quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Um presidente do Sporting fala assim

"João Moutinho, no Sporting, foi sempre um fantástico profissional. Já o disse e não volto atrás, mesmo que após o termo do campeonato se tenha passado muita coisa. Mas enquanto vestiu a camisola e actuou neste estádio foi sempre com dedicação ao clube. As coisas podiam ter sido tratadas de outra forma, mas isso não invalida que eu reconheça no João um profissionalismo extraordinário e um grande futebolista que esteve muitos anos ao serviço do Sporting. Mesmo num momento difícil eu desejei felicidades ao João, recordem isso, não recordem só aspectos negativos".

Se houve alguma contradição em Bettencourt não foi pelas palavras que proferiu ontem, antes sim pelo episódio da "maçã podre". Moutinho foi sempre mais capitão dos corpos sociais do que propriamente dos adeptos. Não esqueço a falta de respeito pelo clube, agravada pelo estatuto que detinha.Mas se lhe faltava perfil para capitanear a principal equipa do Sporting sobrava-lhe o empenho e a entrega em campo. Deixou uma marca dificil de superar pelos jogos que fez de leão ao peito.

Não posso deixar de me congratular com esta declaração pública do presidente do Sporting. que marca a posição oficial do clube, em contraste com o esboço de um movimento infeliz que o mínimo que conseguirá é envergonhar o Sporting. Invocar a morte trágica de um atleta que morreu em campo de forma arrepiante, desejar igual sorte a quem quer seja e fazê-lo em nome do Sporting é salpicar de esterco a bandeira de um clube centenário. Mais do que as taças e campeonatos valemos pelos princípios e pelos ideais que representamos.

75 comentários:

  1. Por acaso desta vez não concordo, caro LdA. Não concordo com esta declaração, como não concordo com a outra da maçã podre.

    No meio está a virtude, lá diz o povo. E com razão.

    Moutinho não é o espelho destas afirmações, como não será a maçã podre.

    Corrigir uma asneira com outra asneira nunca foi nada que se recomende, na minha opinião! A unica coisa a fazer nesta altura para corrigir a Jebardice de Julho seria apelar ao civismo, recordar ás pessoas que nós somos o Sporting e dizer claramente que certo tipo de comportamentos não pode ser tolerado!

    Bettencourt cada vez me faz lembrar mais o Bardo do Asterix!

    ResponderEliminar
  2. Ainda vão na conversa deste cromo?? Ainda não perceberam que o gajo é esquizofrénico?? O gajo muda de discurso como quem muda de cuecas.

    Um Presidente do SCP tem de ter pulso forte e uma so palavra!! Este batanete nunca poderia ser Presidente se os adeptos tivessem no seu perfeito juízo.

    ResponderEliminar
  3. Não vejo nenhuma contradição aqui. Mesmo na conferencia idiota da maçã podre, ele sempre defendeu o profissionalismo do jogador. O que ele atacou nessa conferencia foi a atitude do jogador de pressionar para sair.

    ResponderEliminar
  4. Mike Portugal,

    Sim, isso de querer sair antes do final do contrato é de um grande profissionalismo...

    Como diz o batanete: Tá calado pá

    ResponderEliminar
  5. antunes,

    1º - Tu não me mandas calar. Este espaço é publico

    2º - Não deves saber ler, portanto eu explico de forma mais simples:

    Moutinho dentro de campo = profissionalismo
    Moutinho fora de campo = má atitude

    ResponderEliminar
  6. Pois eu acho estas afirmações ridículas e desprovidas de bom senso, concordando totalmente com o JG. Não há contradição de discurso!?

    Então convoca-se uma conferência de imprensa cujo propósito era criticar o comportamento do ainda capitão de equipa, e agora passados +-3meses, faz-se a apologia do seu profissionalismo?! Isto é lógico? Coerente? Racional? Não, não é.

    Um, e usando a terminologia tão do agrado de alguns, "verdadeiro" Presidente do SCP, nunca teria vendido o capitão ao rival.

    ResponderEliminar
  7. Mike,

    Parece-me que o antunes estava a mandar calar o JEB.

    ResponderEliminar
  8. Leão de Alvalade,

    a única conclusão que podemos retirar destas declarações de JEB é que ele é burro.

    O discurso apaziguador justifica-se e é de elogiar, embora me pareça que as palavras (indignas que sejam) firam menos que as bolas de golfe. O que já é difícil de compreender é a ausência de uma estratégia minimamente coerente ao nível da comunicação.

    Ou seja, se as declarações de ontem são incoerentes com o que havia referido na sua saída do clube, mas coerentes com o que havia sido praticado anteriormente, o todo é incoerente. E por muito que a intenção seja boa, o resultado é absurdo: primeiro, com a venda do jogador é um murro no estômago que inevitavelmente iria dividir os sportinguistas. JEB, num acto nojento e mentiroso mas bem urdido, conseguiu resgatar parte dos sportinguistas que se sentiram esventrados apontando do dedo a ausência de profissionalismo do João Moutinho. Agora, elogiando o seu mérito desportivo e pessoal enquanto jogador do Sporting, JEB aliena os muitos (imbecis) que passaram a odiar o João Moutinho, sem com isso reconquistar os que têm dois neurónios a funcionar e conseguiam see between the lies.

    Isto para dizer que o discurso apaziguador poderia ter vindo de outra forma, com outro conteúdo, com respeito pelo Moutinho mas sem um elogio desabrido. E é isso que é completamente ridículo.

    E por isso também discordo que este seja um discurso que um presidente do Sporting possa ou deva ter. É que se é mau ser mentiroso uma vez (pelo menos), ainda é pior ser-se completamente desorientado no que diz respeito à estratégia de comunicação do clube.

    Ele cava a sua própria sepultura, eu agradeço, mas é triste constatar a gritante incompetência, estupidez e a total ausência de um planeamento que se faça com mais de três dias de antecedência.

    O Sporting é o clube do "logo se vê" e por isso está assim.

    ResponderEliminar
  9. Para a semana o que será o Moutinho? O moutinho tinha contrato com o SCP e se saiu a responsabilidade é do presidente do SCP que é um imcompetente.
    Qualquer jogador de futebol e do SCP nao pensa duas vezes se o FCP lhe fizer uma proposta pois quer queira ou não o FCP que já era superior ao SCP está neste momento a anos luz principalmente desde que este Burro Branco entrou para a presidencia do SCP.
    Já nao vou a Alvalade faz 2 anos uma promessa feita devido á fraca qualidade do futebol apresentado pelo SCP, mas sabado vou lá estar, vou ver o Grande Profissional Maça Podre que deixamos reforçar o rival.
    Vou apludir a entrada do meu capitão João Moutinho de Pé, pelo que deu ao SCP.

    O presidente é que me parece uma maçã podre pois as suas contratações deixam o SCP mais fraco enquanto as suas dispensas deixam os adeversarios mais fortes.

    ResponderEliminar
  10. Mike Portugal,

    Os contratos não são só para ser cumpridos dentro de campo, mas também fora. Se é para dizer baboseiras, mais vale estar calado.

    ResponderEliminar
  11. Em 4 meses passar de "maçã podre" para "profissional exemplar" mostra bem que se prepara mais uma vez para ser sodomizado pelo corrupto.
    O ano passado um dirigente do scp apelou a um "ambiente hostil" para receber Simão.
    Agora, como o jeb não quer aborrecer o peido da costa, até nem se importa de se contradizer.
    Surreal... e lá terão os adeptos do scp de "engolir" mais uma vez o facto do seu presidente se sentar ao lado do maior corrupto dste futebol. "engolir" e calar...

    ResponderEliminar
  12. PLF,

    "primeiro, com a venda do jogador é um murro no estômago que inevitavelmente iria dividir os sportinguistas."

    Concordo.


    "JEB, num acto nojento e mentiroso mas bem urdido, conseguiu resgatar parte dos sportinguistas que se sentiram esventrados apontando do dedo a ausência de profissionalismo do João Moutinho."

    Tens provas que ele mentiu na conferencia de imprensa? Tens provas que o Moutinho não pressionou para sair? Se tens, mostra-as, por favor.

    "Agora, elogiando o seu mérito desportivo e pessoal enquanto jogador do Sporting, JEB aliena os muitos (imbecis) que passaram a odiar o João Moutinho, sem com isso reconquistar os que têm dois neurónios a funcionar e conseguiam see between the lies."

