terça-feira, 23 de agosto de 2011

Caso João Ferreira: o show das marionetas

Prosseguiu ontem, com a reunião marcada de urgência pela APAF em Leiria, a mais recente novela do futebol português em que o Sporting se viu envolvido, sem direito a opção ou sequer um simples casting. Para os que estão menos atentos aos episódios anteriores recomendo a leitura dos posts anteriores sobre o assunto: "O caso João Ferreira ou quando as máscaras caem" e a "Hora de soltar o Leão! Ou porque o Sporting está mais forte".

As noticias mais recentes indicam que não há unanimidade no seio da arbitragem,  o que permite entrever um raio de bom senso no seio de uma classe que, ao longo das últimas 4 décadas, se tem portado como simples marionetas nas mãos de quem detém o poder, arruinando por muitos anos a sua própria credibilidade. Que ninguém tenha dúvidas: terá que passar pelo menos uma geração de gente com carácter e impoluta para que o comum dos adeptos aceite sem suspeição os erros inevitáveis dos homens do apito e das bandeirinhas. E como essa renovação ainda não começou a era da suspeição está para lavar e durar e branquear…

Continuando com o que nos dizem hoje os média, a Liga procurará intermediar uma solução para o impasse em que João Ferreira e a sua associação de classe nos mergulharam. A associação de clubes parte, no entanto, fragilizada na sua posição de mediadora deste conflito que, convém lembrar uma vez, é unilateral. Para essa fragilidade concorre a divulgação pública da comunicação feita pelo presidente Fernando Gomes a recomendar maior contenção verbal aos clubes, num nítido tomar partido pela causa dos árbitros e contra aqueles que devia defender. Passaram apenas 2 jornadas e as decisões tomadas em campo, revelando critérios à medida de uns e contra outros, inquinam já a verdade desportiva. Perante o acto injustificado de João Ferreira o mínimo exigível era a condenação pública e não um comunicado pífio. A falta de solidariedade dos restantes clubes – ninguém tomou posição pública, revelando solidariedade, certamente com medo de represálias, mesmo sabendo – diz bem da luta difícil que o Sporting tem que empreender.

Como sócio do Sporting revejo-me num Sporting disponível para se sentar à mesa visando esclarecer a sua posição mas intransigente porque nada tem a negociar. O Sporting tem o direito de achar, pelo histórico, que os árbitros são incompetentes e se os árbitros não gostam que arbitrem melhor, ao invés de se portarem como virgens ofendidas. E quem salta de cama em cama, encostando-se a quem lhes pode favorecer, como têm feito os árbitros ao longo dos anos, não pode vir agora reivindicar tal estatuto.  Essa convicção de incompetência é até insuficiente face ao que representa o sentir de uma enorme maioria dos adeptos, seja de que clube for. Essa censura pública é que deveria afligir os árbitros e que funciona como uma nódoa gordurosa e feia nas camisolas que vestem.

Dito isto espero não só  que o Sporting não recue um milímetro, mesmo que tenha que venha a sofrer retaliações, como se prepare para uma luta que será sem quartel mas tem que ser feita, e só peca por tardia. Chega de desrespeito por uma das instituições desportivas incontornáveis neste País. E nem a nossa menor produção futebolística nos deve tolher porque aquela não pode ser dissociada do que aconteceu logo na primeira jornada e o que vem acontecendo nos campos onde jogam os nossos adversários, onde a vergonha continua. Nesse sentido só posso ter como ingénuas o contentamento geral pela arbitragem de Fernando Martins em Aveiro. Não só o processo que conduziu à sua selecção é mais do que dúbio, assim como também, e perdoando algumas minudências, as decisões tomadas durante o jogo não revelaram os mesmos critérios que beneficiaram alguns concorrentes. Basta ver o lance do Hulk, nas Antas e o de Wolfswinkel em Aveiro.

