segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Elias (o profeta?) e os sermões aos peixinhos

Não foi assim como tinha previsto (leia-se desejado) foi mais assim:


(Para quem não gostar do género tem aqui uma versão ligeira).

De tal forma que pouca ou nenhuma vontade ficou para escrever mas acabo por o fazer porque, apesar da desilusão e do desespero (ou até por isso mesmo),  é necessário não perder a perspectiva. Neste momento são tão inúteis como desadequados à realidade e aos interesses do Sporting os que encolhem os ombros como se nada se passasse como os que, mais uma vez, espumam sedentos de sangue. Desconheço a verdadeira dimensão dos últimos mas são pelo menos os mais notórios e turbulentos.

É conhecida de todos aquela sensação de que os jogadores quando chegam ao Sporting parecem perder valor. Trata-se, na maior parte dos casos, de um erro de paralaxe, que o caso de Evaldo é um bom exemplo. Nem era tão bom como parecia, beneficiou duma boa época da sua equipa, nem é tão mau como agora dizem que é. O mesmo se parece passar agora com Domingos. De besta a bestial foi um ápice, embora a bestialidade que se lhe atribui não chega aos calcanhares de comentários como este e que podem ser lidos em qualquer caixa de blogues do Sporting, neste em particular, no post anterior: “O Domingos é um tripeiro ferrenho e um pau mandado pelo PdC para vir acabar com o nosso clube. Se não forem tomadas medidas sérias, coerentes e responsáveis o quanto antes, este ano descemos de divisão.” Com amigos destes o Sporting nem precisa dos árbitros nem de outros inimigos.

No entanto não ilibo o treinador do momento que o Sporting vive. Porque acredito no seu valor confesso que Domingos me tem deixado perplexo. Mas também sei perceber que, para lá dos erros que tem cometido, e que tentarei identificar mais adiante, é evidente que, com erros como os de ontem a defender bolas paradas – não devemos ter acertado uma, quase todos os lances do género resultaram em perigo na nossa área – e com arbitragens a errar sempre contra nós é difícil ganhar um jogo e sobretudo ganhar confiança, logo estabilidade. Sem que isso funcione como desculpa o Sporting não pode ignorar os erros constantes contra nós em TODOS os jogos até agora disputados e quase todos eles em momentos cruciais do jogo. Se é verdade que, com uma equipa que defende tão mal como vimos ontem, é difícil ganhar também é verdade que, com arbitragens inclinar o campo constantemente também não é fácil.

Mas quem vê o Sporting jogar não vê no seu jogo as qualidades que se distinguiam nas equipas de Domingos, as do Braga em particular. Uma das diferenças que mais me pareceram óbvias ontem foi o aparente desconhecimento do adversário e a leitura de jogo a partir do banco. Tenho dúvidas da eficácia deste  4x3x3 em geral e para ontem em particular. Sem entrar na histeria demente que se apossou da maioria dos Sportinguistas, não me parece que Postiga seja o homem para jogar sozinho na frente, mas não tenho dúvidas que não há elemento ideal para jogar àquela distância do jogador mais próximo. 

Continuo a pensar que o problema maior continua a residir no meio-campo. Ontem, com uma unidade a menos nesse sector (o Marítimo jogou com 4) a equipa jogou sempre partida, revelando muita dificuldade em ligar o seu jogo, sintoma que vem de trás, tornando-se por isso preocupante que Domingos não consiga mudar a tendência. É também preocupante, desesperante até, que, ao invés dos progressos sejam notórios os retrocessos. Preocupação que se agrava ao verificar que, quando quis mexer na equipa, mexeu sempre fora desse sector, não resolvendo com isso nada. Pior, a saída de Capel, Postiga e Djaló apenas acentuou a fractura exposta, mesmo que os que clamam pelo linchamento dos dois portugueses se esforcem por não reparar. Mas eu não sou santo, nem padre nem Vieira e por isso não me vou pôr a dar sermões aos peixinhos. Concluo apenas que, tal como disse sempre, e ontem ficou mais evidente, o Sporting não tem um problema com Djaló ou com Postiga, senão não teria problemas sequer.