    Concordo. No entanto não lhe posso tirar mérito de ele tentar apaziguar o ódio, por mais idiota que ele (ódio) seja.


    antunes,

    Mais uma vez, não me mandas calar.

    ResponderEliminar
  13. Mike Portugal,

    provas? Não sou um detective privado mas tenho dois neurónios a funcionar.

    http://dn.sapo.pt/desporto/sporting/interior.aspx?content_id=1611448

    Isto é verdade. O que o JEB fez naquela conferência de imprensa e nos dias que a precederam, depois de ter constatado a evidência de que o João Moutinho JÁ ESTAVA VENDIDO, foi uma obscena encenação.

    Chame-lhe o que quiser, por simplificação e porque a verdade consegue ser bastante pior, chamo-lhe mentira.

    ResponderEliminar
  14. Caro LDA, antes do mais, um abraço

    ad perpetuam rei memoriam

    O que o "povo" gosta de ouvir gera, por vezes, movimentos deploráveis que parecem, hoje, afligir e, pasme-se, gerar estupefacção quanto à origem do ódio a Moutinho.

    Para quem tem memória curta ou padece de outro tipo de distracções, foi esta a justificação, feita de papas e bolos:

    "Ele provocou uma profunda tristeza pela insistente manifestação de desejo de partida, que aumentou desde 2008 e caiu muito mal na família sportinguista, depois da recusa de venda ao Everton. A não chamada à selecção também contribuiu para isso. O João Moutinho não contava com o Sporting e o Sporting também não contava com ele. Exigimos muito mais de um capitão: uma acção muito mais positiva e proactiva junto dos colegas; saber dignificar a bandeira que enverga e representa não só no campo. Nestes últimos tempos não tinha condições para de facto defender essa bandeira. O João, a determina altura, percebeu que também não estávamos a contar com ele. Foi acrescentando que mesmo que não fosse no estrangeiro - porque achava que ninguém o queria - nunca pôs de parte a hipótese de jogar noutro sítio, em Portugal."

    "O Sporting tentou encontrar todas as soluções no mercado, mas apesar de o seu empresário [Pini Zahavi] ser muito conhecido e influente o máximo que ele achava que conseguia eram cerca de sete milhões de euros. No regresso aos trabalhos, o João voltou a insistir. As propostas não surgiram, até que ele forçou uma solução interna. A única proposta que surgiu foi a do FC Porto. O João, em vez de colaborar e acreditar no seu valor - porque seguramente apareceriam clubes interessados - perdeu completamente as estribeiras e começou a forçar uma solução interna para o FC Porto - dizendo até que tinha dado a sua palavra. O seu comportamento foi absolutamente deplorável. Aliás, se não tivesse vivido esses acontecimentos não acreditaria que isto fosse possível."

    "Uma equipa ganhadora tem de cuidar bem do seu jardim. No arranque de uma época nova tínhamos um pomar com uma maçã podre e essa maçã iria contaminar todo o ambiente."

    "Se o clube fosse meu talvez admitisse deixá-lo ficar aqui até 2014, com os castigos correspondentes, podendo até pôr em causa o futuro da sua vida profissional. Mas obviamente o clube não é meu, é dos sócios. Um elemento que não contava para nós, que recebeu zero propostas de zero euros de 2008 para cá, que nunca perdoou quem não o deixou sair mesmo que as condições tivessem sido substancialmente melhoradas, teve uma postura que deixou muito a desejar - para que alguém como ele seja um digno sucessor do nosso capitão Manuel Fernandes. Perante isto, entre receber zero e continuar com uma maçã podre... tive de fazer este negócio. O Sporting não podia ter outra saída senão receber 11 milhões de euros. É uma saída por uma porta muito pequena. Mas o negócio foi leal, foi feito porque quisemos acima de tudo defender os interesses do Sporting. E não queremos cá ninguém contrariado."

    Eis a descrição do "fantástico profissional", dada para justificar a venda do "fantástico profissional" a um concorrente directo, que o é cada vez menos.

    Acima de tudo vexado e deprimido, mas não estúpido

    SL

    ResponderEliminar
  15. Não preciso de José Eduardo Bettencourt para me dizer (ou lembrar) o quão extraordinario é ver Moutinho em campo.

    Não preciso de José Eduardo Bettencourt para me explicar o porquê de tantas saídas de jogadores em litigio com o clube ou a forçarem a sua saida.

    Não preciso de José Eduardo Bettencourt para ajudar e elogiar adversários.

    Não preciso de José Eduardo Bettencourt...

    Preciso de um Presidente do Sporting!

    ResponderEliminar
  16. PLF,

    Já sabia disso e noto esta frase:

    "o futuro de João Moutinho, que se mostrava decidido a deixar Alvalade"

    O JEB tentou ilibar-se de responsabilidades dando uma cronologia dos eventos, desde que Moutinho começou a pressionar para sair. Repito, Moutinho pressionou para sair, pressionou para que fizessem aquele contracto que lhe permitia sair por menos do que a clausula de rescisão.

    E pressionou porque JEB não conseguiu propostas para ele: as tais zero propostas por zero euros.

    A responsabilidade de JEB foi ter-se esquecido de incluir que ele não podia ir para um rival. E não gostei da parte de insultar um jogador chamando-lhe maçã podre. Os adeptos podem fazer isso, mas o presidente nunca o deveria fazer.

    ResponderEliminar
  17. Bruno Azevedo Rodrigues,

    "A única proposta que surgiu foi a do FC Porto. O João, em vez de colaborar e acreditar no seu valor - porque seguramente apareceriam clubes interessados - perdeu completamente as estribeiras e começou a forçar uma solução interna para o FC Porto - dizendo até que tinha dado a sua palavra."

    Estamos de acordo então que, na ausência de propostas, o Moutinho pressionou para sair.

    A parte do "A unica proposta foi a do FCP" é que pode ser mentira. Provavelmente JEB não quis dizer que "não teve outra alternativa senão aceitar a proposta do FCP porque se esqueceu da clausula".

    ResponderEliminar
  18. Julgo não ter deixado dúvidas sobre a minha posição relativamente ao que foi a gestão do "caso Moutinho" verão passado, pelo que aqui fui escrevendo de então para cá.

    Apesar de compreender uns e até concordar com alguns dos argumentos invocados insisto no que me parece mais importante face ao que me parece estar em jogo no próximo sábado:

    O Sporting demarcar-se de um movimento infeliz e que só nos pode envergonhar.

    Se JEB se contradisse não foi agora, pois toda a gente sabe que o que JEB disse agora era o que ele sempre pensou de Moutinho.

    ResponderEliminar
  19. LdA,
    subscrevendo a tua repulsa por aquele cântico, mas não subscrevendo o resto, digo o seguinte:

    em toda a novela João Moutinho, e com especial ênfase nas declarações de ontem, há uma coisa elementar e óbvia, que, por ser elementar e óbvia, às vezes nem se diz "preto-no-branco": o Presidente do Sporting, José Eduardo Bettencourt, não defende os interesses do Sporting.

    Tal como muitos, estou pasmado desde ontem, por todas as contradições que aquela declaração encerra - numa estupefacção potenciada pelas declarações do chefe de segurança assegurando que o sua excelência poderia vir porque seria protegido (como se os túneis de Alvalade fossem iguais a outros que por aí andam). Alguém alguma vez foi agredido num túnel em Alvalade? ALGUMA CAMISOLA FOI RASGADA POR NÓS EM ALVALADE?? Acho que se chegou a mais um ponto de não-retorno no mandato deste presidente. O que mais interessa, o que é mais decisivo, é que ele, por inépcia e total falta de preparação para o cargo, não serve os interesses do clube.

    Neste caso, o interesse do clube não é agredir o jogador no túnel ou ter seguranças à volta dos balneários a intimidá-lo. Mas, é do TOTAL interesse do clube que um jogador que tem aquele comportamento seja recebido com um ambiente infernal, para que o seu exemplo assuste outros; para que os sportinguistas se sofreram no Verão com este triste episódio pudessem expurgar as suas mágoas. É isto que cria o sentimento comum de pertença: o "nós" colectivo existe; Moutinho já não é um dos "nossos"; vamos mostrar-lhe isso. Era isso o que naturalmente decorreria das declarações do próprio Bettencourt! E era tão simples... Bastava não dizer nada. Além disso, desportivamente, esse ambiente favorece-nos, com se viu na eliminatória com o Atleti e com as exibições paupérrimas do Simão tanto lá como cá. Não perceber isto atesta a total incapacidade dele para o cargo que ocupa.