Custa-me ter que me referir assim a um sócio cinquentenário mas Vitor Pereira, peça incontornável em todo este processo, tem-se portado como uma marioneta. Na sua condição de Sportinguista que, ao que julgo saber, foi proposto pelo seu progenitor, o que lhe pedíamos era isenção. Tão só. Ao invés, o que lhe temos visto é o papel de homem de mão de interesses que não só colidem como são hostis aos do nosso clube. A sua posição face ao sucedido é um contraste gritante como o que fez num passado recente. O apoio público a João Ferreira é não só contra o bom senso como contra o direito, com muito bem lembra Manuel Meirim. Sei bem que o Sporting surge aqui como peão de brega na disputa pelo poder que as próximas eleições representam no futebol português. Fechar os olhos à humilhação a que nos querem sujeitar é renunciar ao compromisso mínimo que qualquer adepto, mesmo que muito distante, não pode prescindir. Como presidente do Conselho de Arbitragem demitiu-se já ao descartar o problema para a Federação.

Não termino sem tocar dois pontos sensíveis.

Saúdo o regresso de Dias da Cunha à luta, ele que bem sabe do que estamos a falar, parafraseando Octávio. Mas achei infeliz a referência a Nolito, porque para além de não concordar com o essencial, não esqueço que, com mesmo critério que o espanhol beneficiou, Postiga já teria um golo e, sobretudo, não estaríamos  nem na mesma posição na tabela classificativa e sobretudo tão pressionados.

Por outro lado lamento os timings de Bruno de Carvalho, assim como também as suas declarações. Não que não ache pertinente a análise ao fundo recentemente criado e que não lhe reconheça o direito a pronunciar-se sobre o clube, como sócio que é. Mas lamento que pouco ou nada tenha a dizer sobre a questão candente da arbitragem, quando o seu clube está sobre um ataque inédito e cerrado, ficando-se por um anémico "Não me parece caso para tanto alarido, para boicotes ou para reuniões sobre o assunto, (…)". Um erro de perspectiva pensar que se pode ficar pelo acento tónico na gestão de Godinho Lopes, retirando dividendos do mau momento desportivo e esquecer-se de sair a terreiro contra quem ataca o Sporting. Na devida altura alguém se encarregará de lhe lembrar...

Em anexo segue o comunicado da A.A.S., que pode ler, clicando em cima das imagens:

27 comentários:

  1. LdA,

    Não sei até que ponto os elogios de Dias da Cunha a Nolito não terão sido descontextualizados. Aliás, assistimos diversas vezes a comentários do ex-presidente carregados com alguma ironia pelo que não seria a primeira vez que a mensagem a passar seria algo como:

    "Os outros lá têm um espanhol que vai marcando uns golos e vai resolvendo os jogos e por isso não têm os nossos problemas".

    SL

    ResponderEliminar
  2. LdA, como a maéria do post coincide, copio para aqui o comentário que deixei no Bancada Nova do PLF:

    Para mim é clarinho que houve premeditação (pelo menos do CA da LPFP com APAF) em toda esta situação.

    Para além do que tu já referiste, que já não é pouco, deixa-me acrescentar o seguinte: depois do escandaloso trabalho realizado pela equipa do Carlos Xistra, onde erraram os três elementos da equipa de arbitragem, excluo o 4.º árbitro que, como se sabe, apenas serve para levantar as placas de substituição e de minutos de compensação e, em raros casos, para comentar imagens de televisão com jogadores do banco sobre lances polémicos… Remember? Recordam-se de um Vitória de Guimarães – Benfica, onde um 4.º árbitro foi acusado de comentar um eventual penalty que favorecia uma das equipas em contenda? E quem era esse 4.º árbitro… Exactamente, sem tirar nem por: João “pode ser” Ferreira.

    Dizia eu, que depois do trabalho miserável de Xistra, Cruz e Cardinal, em que foi unanimemente considerado o enorme prejuízo do SCP, quem é que o CA da Liga nomeia? João Ferreira, um dos árbitros mais mal quistos em Alvalade. Pior só mesmo o Duarte Gomes, mas como os acontecimentos entre o SCP e este árbitro estão ainda muito fresco na memória, já para não falar na sua tardia confissão de condição lampionesca neste Verão, o CA (o banana do Vítor Pereira não estava na Escócia?...), nomeou o João Ferreira. E, reparem, depois do Cardinal enquanto árbitro assistente, nomeia-se o Pais “Ferrari” António, outro elemento do trio liderado por Lucilio num dos jogos mais traumatizantes para a nação leonina (erro crasso e de enorme ignominia para a arbitragem) … Qual é o bom-senso desta nomeação? Nenhum. O que se pretendia era provocar o SCP. O que se pretendia era que o SCP reagisse contra a afronta e assim, poderem foderem-nos (desculpem-me o francês) logo do início o campeonato (qd após uma revolução no plantel a equipa tenderá a render menos). Toda a sucessão seguinte já está explicada no teu post. A APAF tinha a estratégia delineada, apenas precisava duma CI do SCP, que sabiam iria realizar-se na 6.ª feira (foi convocada a CS por GL), para terem a desculpa. Mas o burro, do João Ferreira já tinha feito merda, precipitou-se, baseado numa noticia que carecia de qlq credibilidade do rascord. (que como o PLF defende, é bem capaz de ter participação igualmente na tramóia… Não custa acreditar, tendo em vista as posições do jornal e dos seus jornalistas / comentadores e as ligações do grupo COFINA com um dos principais beneficiário, depois do fcp, no prejuízo do SCP)