Não me surpreende que o Sporting se vire agora para Elias, que, do que conheço do jogador, é uma excelente aquisição. Revela também que Domingos e a estrutura para o futebol continuam atentos e diagnosticar bem os problemas, como se viu aliás com a aquisição de Ínsua, esperando que tenham acertado também agora na prescrição. Sem Matias, Aguiar, com Izmailov a não arrancar, (fez 2 golos no campeonato mas as suas actuações têm sido sofríveis), Schaars, Capel e Rinaudo idem, aspas, e Jeffren coxo continuaremos com muitas dificuldades. Elias poderá dar uma ajuda preciosa, mas que se tornará inútil se os problemas que são colectivos persistirem.

A paragem do campeonato, que era vista por mim como benéfica, no actual quadro ganhou contornos de fundamental. Além do tempo extra para análise de processos, de estratégias e de cura para lesões cria-se espaço para esvaziar alguma da muita pressão que a desilusão que depressa se instalou e se transformou na amargura auto-fágica que nos caracteriza e que constitui um dos nossos problemas endémicos. Doença essa que se contagia à equipa e que também me parece estar a desestabilizar Domingos.

P.S. - Para os que insistem que Domingos deveria jogar com mais novos jogadores quem podia ter jogado ontem no lugar de Patricio, João Pereira, Polga (ou Carriço) Evaldo, Izmailov, Yanick ( a lesão de Jeffren confirma-o)? 

P.P.S. - Se o problema do Sporting é a altura da defesa porque é  que Baba, da altura de Carriço e Polga marcou o terceiro golo? E porque é que o SCBraga de Domingos, com uma defesa sensivelmente com uma média de altura semelhante, consentia poucos golos?

38 comentários:

  1. Esta época nem o Domingos parece o Domingos...o que na pré-época parecia ser uma época de regresso aos golos e às vitórias é neste momento a pior deste século...já nem a chegada de novos reforços me consegue criar algum entusiasmo.
    Haja paciência e coração para aguentar!!

    ResponderEliminar
  2. Se as novas contrataçoes forem tratados como Messias, é mais uma carga à qual os jogadores não necessitam.

    Sejamos realistas, os jogadores que vieram para o Sporting, ou são umas "mais-ou-menos-revelaçoes" ou são jogadores que os outros clubes, maiores que o Sporting, não querem. Não venham com estórias dizer que se não presta para eles nao presta para o Sporting, o Sporting está onde está... na m-e-r-d-a, este jogadores, esta nova equipa, não sei se são bons, não sei se vão adaptar-se ao futebol Portugues, só sei é que são o que temos, e são o que o nosso clube tem poder de ter.

    Agora vos garanto é uma coisa, há uma falta de visao/cultura no clube para o futebol. Clara. A prova está nos jogos, todos os jogos tentam-se coisas novas, substituem-se as mesmas posiçoes, isto é claramente uma prova que o Domingos ainda não sabe quem é quem, quem deve ser titular e quem nao deve, e isto devia-se ja saber no 1º jogo para o campeonato... o campeonato nao pode ser um campo de testes para ver qual é o nosso avançado(s) titular... e isto não é so culpa do Domingos, faltam pessoas no clube que percebam de futebol, que consigam ver os jogadores para alem das suas equpas anteriores... falta experiencia... falta, sei la, um Futre. Se calhar muitos de voces se vao rir, se calhar o Futre calado é um poeta, mas que sabe disto sabe, e eu neste momento dava muito para ver la alguem como ele.

    Enfim. Desculpem la o portuges sem cuidado, mas haja 'Paciencia'... depois de ontem acho que estamos todos desculpados.

    ResponderEliminar
  3. Não percebo as histerias nem as diarreias mentais que se descarregam por aqui cada vez que há problemas.