    A mim já não me preocupa a expressão "quo vadis, Sporting?". Já não é só o medo do futuro que me fustiga. A questão "O que fizeram de ti, Sporting?" já é suficiente para me tirar o sono.

    ResponderEliminar
  20. Leão de Alvalade,

    Tens toda a razão no que dizes. Mas eu faço parte dos que vai insultar o Moutinho com assobios e uns quantos "buuuuhhh". Mais do que isso é entrar no reino da idiotice.

    ResponderEliminar
  21. Bruno Martins,

    Lembras-te do coro de criticas que houve quando no ano passado se disse para receber um jogador (Simão) num ambiente infernal?

    ResponderEliminar
  22. Mike Portugal,

    o Moutinho até pode ter pressionado, mas acho que está a ver a coisa ao contrário. E a cronologia é muito simples:

    1. JEB+Costinha (em mais uns quantos mentecaptos) queriam vender o Moutinho+Veloso para patrocinar a revolução sanguinária. (Ou acha que havia lugar para um meio-campo com o Maniche, o Pedro Mendes, o Veloso e o Moutinho ao mesmo tempo? Para mais na equipa do treinador que desde o 1º dia só pediu alas que desequilibrassem e um pinheiro para lhe colocar a bola)

    2. JEB+Costinha mandataram o Pini Zahavi para vender o jogador por €10M. Ou seja, conferiram poderes para vincular o Sporting por €10M à venda do Moutinho (or else).

    3. Pini Zahavi, para tal tendo poderes, vendeu o João Moutinho ao FCPorto.

    4. JEB+Costinha perceberam que tinham feito asneira e que o jogador se preparava para sair para o FCPorto e pressionam o jogador para que este não vá para o FCPorto. O jogador VENDIDO manda-os à merda e recusa-se a treinar.

    5. JEB+Costinha apelam aos bons ofícios do amigo Pinto da Costa, que aceita (i) inserir o NAC a troco de uma dilação dos prazos de pagamentos e (ii) manter-se calado enquanto o (agora seu) jogador é atacado pelo rival.

    6. JEB+Costinha montam a sua encenação, com ajuda dos jornaleiros de serviço, diabolizam o jogador (sugiro o link abaixo, do post e dos respectivos comentários) e elogiam o comportamento do presidente do FCPorto.

    http://www.centurialeonina.com/2010/07/parece-que-houve-um-pequeno-engano.html

    A conclusão é simples: o presidente do Sporting, para salvar o canastro, mentiu com quantos dentes tinha quando apresentou uma versão truncada de acontecimentos que revelam da mais pura incompetência. Tudo o resto são fait divers, desde a absurda referência à maçã apodrecida, a tudo o resto que antecedeu e ao que sucedeu.

    O meu comentário é que o episódio de ontem é só mais um passo elucidativo do desgoverno. É também sugerido aqui:

    http://www.centurialeonina.com/2010/11/confessar-ao-domingo-para-pecar-durante.html

    que o tempo de espernear contra o Moutinho, devidamente autorizado pelo presidente que tanto se admira, também já está esgotado. Junta-se esta a outras explicações possíveis.

    ResponderEliminar
  23. Não dá para estar de acordo. eu entendo o propósito do post: é claro que não cauciono qualquer acto violento contra o Moutinho ou qualqur outro jogador. O Estádio de Alvalade não é o galinheiro nem a pocilga das Antas agora não me venham contar histórias: isto é um discurso inteligente? isto é um discurso coerente? isto é um discurso a´presidente do Sporting ? não brinquem comigo.
    Moutinho é sem carácter e um ingrato. Quem não vê isto é cego mas neste Sporting tudo serve para dividir, até uma coisa tão evidente e consensual como esta. Quem defende o Moutinho para atacar JEB faz mal, pois JEB n precisa. Ele próprio se põe a jeito para levar mocada de todos os quadrantes e agora foi precisamente o que fez.
    Em Junho dividiu a massa adepta entre os que apoiavam a conferencia de imprensa da maçã podre e os que não gostaram do pretenso enxovalho. Agora volta a dividir e a colocar do seu lado os que foram contra a conferência de imprensa e contra ele os que em Junho o defenderam.
    É de facto incrível o que este homem consegue fazer colocando em duas penadas TODA A MASSA ADEPTA DO CLUBE contra ele pois ele defende uma coisa e o seu contrário com a mesma naturalidade e um sorriso idiota estampado no rosto. Só assim Se pode dizer que Stoij é bom profissional e empandeirá-lo ou que Izma que ficar e tratar do assunto em tribunal.
    Na cabeça demente deste idiota tudo é possível e a nós só nos resta aplaudir senão somos maus sportinguistas ? Eu tenho as quotas em dia e game box e quem me disse que sou anti-Sporting poder ir para junto do JEB e formarem a lista de coveiros o grande Sporting.
    Pra mim é limpinho: quero é que o JEB se ponha no cara...lho.

    ResponderEliminar
  24. Bruno,

    Cocordo com tudo. Ainda ontem dizia a um amigo meu que cada vez me sinto mais afastado do SCP, ao que ele me respondeu que nesta altura, e vamos com metade do tempo do "Gande Jejum", a saturação é o dobro da da altura. O dobro ou triplo.
    Declarações destas em nada ajudam.

    ResponderEliminar
  25. PLF quando um jogador admite que podem dizer dele oq ue quiserem pois ele não vai responder desde que o deixem sair do Sporting creio que estamos falados em matéria de carácter.
    Que o JEB e o Costinha estejam a fazer um trabalho péssimo isso é evidente só por si.
    Que tentem limpar a imagem do Moutinho não posso tolerar pois eu não sou JEB nem Costinha. Sou sócio, adepto e seguidor do SCP nos bons e nos maus momentos e como eu existem milhões que o Moutinho desrespeitou com esta sua decisão. Já o tinha feito aliás quando forçou a saída para o Everton e só foi pena não o terem deixado sair.
    dizer agora que mudou para o FCP porque queria ganhar títulos é apenas uma falácia mas esta imprensa de merda não teve sequer coragem de lhe perguntar se ele tivesse mudado para o Everton quantos títulos teria ganho. Olha, o ano passado tinha ganho três na peida em Alvalade para a Liga Europa.
    JEB é um palhaço mas Moutinh também não vale um piço.

    ResponderEliminar
  26. Mike,
    Com as críticas dos outros posso eu bem. Eu acho que o Presidente do Sporting deve actuar de acordo com aqueles que acha serem os interesses do clube, respeitando sempre a sua identidade. Como disse no meu comentário, para Bettencourt, era muito simples: bastava não dizer nada (escusava de falar em ambiente infernal). Se as coisas estivessem a descambar - o que, na minha opinião, está muito longe de ser o caso, pois em Lisboa, por exemplo, ainda se encontram bolas de golfe nas lojas - aí sim, poderia declarar alguma coisa apaziguadora, mas nunca no sentido do que disse ontem.

    Mike, e todos, a verdade é o Sporting vai receber o Porto e mais uma vez, sem necessidade nenhuma, lá estamos nós em barricadas a argumentar em torno de uma questão que deveria ser usada para nos unir.

    ResponderEliminar
  27. Juntar um presidente medíocre com um director desportivo medíocre e um treinador medíocre traz grandes danos a um clube.

    ResponderEliminar
  28. Naturalmente, penso que o que está em causa não será a vontade de serenar os ânimos de algumas pessoas. Existem sim diversas formas de o fazer.

    Com o mal do Moutinho posso eu muito bem... Já o mal do presidente (e respectivos antecessores) do meu clube acaba por ser uma coisa à qual não sou capaz de ignorar.

    Neste caso, depois de se ter exagerado na forma como se colocou o jogador num pedestal, exagera-se na forma como se negoceia o atleta com um clube rival e exagera-se no tom com que tal é comunicado... Para depois se vir "louvar"...

    Se Moutinho cuspiu no prato onde andou a comer, parece-me que JEB andou a morder a maçã, cuspiu-a por ser podre e agora foi ao chão lamber aquilo que cuspiu há 4 meses atrás...