    Tanta coincidência junta? Acredita quem quiser… (cont.)

    ResponderEliminar
  3. Por fim, a bipolarizarão do futebol em Portugal, já está em marcha há mt tempo, com os sócios da APAF a serem um dos seus gdes instrumentos. Este episódio só veio clarificar ainda mais esta situação. Isenção da arbitragem? Eh pá, não nos façam de parvos, nem é preciso recuar para épocas passadas, basta ver o que têm sido os jogos desta 2 jornadas para fazer uma mini avaliação dessa tal da isenção… Nos 6 jogos dos chamados 3 grandes: não há um lance em que fcp e slb se possam queixar… já os adversários desses dois têm casos e mais casos a apontar (e GRAVES). Nos dois jogos do SCP, o primeiro, apitado por uma equipe de arbitragem controlada pelo famoso Xistrema foi a vergonha que se viu e no segundo, que foi apitado por um árbitro completamente alheio à APAF, não há, ao fim de seis jogos, nada a apontar… Mais uma vez são apenas coincidências, com certeza.

    Não hajam dúvidas de que esta luta é mais do que justa, e vencê-la, contra tudo e contra todo o status quo existente à longos anos é vital para o SCP. Esta é a nossa oprotunidade e, só UNIDOS é que teremos hipótese em vencê-la.

    Desculpa a extensão do comentário mas o poder de síntese “não me assiste”… ;)

    SL

    PELO SCP, SEMPRE!

    P.S. - Não podemos ter um destes (dos pcs corajosos) a apitar-nos todas as semanas?


    http://rr.sapo.pt/bolabranca_detalhe.aspx?fid=73&did=169530

    ResponderEliminar
  4. davy:
    Atenção ao Maritimo !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  5. Virgilio,

    O meu post também já ia longo e por isso já não pus as declarações do Luís Rodrigues

    ResponderEliminar
  6. Hugo,

    pode ser. O que ouvi na rádio não gostei e pensei no imediato no que escrevi no post.

    ResponderEliminar
  7. Virgílio, comentário muito bom! Aproveito para referir que esta é também uma oportunidade única de os Sportinguistas se unirem em torno da equipa, da direcção, enfim do SPORTING! Com essa união, podemos ir muito longe porque somos fortes! As vezes basta uma causa comum para haver uma união forte. É assim que se ganham campeonatos

    ResponderEliminar
  8. LdA,

    A posição dos árbitros extremou-se, resultado de uma estratégia dificil de entender e com um argumentário muito frágil.
    O papel de virgens ofendidas não cola bem a tais personagens.

    Ontem, tivémos um ataque bem mais violento que o nosso - Vitória de Setúbal - e até agora ainda não vi nenhuma reacção, pelo que se pode concluir que o ataque é mesmo contra o Sporting.

    Se o que sucedeu no passado fim de semana tiver continuidade, o que é que vamos perder? O não estarmos sujeitos a arbitragens manipuladas? O termos possibilidade de voltarmos ao futebol puro e simples?

    Acho que nada temos a perder, pelo que não devemos recuar nem cair em esparrelas de reuniões com APAF e/ou Liga, que permitirão a estes elementos aparentar um poder que de facto não possuem e pior, ainda, ganhar espaço para acções de manipulação da opinião pública.
    Não foi por não arbitrarem que não se realizou o jogo de Domingo, nem deixará de realizar qualquer outro jogo.