    No post anterior nem me meti em comentários por causa disso e neste já li que é preciso "um futre" por isso estou a ver que os comentários continuam fora de controle.

    LdA,

    concordo com a análise ao jogo de ontem. Os problemas não têm nada a ver com o Postiga nem com o Djaló. O meio campo está mau, muito mau e aí começam as dificuldades. Falta um criativo puro e incontestável! Nem MI10 o é, nem MF14 tem sido desde que chegou À EUROPA (falta-lhe mentalidade e físico) e sobra AM28 cuja experiência é curta e a quem não se pode exigir já tamanha responsabilidade. MI10 é muito pouco, ainda mais sozinho para o que é preciso de criatividade. Mesmo nos momentos em que parece dominarmos o jogo, pouco o nenhum perigo criamos.

    O HP23 também tem de jogar. Mas não pode jogar sozinho na frente!

    O Domingos é o melhor treinador que podíamos ter. Não há dinheiro para ir buscar um Ancelotti e ao contrário de muitos considero o Co Adriaanse muito pior solução para o Sporting do que o Domingos. E prefiro o Domingos ao Van Basten e ao Rijkaard. Enfim, isto só para dizer que há muita gente que delira com nomes mas que não percebe que na prática e no contexto do futebol português é preciso escolher muito bem. E esquecem-se que o AVB treina o Chelsea, o JM o Real Madrid, entre outros treinadores portugueses a dar cartas pelo mundo. Acho as críticas ao Domingos completamente ridículas. Podemos discordar de opções mas pôr em causa o treinador é uma cretinisse.

    Elias é grande jogador. Apesar da posição original dele que é a 6 já termos bons jogadores. Contudo ele tem outras características diferentes que fazem dele um excelente jogador e capaz de jogar noutras posições.

    SL

    ResponderEliminar
  4. cada vez que há problemas? com certeza que o problema foi so ontem, o primeiro jogo horrivel do Sporting esta temporada. Mas ainda bem que ja ha soluçoes, é arranjar mais um central. Para a semana volta tudo à ordem.

    Deve ser isso. Deve.

    ResponderEliminar
  5. Mais uma leitura correctissima da situação da equipe do SCP. Por outro lado, acho q enquanto não houver uma atitude drástica contra a cáfila da APAF, não vamos a lado nenhum. Temos q ser agressivos e pôr esses bandalhos na ordem. Se fôr preciso, dár-lhes umas traulitadas quando andarem a passear no Colombo...

    ResponderEliminar
  6. O problema é Carriço sem qualidade para representar o SCP, Postiga sem qualidade para ser ponta de lança do SCP, João Pereira sem concorrencia logo sem a pressão de perder o lugar fazendo assistencias e demonstrando falta de concentração, uma defesa vergonhosa, um ataque inexistente onde a qualidade é tão pouca que nenhum deste jogadores seria sequer opção para o banco dos rivais directos.
    Fora com os jogadores que nao tem classe para o SCP, se o Carriço é tao bom porque ninguem se interessa por ele? porque a unica equipa onde foi titular se chama SCP já tendo passado pelo Chipre e pelo Olhanense? Porque a aposta em Yanick? será que ainda nao viram que é banalissimo? Postiga marca 10 golos nas melhores epocas? será ponta de lança para uma equipa que luta pelo titulo?
    limpe-se de vez quem esta badalheira, e contrate-se pelo menos um defesa direito, 2 centrais, 2 medios e 2 avançados com nivel.
    P.S. jogadores dispensados por outros clubes não servem para o SCP, não quero o Elias quero um jogador de nivel que possa jogar todas as competições.
    Paulo Oliveira

    ResponderEliminar
  7. O problema é muito simples.Faltam jogadores de qualidade!Reparem que contratámos 15 jogadores e continuamos a jogar com os antigos, isso quanto a mim diz tudo.Contratou-se um bocado à sorte para agradar aos adeptos, mas não veio nenhum jogador de grande nivel.