    ResponderEliminar
  29. Isto tudo é fruto de erros cometidos, se aprendem com os erros? Veremos...

    Vamos esperar que Não aconteça algo semelhante com Ismaylov.

    Eu acho que o menos culpado disto tudo é os sócios/adeptos do clube, e em ultima analise os que mais sofrem.

    SL

    André Gonçalves
    http://coronelmalagueta.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  30. PLF,

    Não precisas de me tratar por você, já que eu não o faço também.
    Quanto aos teus pontos:

    1 - Nunca fui a favor dessa tal revolução sanguinaria. Isso foi uma idiotice patrocinada por muitos sportinguistas cegos. O que é um facto é que eles tinham que vender Veloso e Moutinho pois eram os unicos que lhes podiam render dinheiro.....e o SCP estava bem precisado de dinheiro.

    2 - ...e esqueceram-se da clausula.

    3 - É muito possivel, sim.

    4 - É aqui que a atitude do jogador conta.

    5 - Esta é a parte especulativa, mas até tem algum sentido se assim for.

    6 - Tentam sacudir um bocado a água do capote para tapar o esquecimento. Percebo-te.

    O que me insurjo aqui, não é tanto pela atitude do presidente. É porque alguns estão a meter a responsabilidade toda em cima dele e a tirá-la do Moutinho.

    ResponderEliminar
  31. A juntar ao que o Hugo Malcato acabou de dizer e a tudo o que o Pedro, Bruno Martins, Leão de Santa Engrácia (consigo perceber claramente essa indiferença pelo João Moutinho e é também esse o plano em que me situo no que ao jogador em exclusivo respeita), a tudo o que os enormes PLF e Bruno Azevedo Rodrigues, João Pedro Varandas, Nuno Moraes Bastos e João Pedro Silva vão dizendo, acrescentaria só que o João Moutinho não deu ao Sporting apenas o aval ao acto de traição que o presidente do Sporting cometeu sobre os sportinguistas e o Clube. Deu muito mais do que isso, bem mais: todo um trajecto desenvolvido dentro do Clube a partir de tenra idade que lhe permitiram chegar a 2010 e mesmo imensamente penalizado pela incompetente gestão desportiva que o Clube faz dos seus jogadores e do seu Futebol ... deixar nos cofres de Alvalade 10 milhões de euros.

    É esta a importância dos Joões Moutinhos para o Sporting, e esta é a prova de que o modelo Sporting funciona e é um modelo vencedor.
    Como o PLF tanta vez diz e a mim pessoalmente fez o favor de educar: é deles que o Clube se alimenta. Ainda que não se use deles para rigorosamente mais nada.
    Como deveria.

    Mike, às vezes questiono-me sobre a justiça de certo tratamento que vamos dando ao presidente do Sporting ou ao grupo que nos últimas quase 2 décadas toma conta do Sporting. Mas às vezes só, porque imediatamente me lembro que ninguém o(s) obriga a lá estar. Tivessem um mínimo sentido do razoável e afastar-se-iam do poder executivo do Sporting pelo seu pé, como seria sua obrigação. Nesta medida ... não acho que devemos fazer esforço para absolve-los. Eles não são nem se confundem com o Sporting.

    JVL, o Sporting está diferente, muito diferente. E sentimo-nos afastados porque ele afastou-se. Talvez um dia o recuperemos, talvez.
    Nós, e não aqueles que se sentem donos de uma coisa que não é sua. No dia em que o Clube se libertar destes gestores de topo mas, no dia em que se libertar também dos grupos expressivos (Juve Leos, AAS´s e outros) que com o seu inegável apoio mas também com a sua pouca capacidade de entendimento das coisas tanto contribuem para o emagrecimento da maior potência desportiva portuguesa, nesse dia estarão muitos dos problemas resolvidos.

    ResponderEliminar
  32. Nós, os "imbecis" que vamos assobiar o Moutinho, não nos esquecemos que o anão foi apanhado a jantar com o PC, ainda o JEB nem era candidato.

    Nós, os "imbecis" que vamos apupar o Moutinho, não nos esquecemos a birra que este fez para sair para o Everton, à qual o Sporting respondeu com um aumento de ordenado, para o pai dele poder andar a brincar às contruções no Algarve.

    O JEB faz muita merda, concordo plenamente, mas quem nos faz pequenos somos nós, os adeptos...só falta irmos a fatima acender uma velinha para desejar boa sorte ao moutinho.

    Espero que o Moutinho não marque em Alvalade, para eu não passar pela vergonha de ver sócios a levantarem-se e a bater palmas.

    Ainda gostava de apanhar o gajo que pegou na mão do Moutinho e o obrigou assinar pelos tripeiros!

    E depois falam de profissionalismo....em Espanha, chamam-se "peseteros"

    SL

    ResponderEliminar
  33. MM,

    O problema do Sporting também passa pela presunção de muita gente...

    ResponderEliminar
  34. Hugo,
    Se essa presunção significar outra coisa que não seja: eu enquanto sócio e adepto do Sporting exigir que o meu clube com todas as ferramentas que tem à sua disposição - que são superiores às dos seus adversários - não me satisfaça com títulos em épocas boas ou prestação aceitáveis em épocas más ... subscrevo essa noção, porque a presunção não é uma qualidade que ajude ao que quer que seja.

    Se significar que devo aceitar que um clube como o Sporting se perca em desculpas, vitimizações e mentiras relacionadas sobre os porquês de não ganhar ... não posso obviamente subscrever.

    ResponderEliminar
  35. E MESMO QUE O MOUTINHO TENHA SIDO UM CABRÃO..

    Mas não devíamos ter lá um presidente COMPETENTE que defendesse os interesses do SPORTING, interesses FINANCEIROS e DESPORTIVOS????

    Não devíamos ter lá um presidente COMPETENTE, que soubesse gerir as birras, as faltas de carácter e de profissionalismo dos funcionários???

    Não devíamos ter lá um presidente COMPETENTE que soubesse defender o Clube nos contratos assinados, que tivesse firmeza e não se vendesse à mais pequena pressão???

    Não devíamos ter um presidente COMPETENTE que soubesse comunicar, que soubesse o que diz e que soubesse estar calado?????

    Porra, quero lá saber do Moutinho, outros casos virão, principalmente com estas políticas medíocres!!!

    Quero é um presidente COMPETENTE que não tenha actos de gestão altamente prejudiciais para o clube!!!!

    Quero é um presidente que seja ponderado, que seja assertivo e transparente!!!

    ESTE DEVIA SAIR O MAIS DEPRESSA POSSÍVEL E DEVOLVER O DINHEIRO TODO QUE GANHOU!!!

    O moutinho que se lixe! não é a última vedeta do meu Clube! mais virão e melhores!!
    Agora este INCOMPETENTE deste presidente não pode mais estar a comprometer o futuro do Sporting!

    ResponderEliminar
  36. MM,

    Quando abordei a questão de presunção, não me quis referir com nenhum desses dois pontos - nos quais penso que estamos alinhados (sim aos títulos e trabalho sério e não a desculpas).

    Quando falei em presunção, referia-me sobretudo à postura moral da parte dos sportinguistas que se julgam senhores e donos da razão e que tudo o mais é incompetência, burrice etc.

    ResponderEliminar
  37. Dezperado,

    Tem razão. Ainda há alguns sportinguistas que são inalienáveis. Esses não precisam de ir a Fátima pôr velinhas, basta-lhes a genuflexão diária. E nem o traseiro e encorajador bafo caloroso dos amigos do FCPorto elimina a convicção de que "estamos no bom caminho"... Nesta mania de pensar as pessoas com capacidade crítica, esqueci-me daquelas que encontram sempre uma boa justificação (nem que seja um pretenso "sportinguismo", tantas vezes apelidado de "verdadeiro") para o injustificável.

    Em Espanha conhecem um jogador em particular como "pesetero". O Luís Figo saiu do Barcelona e foi para Madrid e depois para Milão. Ganhou mais dinheiro e muitos títulos, entre os quais duas Ligas dos Campeões e dois dos três campeonatos a seguir a ter saído. O Barcelona demorou 5 anos a voltar a chegar ao topo. E isto apesar do "pesetero" que lhes tinha custado €1,5M, ter deixado €65M na Catalunha para gastar.

