolução.

    A evolução de um jogador não é uma progressão aritmética. Consoante os treinadores, o treino, o modelo de jogo e que lhe pedem pode desenvolver mais valências, como pode ficar "desaprender" algumas anteriormente praticadas.

    E o que importa ressaltar relativamente ao JF é precisamente essa capacidade de fazer continuar a aprendizagem dos seus jogadores. Pode não ser um grande líder de balneário, mas é certo que os seus jogadores saem melhores depois de por ele terem passado. Outros treinadores com muita personalidade e que talvez fossem os melhores treinadores para equipas com jogadores totalmente formados, não teriam essa capacidade.

    Isto é, o que se pede ao treinador do Real Madrid, do Chelsea, do Inter ou do Milan é diferente do que o que um clube como o Sporting exige. Quando se aposta na cagança em detrimento da capacidade crítica e/ou intelectual, o mais provável é que do ponto de vista técnico não se evolua e que se aponte para a ausência de cagança para os insucessos.

    O que estou certo é que é a qualidade do trabalho que faz os bons resultados. Mas não os garante. E o Sporting com o potencial que ainda tem, precisa de um treinador que saiba administrar bons conceitos de jogo aos seus jogadores.

    ResponderEliminar
  11. PLF,
    Longe de mim discutir as capacidades técnicas do Jesualdo. Opino sobre elas evidentemente mas valor não têm nenhum: é a profissão do homem, quem sou eu para estar aqui a dizer que é bom ou mau naquilo que faz. A única coisa que digo é: mesmo essa noção do Professor enquanto guru do futebol português associado às selecções jovens e a toda uma fama de competência - sublinhada pelo título "Professor" - é discutível: que evolução depois de passar pelas suas mãos tiveram Jorginho, Bolatti, o excelente Ibson (caso que sempre me fez especial confusão como é que se desaproveita um jogador tecnicamente tão bom), olhe: Postiga (ainda estava no plantel do Jesualdo? Acho que sim, porque lembro-me no Torneio de Amesterdão uns dias antes do Co Adrieense demitir-se / ser demitido o Postiga ser aposta recorrente, jogando atrás do Adriano), o próprio Adriano, Vieirinha, e a não continuidade da aposta em Alan que era um género de fetiche do holandês. Diogo Valente, Castro, Renteria (?), o também estranho caso do Bruno Moraes, aposta do Mourinho salvo erro, que com Jesualdo nunca saiu da cepa torta, Farias e Mariano (este 2º discutível, aceito) e outros, muitos outros, porque especialmente de 2007 para 2008 e 2008 para 2009 os plantéis do Jesualdo sofreram sempre injecções excessivas de reforços completamente inutilizados.
    Mas repito, se o PLF e muitos outros dizem que o Jesualdo é um excelente treinador quem sou eu para contrariar. Desgostar-me-ia vê-lo no Sporting, não o tenho em especial conta enquanto treinador e não gosto dos "ares" típicos de quem mostra os dentes e fecha os punhos para a câmara da televisão quando está a ganhar uma final ao mediano Beira Mar mas que nos jogos de grau de dificuldade elevado revela-se totalmente inoperante e por cada 4 jogos desse tipo perde 3. O discurso fechado, repetitivo, fazedor de eco da sua administração e vendedor de um portismo inexistente que os portistas nunca lho exigiram ou encomendaram e mais importante do que tudo isso (inclusive do que os títulos perdidos para o Sporting, por exemplo): eliminações com equipa de escalões secundários, equipas com Lisandro, Lucho, Pepe, Bruno Alves, o extraordinário Quaresma, o bom Raul Meireles eliminadas constantemente nos oitavos da LC, inclusive aos pés de clubes perfeitamente ao alcance do Porto como o Shalke, e coisas deste tipo, no fundo.

    Não sei fundamentar muito bem o porquê mas é das tais situações que mesmo sem se conseguir explicar nota-se: Peseiro, futebol excelente. Mourinho, futebol e resultados mais do que excelentes, Co Adrieense, muita competência, personalidade e respeito que incutia a todos, Villas Boas, conta por vitórias todos os jogos - excepto 1 - que até agora disputou, e enfim, o Jesualdo é daquele género: assim-assim. Pode ser muito melhor que o Paulo Sérgio, não discuto isso, mas nunca o veria como suficientemente bom para ser treinador do Sporting, à semelhança do Paulo Sérgio, de resto. Facto independente do apoio dado, obviamente. O Paulo Sérgio esgotar-se-á para mim no apoio que lhe dou (enquanto adepto e sócio do Sporting) no dia em que tal como o Paulo Bento mostrar-se agarrado ao lugar e revelar-se incapaz de se demitir assim que apresente resultados e classificações miseráveis. Até lá, a minha agulha estará sempre virada para outros acima dele. Se amanhã o Jesualdo fosse apresentado como treinador do Sporting pois bem, viva o Jesualdo, o que cá queremos são tri-campeões a jogar por nós. Até aos resultados miseráveis, e aí, caso fosse incapaz de ter a frontalidade de demitir-se, idem aspas aspas para Paulo Bento, Paulo Sérgio ou qualquer outro. A minha relação com os treinadores do Sporting faz-se muito desta forma.

    ResponderEliminar
  12. MM,

    a questão não é JF ser um excelente treinador. Excelentes são o Mourinho, o AVB ou o Jorge Jesus.

    A questão é a seguinte: estando os três acima indisponíveis, quem será a melhor opção para o Sporting? Na minha opinião, o JF está entre as melhores opções.

    ResponderEliminar
  13. Co Adrieense, José Peseiro, Boloni, Domingos Paciência, não faço ideia PLF, pelos campeonatos francês, holandês, italiano, até belga, sul-americanos, não acredito que seja impossível encontrar uma lista de uma dezena de nomes perfeitamente conceituados nos seus universos (quem é que em Espanha ou Itália neste momento dá credito ou conhece o Villas Boas por exemplo? E no entanto nós que consumimos o futebol português sabemos que ele existe), algo assim ...

    Os treinadores são exactamente como os sapatos: o barato sai caro. E o que é caro e bom, sai barato, porque só se compra 1 vez e roda até ao milhão de km´s. Por isto mesmo subscrevo a mensagem do post, são algo incompreensíveis as opções da SAD do Sporting em matéria de treinadores. Por subscreve-la, nunca o Jesualdo entraria nas minhas opções. Mas admito que possa estar errado claro: como disse lá em cima tudo isto é opinião superficial, assente em coisa nenhuma.

    ResponderEliminar
  14. MM,

    Muito do que dizes eu tb concordo. JF não é um treinador de top, indiscutível e irrepreensível nos seus resultados.
    Tem inclusivé um percurso atribulado com vários despedimentos. Claro que na organização portista rendeu 3 títulos de campeão. Houveram decepções europeias mas tb houveram grandes e personalizadas exibições sob o seu comando.

    Acima de tudo subescrevo o que PLF disse, não havendo grandes opções disponíveis parece-me claramente que está entre as melhores opções a considerar. Mais nada.

    Parece-me um treinador capaz de fazer subir a qualidade do futebol do Sporting, capaz de fazer evoluir tácticamente a equipa, capaz de organizar metodologias, enfim um treinador que pode deixar um legado que o actual treinador nunca deixará. Porque os clubes precisam de pensar numa evolução constante colhendo sempre os frutos do passado e não cortando radicalmente a aprendizagem, deitando tudo fóra, construindo algo sem futuro desportivo e financeiro.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (4) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (6) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (2) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (1) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)