    Se como suspeitamos os 25 árbitros são uma pequena elite controleira, existirão dezenas de prejudicados que ansiarão por poderem ter o seu momento de glória, como foi o caso do Idalécio no domingo passado.

    Devemos reafirmar o nosso manifesto e fazer enfoque que o que passa a nível da arbitragem se deve à total incompetência dos seus agentes.

    Face a esta posição, ou a APAF e o Vitor Pereira admitem este facto e se avança com a nossa proposta, ou então contra-argumentam que tal não é verdade, mas aí estarão implicitamente a admitir que tudo é propositado, como nós adeptos suspeitamos.

    Fulcral neste processo é ver o que os vizinhos do Colombo iráo fazer.

    Trata-se de uma oportuidade única de evoluirmos no sentido positivo
    Ab

    António

    ResponderEliminar
  9. Há aqui um pormenor que me transcende.

    O que é que o Sporting tem que ver com a recusa do árbitro apitar? Porque raio vamos agora a uma qualquer reunião patrocinada pela Liga, conversar com a APAF?

    Nunca, jamais, em tempo algum, colocaria os meus pés em tal reunião, excepto se fosse acompanhado pelos representantes dos outros clubes mas como já lá está a Liga que é quem representa os clubes acho inútil a presença individualizada do Sporting Clube de Portugal, SAD.

    Parece de somenos importância mas o árbitro também faltou a um jogo do Beira-Mar, de novo porque é que não é convocado o seu representante?

    Ou então se quiserem falar com quem percebe do assunto à bruta chamem este :

    "O presidente do FC Porto queixou-se hoje da arbitragem de Carlos Xistra no desafio de segunda feira em Guimarães, da sétima jornada da Liga de futebol, e espera por explicações de Vitor Pereira, líder do setor.

    “O senhor Vítor Pereira diz que falou (sobre arbitragem), mas que não foi por pressão do Benfica. Que à 10ª jornada vai falar. Vou estar atento para ver o que vai dizer sobre esta arbitragem (em Guimarães) e vou estar também atento para ver se este árbitro (Carlos Xistra), a exemplo do que aconteceu com o (Olegário) Benquerença, vai ter férias ou não ou se vai ser premiado com novo jogo”, disse, à Rádio Renascença.

    Pinto da Costa referia-se aos comentários de Vítor Pereira sobre o desafio Vitória de Guimarães-Benfica, da quarta jornada da Liga. e, então, deseja que o presidente da Comissão de Arbitragem tenha procedimento idêntico quanto à visita dos “dragões” à Cidade Berço.

    “Que aproveite para nos explicar como um árbitro de Castelo Branco para um jogo da associação de Braga tem um árbitro auxiliar de Braga, que, por acaso, o ano passado nos anulou, conforme toda a comunicação social disse, dois golos limpos com o Paços de Ferreira”, desafiou.

    E concluiu: “Não vou analisar, nem dizer nada. Fico à espera que o ‘expert’ de arbitragem Vítor Pereira venha explicar esta arbitragem e a nomeação desse árbitro auxiliar”.

    No final do embate de quarta feira, o treinador do FC Porto também já se tinha queixado da arbitragem de Carlos Xistra, falando de uma alegada grande penalidade não assinalada a favor dos “dragões” e de um segundo amarelo “um pouco forçado” a Fucile, expulso aos 79 minutos."

    Ia ser uma reunião e pêras, ups lá estou eu a falar de fruta...

    ResponderEliminar
  10. LdA,
    como sócio do Sporting não me revejo em qualquer disponibilidade para nos sentarmos à mesa e esclarecer seja lá o que for.
    Não temos de andar a aturar caprichos de quem está neste processo, manifestamente, de má fé.
    O resultado duma reunião dessas seria um artifício, mais um, que nos quereria fazer acreditar ingenuamente que no resto da época a vingança mesquinha não estaria sempre na ponta do apito.
    Fizeram a cama, deitem-se nela.

    ResponderEliminar
  11. Um aparte que nos ajuda a perceber a coerência desta gente: ainda não há muito tempo, este João "pode ser o João" Ferreira não foi um dos fura-greves numa greve de árbitros que teve lugar na Escócia?

    ResponderEliminar
  12. Comovamos resolver isto com os árbitros:

    Parte I

    http://www.youtube.com/watch?v=crH_9S0lHVA&feature=youtu.be

    Lindo!!!