    O Figo está contente. O Real Madrid também pelo prestígio e troféus que alcançou. Os adeptos do Barcelona não... que grande galo!

    ResponderEliminar
  38. Bruno Martins (12:33),
    Subscrevo inteiramente o comentário.

    PLF (12:48),
    Acredito plenamente nessa cronologia dos acontecimentos. Aliás, na altura comentei, penso até que foi no seu blog, que havia erros nos contratos dos jogadores do Sporting que eram inadmissíveis numa instituição como a nossa, basta relembrar o caso do contrato de empréstimo do André Santos. Porém, fico igualmente chocado com o facto de ninguém ser responsabilizado por esses erros ("what happens in Alcochete, stays in Alcochete..."), levando a que depois se venha fazer afirmações completamente incoerentes e figuras indignas e deploráveis para a praça pública.

    MM (14:37),
    "Tivessem um mínimo sentido do razoável e afastar-se-iam do poder executivo do Sporting pelo seu pé, como seria sua obrigação." Mas para isso tinham de ter coluna vertebral e respeito pelo NOSSO Sporting. Eu nesta altura já nem acredito no tão propalado sportinguismo de JEB. Alguém que gostasse do clube não o feria no seu orgulho e dignidade com tantas desfeitas.

    ResponderEliminar
  39. MM,

    Percebo o que queres dizer com isto: "Tivessem um mínimo sentido do razoável e afastar-se-iam do poder executivo do Sporting pelo seu pé, como seria sua obrigação. Nesta medida ... não acho que devemos fazer esforço para absolve-los. Eles não são nem se confundem com o Sporting."

    Dou-te alguma razão, mas agora responde-me a isto. Era com a única alternativa que apareceu que ias lá? Prefiro estes.

    ResponderEliminar
  40. Grande Bruno!

    Completamente de acordo com o teu primeiro comentário…

    Qt ao resto, isto é, a polémica moutinho, já tudo foi dito e muito bem dito. Principalmente aqui pelo Pedro: o moutinho que se f*d*… No sábado, só vou ter olhos para os que equipam de verde-e-branco. São esses que me vão levar ao Estádio, como, de resto, em todos os jogos de futebol que eu assisto ao vivo, hoje em dia. O moutinho vai envergar aquela farpela azul e bege. Sim bege, já q o branco está sujo de corrupção, de tráfico de influências, de jogo de bastidores, de telefonemas abjectos, e o azul manchado com nódoas de fruta, de chocolate e de café com leite. De modo que o moutinho, para mim, era um gde jogador da nossa formação, que capitaneava a SCP sem ter o perfil desejado e, mais tarde (episódio pós Everton) o merecimento, e, presentemente, é um gde jogador adversário, de um rival que detesto… O episódio deste Verão já lá vai e disse o que tinha a dizer na altura devida. Tudo o que disse então, mantenho. Já outros, mostram, mais uma vez, o material gelatinoso de que é feito a sua coluna…

    Desprezo, indiferença para com o Moutinho, e para os restantes jogadores tripeiros. Não lhes desejo mal à saúde, que saiam sem lesões, mas, desportivamente, só anseio que levem 4 ou 5 no pacote… Menos que isso, só me deixa agradado pela conquista dos três pontos e de os ver a sair da minha ‘casa’ de mão a abanar.

    Por incrível e paradoxal que possa parecer, neste desafio em particular, sinto outra motivação extra para me deslocar ao estádio: o insulto… Insulto, sim… irei insultar o velho putanheiro e quem despudoradamente o acompanhe na tribuna de Alvalade. Jamais aceitarei de añimo leve, q o putanheiro corruptor emporcalhe a NOSSA tribuna. Aquela tribuna é nossa! NOSSA! E se putanheiro expert em aconselhamento matrimonial a pais de árb… perdão, gatunos, se lá enta a peida, é pq uma qlq loira platinada o permite.

    VIVA O SPORTING!

    ResponderEliminar
  41. Não dá para meter este gajo na tribuna ao lado do PdC? Tem cabelo branco e tal...

    http://www.youtube.com/watch?v=H1BwT9A9s_k&feature=player_embedded

    ResponderEliminar
  42. Mike,
    No outro dia alguém me dizia qualquer coisa sobre uma opção relacionada com SCUTS e de não sei quem que teve de ir falar com o alcaide de Vigo porque os espanhóis tinham deixado de viajar até Portugal, e a dada altura essa pessoa disse mais ou menos em forma de gozo "eu que sou eu não me ocorria nada melhor?". Lembrei-me logo do Sporting, porque estou-me um bocadinho e positivamente nas tintas para as SCUTS, o Sócrates ou o Passos Coelho mas, é um bocado isso, hoje no Sporting, também, porque mesmo de forma simplista e sem grande esforço podemos quase de certeza dizer que qualquer um de nós faria melhor do que isto.

    Sobre a alternativa, o que ela faria eu não sei Mike, mas sei que nessa alternativa estavam / estão elementos (jovens) de inegável valor que frequentemente fazem os diagnósticos certos. Diagnósticos esses que podemos ir lendo nos sítios por onde vão desenrolando as suas visões.
    Digo mais, olhando agora para trás, sendo isto o máximo que posso fazer porque não me excluo do grupo responsável pelo estado de coisas actual na medida em que não dei o meu contributo para que ele não viesse a acontecer e para que viesse a deteriorar-se ainda mais ... toda a campanha que desenvolveram - desde os mais simples slogans até ao riquíssimo conteúdo do seu programa - teve elementos de qualquer coisa bastante visionária, porque o foco que meteram na ideia de que o Sporting estava a encolher e os sportinguistas estavam cada vez mais afastados do Clube é assustadoramente verdadeira.

    E isto no período Soares Franco - para os mais desatentos como eu - não foi evidente.
    Hoje é.

    ResponderEliminar
  43. Pois eu vou lá estar para assobiar esse profissional fantástico que diz que vibrou com os 6-3, que queria ir pro everton, que atira a braçadeira ao chão e que no fim vai pro porto. Não percebo aqueles que dizem que vão bater palmas!Poupem-me!Espero bem que seja uma merda infernal e que alguém o vire do avesso dentro de campo!

    ResponderEliminar
  44. LMGM:

    Já nem pedia tanto... Bastava que alguém da tribuna 'alcunhasse' o PutanheirodaCosta conforme ele 'alcunhou' o 'gajo que tem cabelo branco' e, principalmente, um verdadeiro simbolo vivo de tudo o que representa, ou deveria representar o SCP: o SENHOR Paulo Gama, aka Paulinho...

    Como ng (na atribuna, claro está) o irá fazer, antes o seu contrário, e td vão fazer para se esquecerem das alcunhas e dum histórico de três décadas de gozo e roubalheira, lá vou eu fazer 500 Km para desanuviar a raiva contida... Enfim, é só mais um impulso, ou pretexto, se quiseres, que me leva a ter a atitude correcta: ver 11 gajos de verde e branco às listas horizontais e de leão rampante ao peito tratar (bem ou mal) a bola dentro dum rectangulo arrelvado (bom ou mau, mas por enquanto natural) de aproximadamente 110 m de comprido por 70 de largo.

    ResponderEliminar
  45. Com orgulho beirão afirmo:

    "Quem não sente, não é filho de boa gente"

    ResponderEliminar
  46. Não consegui ler os comentários anteriores por manifesta falta de tempo e porque mais uma vez adivinho gente a favor e outros contra JM.
    Uma coisa tenho a certeza - JEB não é Presidente para o nosso clube. Tanta incompetência não deveria ser remunerada. Acresce que, numa situação como esta deveria haver uma vaga de fundo que provocasse a sua saída antes do período regimental. Quanto mais tempo lá ficar mais o clube sofrerá e os adeptos deveriam ter uma palavra a dizer contra ele e não contra alguém que já não pertence ao clube.

    Pelas suas últimas palavras presumo mais uma vez que ele respeita mais o Papa do Norte do que os seus associados.

    Sem forças para rugidos

    ResponderEliminar
  47. Virgilio,

    Estou contigo nesta: "Bastava que alguém da tribuna 'alcunhasse' o PutanheirodaCosta conforme ele 'alcunhou' o 'gajo que tem cabelo branco' e, principalmente, um verdadeiro simbolo vivo de tudo o que representa, ou deveria representar o SCP: o SENHOR Paulo Gama, aka Paulinho..."

    Fosse eu presidente e esse gajo não se sentava na tribuna.

    ResponderEliminar
  48. PLF

    Esclaressa-me só uma coisa, o porquê de ter posto o seu blog privativo??? Não me diga que era dificil apresentar as suas ideias sem ser insultado??? Não conseguiu lidar com a pressão??

    Imagine que em vez de um blog, voce era presidente de um clube. Como é que iria fazer??? Barrar a entrada aos "terroristas"????

    Em relação às opiniões dos "verdadeiros" Sportinguistas, apenas dou a minha, não me acho mais ou menos que os outros que aqui comentam, nem me acho o DONO DA RAZÃO.

    SL

    ResponderEliminar
  49. Dezperado,

    para ser totalmente franco, o meu blog é privado por 3 razões:

    (i) porque tenho o direito e a capacidade de escolher os meus interlocutores e, entre eles, não quero ver quem não saiba conjugar o verbo esclarecer;

    (ii) porque aqueles que se apelidam de "verdadeiros sportinguistas" (quais sejam, apoiantes de JEB, revolucionários ou simplesmente iletrados) não merecem ter a possibilidade de partilhar algo que me dá trabalho a fazer e que poderiam aproveitar sem qualquer mérito e criticar sem ter qualquer capacidade crítica; e

    (iii) por ser precisamente por pretender ter paz de espírito que não quero publicidade, não tenho - ao contrário de outros... - quaisquer pretensões a um qualquer cargo no Sporting e não quero utilizar as (minhas) ideias expostas no (meu) blog para qualquer outro objectivo que não seja o de documentar a evolução da minha própria opinião.

    Esclarecido?

    Se fosse presidente do Sporting saberia que poderia contar consigo mas esforçar-me-ia para que, num jogo da Taça de Portugal contra o Paços de Ferreira, estivessem mais de 9.000 adeptos.

    Sei lá, talvez me preocupasse menos com os terroristas e mais com a razão pela qual cada vez menos sportinguistas vão ao estádio e acreditam menos na equipa. Mas isso sou eu.

    Se calhar o que é importante é mudar de discurso conforme as conveniências, ter a lata de mentir descaradamente para esconder a própria incompetência e continuar a bater recordes negativos pelo clube, ao mesmo tempo que se empobrece o seu património. Vai na volta e quem consegue acumular estas características é que é "DONO DA RAZÃO".

    ResponderEliminar
  50. PLF,

    Concordo consigo em grau, número e género.

    O facto de fazermos crítica não nos deve retirar/reduzir a categoria/importância de ser "bom sportinguista".
    Um ser acrítico, seja em que matéria for, não pode dizer que tem mais amor àquilo que defende do que o outro que aponta caminhos no sentido da melhoria daquilo que ama.

    O que mais nos faz sofrer, no meio de tudo isto, é ver a família leonina desunida e o maior contribuidor dessa desunião ainda ser pago para o fazer.

    SL

    ResponderEliminar
  51. "Se fosse presidente do Sporting saberia que poderia contar consigo mas esforçar-me-ia para que, num jogo da Taça de Portugal contra o Paços de Ferreira, estivessem mais de 9.000 adeptos.

    Sei lá, talvez me preocupasse menos com os terroristas e mais com a razão pela qual cada vez menos sportinguistas vão ao estádio e acreditam menos na equipa. Mas isso sou eu. "

    Esta é também uma das minhas principais preocupações.

    Ver os mais variados discursos e intervenientes preocupados em detectar e apontar o dedo aos descontentes em vez de se ter a honestidade e humildade de admitir que as coisas estão mal e que não é por existirem pessoas que não gostam de determinado rumo que são culpadas pela situação a que este mesmo rumo nos trouxe...

    Contudo, importa também pegar no comentário do Dezperado, pois existem de facto diversas facções que se assumem como os verdadeiros sportinguistas e senhores da razão. Sejam eles, situacionistas, oposicionistas, cordeirinhos, terroristas, entre todos os outros rótulos colocados hoje em dia aos diferentes sportinguistas...

    ResponderEliminar
  52. Hugo, só alterava uma pequena coisa no teu comentário, ficando o resultado final "...entre todos os outros rótulos colocados hoje em dia por sportinguistas aos diferentes sportinguistas..."

    A guerra fraticida está para lavar e durar, no final se verá o que sobra.

    ResponderEliminar
  53. Hugo Malcato,

    Há muito que digo que é preciso uma ideia para o Sporting. Sugeri uma ideia que, quanto a mim, é estruturada em torno dos valores que aprendi a reconhecer no Sporting: valores como o desportivismo, o ecletismo, a superação, a dedicação, o espectáculo, a formação pelo seu intrínseco valor social, o respeito pelos adversários, entre outros, os valores que formam uma Cultura Sporting. Não são apenas "expressões bonitas" mas um conjunto de princípios orientadores de medidas programáticas e participadas, em que se rejeitaria - por exemplo - o modelo do nosso amigo portista de procurar a vitória a qualquer preço.

    JEB deu o mote e o Costinha a estocada final e hoje o Sporting está descaracterizado. Está descaracterizado naquilo que é mais importante que são os seus princípios. Em vez de desportivismo e de respeito pelo adversário temos um odiozinho pelo Benfica que só nos empobrece. Em vez de uma cultura de ecletismo, em tudo o que isso poderia gerar em sinergias, tem-se uma cultura de sobrevivência. Em vez de uma cultura de formação e de dedicação, o Sporting tem uma estrangulado a sua base social de apoio, encaminhado todos os recursos para a competição profissional, isolando e nem sequer compreendendo o que pode acrescer valor. E em vez de uma cultura de mérito, temos uma cultura de desresponsabilização. Neste campo, no campo da desresponsabilização, estamos muito bem.

    Para o bem ou para o mal, os sportinguistas estavam relativamente unidos com a eleição de JEB. Ninguém preveria este descalabro. E exemplo disso foram os 37.500 espectadores na pré-eliminatória do jogo com o Twente, em Julho. Mas a coisa já tinha começado mal, com cânticos indignos na tomada de posse e com uma pífia reacção à invasão da nossa academia em Alcochete. Desde então, há sempre muito mais responsáveis externos a quem decide (desde a história do clube que tentam reescrever à malfadada "sorte") do que internos e quando há o reconhecimento de um erro, ficam as consequências por retirar.

    O Sporting precisa de ideias. Não precisa mais de desculpas. E, sobretudo, não pode conviver mais com a desresponsabilização: qualquer acto deve ter uma coerência interna e externa, deve poder entender-se como parte de uma estratégia comunicada e sufragada pelos associados. O que JEB fez ontem novamente é a negação da existência de uma estratégia.

    ResponderEliminar
  54. Mike,

    http://www.sportingapoio.com/a-arvore-dos-frutos-podres-cronica-de-pedro-da-cunha-ferreira-para-sportingapoio-com/

    Agora, se quisermos integralmente compreender e desmontar o padrão de que esse texto fala precisamos de ler o que alguém como o PLF nos tenta dizer, quando ele o faz da forma mais clara, completa e verdadeira possível: demonstrando.

    Isto não serve para fazer publicidade, serve somente para dizer que as respostas andam por aí, e com o juízo no sítio certo não é preciso muito para nos educarmos sobre aquelas que deverão ser as nossas opções. Opções essas que são independentes do rosto que as abrace.
    Se eu consigo lá chegar, qualquer um consegue, e olhe que não me tenho em menor conta daquela com que me vejo.

    Saibamos tomar as opções certas, daqui a 6 meses, 1, ou 2 anos. É só o que desejo. Se essas opções estiverem escarrapachadas no espírito do Dezperado, óptimo, com agrado vê-lo-ei como o meu novo líder.

    ResponderEliminar
  55. PLF,

    Salvo pequenos pormenores, do ponto de vista ideológico, estamos alinhados - por mais que as nossas quezílias pontuais o possam contrariar.

    Com isto, quero dizer que concordo que haja uma estratégia, uma responsabilização, coerência, atitudes, valores e sobretudo, respeito pelos sportinguistas e preocupação com aquilo que os faz identificar-se com o clube - agora cada vez mais o inverso, ou seja, aquilo que os está a afastar do clube.

    Entendo também que é relevante que as pessoas pensem que não têm razão em tudo e que por vezes o tom utilizado não é o mais correcto. E isto pode ser apontado a toda a gente, inclusivamente a mim.