    ResponderEliminar
  13. Parabéns, excelente texto.É hora de união dos sportinguistas. Está na altura de TODOS os sportinguistas estarem ao lado da equipa - neste momento que outros nos impõem um luta para a qual em nada contribuí-mos - da direcção e dos restantes Orgãos Sociais. Aqueles que dizendo-se grandes sportinguistas, e nesta hora difícil, não digam presente na defesa do Clube, não contem com o esquecimento futuro dos sócios! Estou, também, totalmente em desacordo com quaquer reunião entre o Sporting e os árbitros. O nosso Clube reclamou com a equipa de arbitragem de xistra, assim como grande parte dos clubes da 1º 2º e 3as Ligas! Anteriormente villas-boas criticou arbitragens, LFVieira foi queixar-se ao M. Amn.Interna e apelou ao ao boicote dos adeptos a jogos fora do Benfica(não os estou a criticar, cada um defende os seus interesses) e...Nada aconteceu! O Sporting é o bode expiatório! Está na altura de mostrar-mos aos apitadores que não somos o elo mais fraco! Saudações Leoninas.

    ResponderEliminar
  14. Visigordo,

    antes de mais é uma honra ter alguém tão ilustre de novo por aqui. Estou certo que além de mim muitos dos meus amigos que aqui escrevem que partilham da minha satisfação.

    A resposta serve também para o LMGM e Amendes, que abordaram o mesmo tema:

    Como digo no post não sou a favor de qualquer negociação da nossa posição nesta matéria e por isso não me repugna que o Sporting se sente à mesa, como de resto aconteceu já hoje, para dar conta da sua posição e dar a conhecer o que pensa sobre a matéria, tendo em conta a conferência de imprensa da passada sexta-feira.

    Se o Sporting quiser fazer vingar as suas ideias não se pode negar a sentar à mesa. Temos do nosso lado a razão moral e a força dos regulamentos, não vejo como não possamos fazer render essa superioridade em nosso favor.

    Abraço

    ResponderEliminar
  15. LdA, não ouvi de ninguém oficialmente que há um qualquer bloqueio dos árbitros a jogos do Sporting. Ainda menos quais seriam as suas razões.

    Factualmente, o cabo raso Ferreira faltou à sua convocatória por motivos psicológicos. Pergunto, o que é que o Sporting tem que ver com isso?

    O conselho de arbitragem, não conseguiu substituto e não apresentou razões oficiais para esse facto.
    Pergunto, o que é que o Sporting tem que ver com isso?

    Nem a Liga teve capacidade para fazer aquilo que Sporting, Beira-Mar e todos os outros clubes profissionais lhe pagam principescamente. Organizar na sua plenitude e segurança um jogo de futebol em Aveiro.

    Pergunto, o que é que o Sporting tem que ver com isso?

    Tanto quanto eu oficialmente sei, ninguém imputou qualquer responsabilidade ao Sporting (individualmente) nestes factos.

    Vou dar cobertura a cobardes que nem a verdade ou a cara sabem dar pela sua opinião e sentar à mesma mesa? Discutir o quê? Os problemas psicológicos e/ou psiquiátricos do Ferreira? A odontologia do Proença? O par de proeminências frontais do Gomes?

    Estar presente é assumir culpa (seja lá ela qual for) e que em algum momento fizemos/tivemos actos de pressão sobre os agentes da arbitragem dignos de repulsa, como por exemplo agressões em pleno estádio durante o decorrer de um jogo.

    A marioneta que chefia a APAF vem hoje falar de um ambiente hostil produzido por TODOS os clubes, de um regulamento aprovado por TODOS os clubes e só o Sporting é boicotado e chamado para conversinhas?

    Para ter a mínima suspeita que aquilo que se está a passar envolve o Sporting, uma vez que os cobardes directamente não o dizem, teria de ver repetida em vários jogos a escusa psicológica de diversos jogos onde intervenha o Sporting existindo assim esse elemento comum.

    Neste momento só estaria disponível para analisar eventuais pedidos indemnizatórios ao organizador da competição e terceiros envolvidos naquilo que ocorreu no passado fim de semana.