    SL

    ResponderEliminar
  56. JEB não tem perfil para ser presidente do Sporting.
    No caso JM teve e continua a ter atitudes com as quais não concordo.
    Nunca fui das que acharam João Moutinho era o jogador certo para ser capitão. A partir do jogo no Algarve em que ele afirmou que queria sair...para mim era um jogador a prazo a quem deveria ter sido retirada a braçadeira.
    Quanto à recepção a João Moutinho...que não seja amável não me choca nada, mas que seja ao estilo do Sporting. Até nisso devemos manter as diferenças.
    A única coisa que lhe desejo e do fundo do coração é que saia de Alvalade com uma derrota e se possível provocada por ele ou pelo menos com a sua ajuda.
    Oxalá se concretize.

    ResponderEliminar
  57. PLF

    Mais grave que o afastamento dos sócios do Estadio de Alvalde, é o afastamento dos proprios sócios, é a desunião com que hoje vivemos no clube.

    O JEB tem culpa, muita, mas os rotulos que hoje se utilizam para classificar os vários tipos de Sportinguismo, não foi só o JEB que criou. Foram os adeptos, nos nossos debates, nas nossas trocas de opinião.

    Assim como você não gosta que lhe atribuam o rotulo de "visionário", e na minha opinião com razão, os que não atacam o JEB de forma severa não gostam de ser apelidados de "verdadeiros" Sportinguistas. Antigamente eram os "cordeirinhos" e os "terroristas". Aonde é que isto nos leva? Sinceramente não sei.

    Não é porque os que defendem o Moutinho, são os donos da razão, nem os que o passaram a odia-lo são os iletrados.

    Cada um tem as suas convicções, as suas ideias, umas mais validas que as outras.

    Pegando numa das frases que costumo ler aqui do LMGM, que gosto muito, isto é a "guerrilha nas trincheiras".

    Resumindo, a assobiar ou a bater palmas, importante é ganharmos aos tripeiros.

    SL

    ResponderEliminar
  58. MM.
    Não sei se quem leu o que escrevi tem o mesmo entendimento mas a crónica a que aludes faz uma interpretação muito próxima da que fiz. Vale o que vale.

    ResponderEliminar
  59. Caro LDA

    (Re)leio com agrado as suas crónicas. Concordo ou discordo numa base casuísticas, embora a tendência seja para, globalmente, concordar.

    Creio que a crónica está correcta e a tónica também. Os meus parabéns.

    Efectivamente, seria esta a conduta que gostaria de ver sempre espelhada, espaldada, contudo, na defesa prévia e consequente da Instituição.

    Creio que perdemos demasiado tempo a discutir jogadores, com isso desviando a nossa concentração de outros aspectos mais importantes.

    De há alguns anos para cá, os jogadores são profissionais. Têm carreiras, interesses desportivos (próprios) e interesses económicos a acautelar. Uns fazem-no bem, outros menos; é um facto.

    Face a esta nova realidade, aos clubes compete criar condições apelativas para a manutenção dos seus profissionais, para o seu desenvolvimento e, em caso de mudança, assegurar a salvaguarda dos interesses dos próprios clubes.

    A nós adeptos compete-nos olhar para o clube, gostar do clube, mais do que os profissionais que os servem. Moutinho foi profissional em campo, mas não foi leal ao clube. Contudo, numa óptica profissional essa lealdade é relativa. Há mais marés que marinheiros e há mais Moutinhos. Acima de tudo, há mais Sporting. Porém, é preciso que se defenda o Sporting. A tese da maçã podre foi (senti-o pessoalmente) ofensiva. Senti que ofendiam a minha inteligência e o meu discernimento.

    Como dizem os espanhóis, o porto meteu-nos um golo. Encontre-se as explicações que se quiser para isto. Contudo, não esqueçamos que Moutinho saiu. Mal. Que faça a sua vida, que ao Sporting já não diz nada. Bolas de golf são inadmissíveis. Cânticos não fazem o meu estilo (mas não me incomodam).

    Porém, quem semeia ventos para se desresponsabilizar, não deve exibir espanto ou contragosto quando colhe tempestades. Este ponto é que incomoda: a necessidade de desresponsabilização e a tentativa quase ingénua de conter o dano a posteriori.

    Que o Sporting ganhe, com Moutinho em campo, e que não mais necessitemos de teorias sobre maçãs, porque soubemos cuidar do pomar em tempo e bem. E, por último, se tivermos de vender anéis para conservar dedos, que tenhamos a elevação Sportinguista de o dizer, não contribuir para tal facto, assim como o bom senso e o engenho de impedir que no futuro a situação se repita.

    Acima de tudo, saibamos pensar e: concordar / discordar, apoiar / opormo-nos, mas esqueçamos as inimizades entre Sportinguistas. Somos todos diferentes, e ainda bem. Que cada um faça o melhor que pode, se e quando pode e que coloque nesta questão os interesses do Clube em primeiro lugar, porque o Sporting precisa de ser bem tratado.

    Abraços

    ResponderEliminar
  60. É em tom de fina ironia que o Leão de Alvalade diz que "Um presidente do Sporting fala assim", por contraponto às múltiplas diatribes deste senhor que se senta na cadeira de presidente desde que iniciou este já longuíssimo mandato.

    A sua postura e incoerência fazem dele um dos maiores focos de desordem e confusão no clube, ao invés do que deveria ser, alguém em quem os sportinguistas se revissem e se sentissem representados. Não nego que houve coisas que melhoraram ao nível das outras modalidades e na organização interna do clube, mas no futebol, que é o motor e a modalidade de maior exposição pública, JEB tem falhado estrondosamente, fruto da falta de conhecimento, experiência e bom senso. A juntar a tudo isso esquece frequentemente a história e os valores do clube que devia respeitar.

    Dir-me-ao alguns, mas se ele sai é o caos, pois a banca exigirá tudo, porém, parece-me evidente que se ele continuar "não se morre da doença, morre-se da cura". Todavia, estou convicto que ele vai sair.

    Depois dele, percebo que poucos com competência, experiência e saber queiram arriscar a sua carreira, a sua privacidade e a vida que têm levado até aqui pelo Sporting, até porque se suspeita que, sem maquilhagem, as contas do clube sejam ainda mais assustadoras.

    Além disso, o lugar é exigente, depois da navegação à vista impõe-se que seja alguém com um rumo claramente definido para o clube e não apenas para os credores do clube, alguém que não esteja disposto a tornar-se cúmplice dos fccorruptos e slbandidos, alguém que de forma apaixonada (como se impõe a um verdadeiro adepto) lute pelo seu clube em todas as frentes, contra tudo e todos os que lhe querem mal, com voz firme e elevada. É difícil? É, mas se assim não fosse não tinha graça.

    "Is There Anybody Out There?"

    ResponderEliminar
  61. Até Quando?
    Gabriel O Pensador
    Composição: Gabriel o Pensador; Itaal Shur; Tiago Mocotó

    Não adianta olhar pro céu com muita fé e pouca luta
    Levanta aí que você tem muito protesto pra fazer e muita greve
    Você pode e você deve, pode crer
    Não adianta olhar pro chão, virar a cara pra não ver
    Se liga aí que te botaram numa cruz e só porque Jesus sofreu
    Num quer dizer que você tenha que sofrer

    Até quando você vai ficar usando rédea
    Rindo da própria tragédia?
    Até quando você vai ficar usando rédea
    Pobre, rico ou classe média?
    Até quando você vai levar cascudo mudo?
    Muda, muda essa postura
    Até quando você vai ficando mudo?
    Muda que o medo é um modo de fazer censura

    (Refrão)
    Até quando você vai levando porrada, porrada?
    Até quando vai ficar sem fazer nada?
    Até quando você vai levando porrada, porrada?
    Até quando vai ser saco de pancada?

    (Repete refrão)

    Você tenta ser feliz, não vê que é deprimente
    Seu filho sem escola, seu velho tá sem dente
    Você tenta ser contente, não vê que é revoltante
    Você tá sem emprego e sua filha tá gestante
    Você se faz de surdo, não vê que é absurdo
    Você que é inocente foi preso em flagrante
    É tudo flagrante
    É tudo flagrante

    (Refrão x2)

    A polícia matou o estudante
    Falou que era bandido, chamou de traficante
    A justiça prendeu o pé-rapado
    Soltou o deputado e absolveu os PM's de Vigário

    (Refrão x2)

    A polícia só existe pra manter você na lei
    Lei do silêncio, lei do mais fraco:
    Ou aceita ser um saco de pancada ou vai pro saco

    A programação existe pra manter você na frente
    Na frente da TV, que é pra te entreter
    Que pra você não ver que programado é você

    Acordo num tenho trabalho, procuro trabalho, quero trabalhar
    O cara me pede diploma, num tenho diploma, num pude estudar
    E querem que eu seja educado, que eu ande arrumado que eu saiba falar
    Aquilo que o mundo me pede não é o que o mundo me dá

    Consigo emprego, começo o emprego, me mato de tanto ralar
    Acordo bem cedo, não tenho sossego nem tempo pra raciocinar
    Não peço arrego mas na hora que chego só fico no mesmo lugar
    Brinquedo que o filho me pede num tenho dinheiro pra dar

    Escola, esmola
    Favela, cadeia
    Sem terra, enterra
    Sem renda, se renda. Não, não

    (Refrão x2)

    Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente
    A gente muda o mundo na mudança da mente
    E quando a mente muda a gente anda pra frente
    E quando a gente manda ninguém manda na gente

    Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura
    Na mudança de postura a gente fica mais seguro
    Na mudança do presente a gente molda o futuro

    ResponderEliminar
  62. Pois é Mike...

    Com um alvo tão justo e igualmente (ou mais) apetecível para quê estarmos tão dispostos a dispersar a nossa ira, por mais uns quantos alvos, ainda por cima não consensuais?

    Não esquecer que sábado o 'inimigo' vem do Porto, veste de azul e bronco e é presidido por um putanheiro corruptor. Isto, jogando, ou não, com varelas e/ou moutinhos.

    Sentir o 'agachamento' de JEB perante o pintelho da bosta: eis o clique que faltava... Se uns se 'agacham', elevemos nós, bem alto o orgulho leonino! Eu vou sábado ao nosso santuário, para sentir novamente esse orgulho na alma. Para sentir a essencia do que é o Sporting: nós, sócios e adeptos comuns, comungar com outos leões o objecto do nosso grande amor e demonstar, uma vez mais, que jamais o deixaremos morrer...

    No sábado, não há nada nem ninguém que nos impeça de celebrar o nosso Sporting, aquele clube pelo qual nos apaixonamos na nossa infância ressurgirá, nem que seja por uma horas... Que assim seja, e que a nossa força transmita força e crença aos rapazes que vão lutar no relvado. E que no fim da noite, estejamos todos um pouco mais felizes e ainda mais orgulhosos. Oxalá.

    Sem temas 'moutinho', 'jeb' ou 'costinhas'. Que se lixem. Sporting, Sempre Sporting! (E o Manuel Fernandes, O 'eterno capitão').

    SL

    ResponderEliminar
  63. Leao de Alvalade,
    As palavras que seguiram o reparo dizem tudo, e subscrevendo o que elas sobre os conteudos do A Norte respeitam mais nao posso do que afirmar mais uma vez a importancia desta tua casa. Ninguem se choque por favor, o Leao de Alvalade autorizou-me ha uma semana o tratamento na 2'a pessoa.
    So espero e desejo que as visoes equilibradas, serias, correctas no entendimento e na forma vao contagiando os sportinguistas, porque o Sporting precisa dessa evolucao: o tempo de fazer escolhas chegara.
    Por essa evolucao passa o esforco que diariamente neste espaco investes, com o selo de qualidade que sempre o acompanha. Julgo que ninguem tera grandes duvidas sobre isto.

    PS, e em claro off-topic,
    Mais uma vez o povo judaico traiu Jesus. Quem diria que ao fim de 2010 (menos) 33 anos a Historia se repetiria? O futebol nunca deixara de nos fazer sorrir ...

    ResponderEliminar
  64. Este blogue, utiliza os 365 dias do ano para criticar o Presidente do Sporting.

    É um direito inquestionável utilizado pelos ilustres membros.

    Ridículo e imbecil é utilizarem um ser execrável como arma de arremesso.

    Alguns distintos pensadores, estarão porventura a torcer por uma exibição memorável desse biltre, de preferência recheada de golos, para no domingo continuarem a sentir-se no Olimpo.

    ResponderEliminar
  65. Carlos:

    Mais ridículo e imbecil do que ler e não saber interpretar o que se lê?

    ResponderEliminar
  66. Muito bom dia caros Sportinguistas,

    Hoje levantei-me com um sorriso na cara, por causa de uns hamburguers mal digeridos por uns quantos jogadores...loool

    MM,

    Compreendo a crónica e concordo com ela, mas o meu lado emocional não me permite receber o Moutinho com indiferença. Vou ter mesmo que o assobiar.

    Quanto ao nosso presidente, percebe-se que não entende muito de futebol, mas se me permites a minha opinião, eu não acho que um presidente do SCP precise de perceber muito de futebol. Precisa é de se rodear de pessoas que percebam.....e aqui está a 1ª falha. Um presidente tem que ter capacidade de gestão financeira, comunicação, motivação e obviamente algum conhecimento do mundo do desporto. Esta é a 2ª falha de JEB: não mede as suas palavras e não percebe muito de desporto, embora lhe reconheça capacidade na area financeira e na motivação.

    ResponderEliminar
  67. Peço desculpa, mas não entendi a frase "Invocar a morte trágica de um atleta que morreu em campo de forma arrepiante, desejar igual sorte a quem quer seja e fazê-lo em nome do Sporting é salpicar de esterco a bandeira de um clube centenário. Mais do que as taças e campeonatos valemos pelos princípios e pelos ideais que representamos."
    Terá acontecido alguma coisa de que não me dei conta?

    ResponderEliminar
  68. Luis:
    referia-me à "ode" preparada para receber o Moutinho.

    ResponderEliminar
  69. Não me digam que havia uma "ode" preparada que iria invocar algum Feher ou outro qualquer jogador que tenha morrido em campo??? Essas claques estão estúpidas ou quê??? Isso é intolerável!!!!

    ResponderEliminar
  70. "Mas se lhe faltava perfil para capitanear a principal equipa do Sporting sobrava-lhe o empenho e a entrega em campo."

    De facto, desde que a transferência para o Everton se gorou e, nos últimos anos de leão, o que mais se lhe reconhece é o empenho e a entrega em campo.

    É uma questão de leitura, interpretação e imbecilidade.

    ResponderEliminar
  71. Carlinhos:
    Ficas desde já avisado que não tolero mais essa tua postura.

    As diferenças de opinião resolvem-se com opiniões fundamentadas e não com insultos, que só revelam falta de argumentos.

    E não me podes acusar de ser intolerante, após reincidires nesse tipo de conduta estúpida no mesmo post.

    ResponderEliminar
  72. Leãozinho:

    Fica desde já avisado que não tolero ameaças e que não admito que me trate por "tu".

    Os insultos estão presentes, sistematicamente, nos seus comentários e nos de alguns ilustres que venera. Mas a esses, nunca vi reparos, porque merecem a sua distinção.

    Não o acuso de intolerante, mas de parcial e presunçoso.

    Dê-se ao trabalho de ler os comentários anteriores e tente não ignorar, nem que seja por uma vez, onde começaram os insultos e as imbecilidades.

    Para terminar, não se perturbe mais com os meus comentários, pela simples razão de não mais existirem.

    ResponderEliminar
  73. Carlos:

    Os insultos a quem faz este blogue, suponho que dirigidos a mim, começaram aqui:

    "Este blogue, utiliza os 365 dias do ano para criticar o Presidente do Sporting.

    É um direito inquestionável utilizado pelos ilustres membros.

    Ridículo e imbecil é utilizarem um ser execrável como arma de arremesso."

    E reincide:

    "Não o acuso de intolerante, mas de parcial e presunçoso."


    Desafio-o a mostrar onde usei de igual tratamento.

    Quanto aos restantes comentários e comentadores não sou responsável por eles e acho lamentável que entre Sportinguistas se usem esse tipo de excessos e intolerância relativamente às opiniões de cada um. É bom perceber onde eles começam...

    Este blogue tem desde o seu início uma postura de respeito para com todas as opiniões e sensibilidades e para que tal continue a existir tenho que exigir o mesmo a quem aqui comenta.

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)