    ResponderEliminar
  16. Li agora que Godinho Lopes esteve em reunião com o porco imundo e amante da fruta da APAF.
    Erro Crasso de Godinho Lopes.
    O SCP não podia nem devia se sentar à mesa com aquela gentalha.
    A Liga e FPF que descalçassem a bota...

    ResponderEliminar
  17. Esta coisa de não existir unanimidade é para inglês ver. Dão a entender que estão desavindos, mas prontos para apaziguar. Domingo aparece um e depois tudo se esquece...O que eles sabem já nós nos esquecemos...O Sporting não pode baixar a guarda...

    A meu ver espero que o Sporting não se esteja a enganar ou à espera de coisas que são possíveis de alcançar. Combinar a palavra árbitro com inteligência, idoneidade, brio, e honestidade é o mesmo que afirmar que a namorada de Pinto da Costa gosta dele pela sua sensualidade.

    http://conselholeonino.blogspot.com/2011/08/missao-impossivel.html

    ResponderEliminar
  18. LdA,

    Felizmente a reunião foi inconclusiva, porque com todo o estardalhaço feito a única saída que garantia um consenso seria um recuo do Sporting.

    O que o "sistema" quer que o Sporting faça faz-me lembrar os mui velhinhos processos da inquisição (eg. Galileu sabia que a Terra rodava à volta do Sol,mas como isso não convinha aos poderosos da Igreja de então, foi forçado a negar uma evidência. No leito da morte ficou celebre a frase "...e no entanto ela roda à volta do Sol".

    O que APAF pretende é que o Sporting reconheça publicamente, humilhando de forma muito vincada a sua direcção e o colectivo, é que "o Sol roda à volta da Terra".

    A APAF e a Liga, naquilo me parece um erro estratégico de palmatória, atirou-se ao Sporting com um autêntico "bluff". Não só o jogo se realizou como se demonstrou sem tibiezas a não indespensabilidade daqueles "árbitros".

    Os "bluffs" são resultam quando são feitos por pessoas inteligentes e neste caso os APAF são simplesmente de peões de brega de outros interesses, que apenas fazem o que lhes mandam.

    A não cedência do Sporting (finalmente uma enorme alegria como associado/adepto) não dará qualquer margem de recuo aos APAF, que agora se limitam confrontados com 2 hipóteses apenas:

    Ou assumem que são incompetentes (e a maioria deles é apenas isso que é, até porque nem percebem até que ponto estão a ser instrumentalizados) ou então assumem que actuam em função de interesses obscuros. Como não pdodem assumir nada disto vão implodir muito proximamente.

    O perigo é que o salvador não seja apenas mais uma sereia com um cantar doce, totalemnte dominada pelos interesses instalados.

    A inquisisção toda poderosa foi derrubada e hoje é apenas uma referência histórica. Espero que as APAF e a Liga sejam também muito brevemente uma má referência histórica.

    Feliz com o que se passou hoje, espero ardentemente que o fim desta palhaçada toda rapidamente acabe.

    Ab

    António

    ResponderEliminar
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  20. As declarações de Vitor Pereira na TVI e reproduzidas no Record confirmam 2 coisas:

    - O "bluff" foi mal feito;
    - este individuo, para além da alimária que já todos sabíamos, é também um invertebrado.

    Ab

    António

    ResponderEliminar
  21. Acabo de ouvir no programa rtp-n Contra-Ataque o Comentador. APVasconcellos (tenho que lhe gabar a lucidez e coragem!)o seguinte extracto - ...(O que o Sporting fez) não é nada que se compare com o que o Benfica e com toda a legitimidade fez o ano passado e aí foi um ataque frontal a um árbitro e não houve nenhum manifestação de solidadriedade... Mas a seguir e para para condicionar o jogo das meias-finais da taça de portugal o sr. Antero Henriques (do FCPorto) deu uma conferência de imprensa com 14 lances a acusar o sr. duarte gomes (...) com o único propósito de condicionar o jogo seguinte, com o objectivo estratégico de condicionar ... fim de citação. Isto diz tudo o Porto Benfica tudo podem o Sporting paga as favas! Desta vez tem que ser uma luta até ao fim, de forma pacifíca, mas os apitadores terão de futuro que nos respeitar! S. Leoninas.

    ResponderEliminar
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  23. LMGM:

    Completamente de acordo ctg. Os teus argumentos são por demais evidentes.

    Se fosse eu a decidir deixava q a liga descalçasse esta bota que a APAF calçou, como alguém disse, e mt bem, aqui em cima.

    O q ganhou o SCP em negociar com o Guilherme da APAF? RIEN. O tempo de falar com esse senhor passou. Ele preocupa-se minimamente com o SCP antes de incendiar a nossa casa com discursos e acções altamente inflamados? Nunca. Agora, que está à rasca, vamos dar-lhe guarida e ajudá-lo (e aos seus acólitos) a sair no caldinho onde se meteu(ram)? Mil vezes NÃO. Que se amanhe(m) com o fantoche do Pereira e o capacho pitodacostiano do Nandinho.

    Como diria o JVL: PQP! :)


    SL

    ResponderEliminar
  24. Caro LdA,
    agradeço-te a referência, mas quem tem de vos agradecer a honra de nos continuarem a proporcionar este espaço, somos todos nós.
    E não é "de novo por aqui", uma vez que o A Norte é, há muito tempo, para mim, uma passagem diária quase obrigatória. Vou comentando pouco porque prefiro não me envolver em muitas das guerras fraticidas em que caem muitas das caixas de comentários. Não é que não o faça, mas já que o faço, prefiro fazê-lo com pessoas identificadas e onde se consiga manter alguma urbanidade.
    Troco, quase diariamente, ideias com o Malcato num espaço onde é uma pena não te ver a ti, assim como ao resto da vossa equipa.

    Quanto ao assunto em questão, só há um organismo com quem temos de reunir: a LPFP.
    E a LPFP, unicamente para lhes perguntar porque é que um orgão que deve zelar pelos interesses dos clubes, num caso destes se mete ao lado de quem os ataca.
    Quantos aos outros, APAFs e CAs e Vitores Pereiras, e ardinas que dão cobertura a casos destes, é deixá-los a falar sózinhos e ver como é que descalçam esta bota.
    Reunir com eles seria proporcionar-lhes uma saída airosa e no curto prazo eu gostava de ver como é se justificariam, já que ninguém lhes deu motivos para tal, tal comportamento.
    Uma reunião para lhes fazer ver o nosso ponto de vista, pode muito bem ficar para mais tarde.
    No imediato, acataram as "ordens" que lhes deram e, como tal, terão de ser responsabilizados e justificarem o porquê de semelhante atitude.
    Acho que ainda nos iremos rir da capacidade contorcionista do nosso sector de arbitragem.

    SL

    ResponderEliminar
  25. Completamente de acordo com o LMGM.

    "Temos do nosso lado a razão moral e a força dos regulamentos, não vejo como não possamos fazer render essa superioridade em nosso favor."

    CHEGA!! Quando é que a razão moral jogou a nosso favor LdA, quando?!
    Não temos um único dirigente apanhado nas escutas e no entanto, somos nós quem leva um árbitro a meter "baixa psicológica" pela pressão a que foi sujeito, isto quando nem sequer nos referirmos directamente a ele.

    Chega de termos uma postura de respeito para com quem nos desrespeita.
    Descalcem esta bota sem a nossa ajuda e/ou sem nos utilizarem.

    Na altura de punir, somos sempre usados como exemplo. Eu imagino quantos jogos o nosso estádio teria ficado interdito, caso o "cachaço" dado no bandeirinha tivesse sido em Alvalade.

    PQP!!

    Ah e o Dias da Cunha se não disse aquilo em tom irónico, mais valia estar calado.
    O Nolito jogava no Barça B, o Jeffrén foi chamado à equipa principal. Nós fomos buscar um jogador superior, teoricamente.

    ResponderEliminar
  26. lamento que ninguém se tenha referido ao que diz o BdC sobre este caso. O homem está muito mais preocupado com a sua barriga do que com o Sporting. Para ele quanto pior melhor, o SCP só será bom quando ele lá puser os cotos. Vergonha é o que é.

    ResponderEliminar
  27. “O porto é que manda. Ou manda dar fruta, ou manda dar o jantar. Ou putas, ou porrada.”

    http://www.sportingapoio.com/o-sporting-e-a-birra-dos-arbitros-por-ze-diogo-quintela/

    SEM NADA A TEMER…EM FRENTE SPORTING!!!

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (12) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (93) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (3) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)