    ResponderEliminar
  8. LDA,

    O problema não é a altura. O problema é nem saltar à bola. Muda o treinador, muda a maneira de defender, homem a homem, mista, zonal e os erros persistem sistematicamente e não é de agora há meses e meses. Então qual é o problema? Sei que assim como se viu ontem no estádio é impossível! Em quase todos os lances há uma passividade atroz. Ficam sistemanticamente à espera da bola, obviamente que os outros atacando a bola estão sempre em vantagem.

    Todos os jogadores mostram uma clara falta de apetência pelo jogo aereo, sendo particularmente grande nos defesas e se falarmos dos centrais pior um pouco.

    O Carriço pode ser muito bom noutras facetas do jogo mas se aborda assim os lances de cabeça não pode jogar a este nível, é um factor claramente limitante.

    Alguem me ajuda a compreender os livres do Schaars?

    Obrigado.

    FCS

    ResponderEliminar
  9. Enganei-me no post! Peço desculpa.

    FCS

    ResponderEliminar
  10. Eh pá, o Mozart morreu cedo, mas francamente, o requiem para o Sporting ao fim de três jornadas? Não é ainda mais prematuro do que a morte do compositor?...

    ResponderEliminar
  11. Ana, o excerto é retirado do Requiem e chama-se Lacrymosa, como deves ter reparado, que genericamente está associado à perda, à dor, ao luto.

    ResponderEliminar
  12. LdA:


    Este teu post fez-me recordar outra obra, não musical, mas cinematográfica…

    Conheces um filme do gde Darren Aronofsky (realizador do, entre outras obras de relevo, recente êxito “black swan”) de nome “requiem for a dream”?

    O filme gira à volta de um casal de namorados toxicodependentes e dos seus amigos e familiares. Apesar do problema de que já padecem, o inicio do filme apanha o casal com gdes sonhos, típicos da época do ano em que inicia a narrativa: a Primavera. Fazem planos para um futuro mais risonho e próspero, ganham consciência de que a vida que levam não lhes trará grandes perspectivas, pretendem largar o vicio e, juntos, iniciarem uma luta que conduza à total recuperação. Mas, as boas intenções, depressa esbarram nas dificuldades intrínsecas e principalmente nas exógenas, com todas as circunstâncias a encadearem-se contra os seus planos. Não são suficientemente fortes para combater tantos obstáculos, pelo que, quando chega o Inverno quer o casal, quer a maior parte, para não dizer todas, as personagens que à volta dele gravitam, acabam invariavelmente desesperadas, irremediavelmente estropiadas ou, inclusivamente, mortas. O casal de namorados definitivamente separado, infeliz e conformado com o seu dramático destino fatal…

    Pois neste momento o SCP e os seus sócios / adeptos, faz-me recordar um pc esse casal. Um casal que qd chega ao final do Verão, depara-se com um ponto de possível viragem em que ou as coisas encarrilam e assim arranjam uma oportunidade de se safarem, ou, tomam um rumo sem retorno no sentido da desgraça. O destino deles já se sabe, qt ao nosso, ainda vamos a tempo de nos safarmos. Mas, para tal, é preciso que as circunstâncias mudem. Nós adeptos e sócios do SCP, podemos ajudar o clube a encarrilar, mas para isso temos mesmo que meter todos na cabeça que a agir da actual maneira, quando acabar o Inverno estaremos muito mais agastados e, em consequência afastados do nosso grande amor… Não duvidem disso.

    Temos que ser bem mais fortes, bem mais inteligentes e, principalmente, muitíssimo mais unidos que aquilo que vimos sendo… Pq só assim conseguiremos enfrentar e vencer os factores exógenos que não nos têm dado nem um nico de espaço nem uma réstia de tempo, para cuidarmos e sanarmos as nossas fraquezas internas.

    Por fim a minha pergunta final é:

    Não jogamos um ‘pisso’ (aproveitando a expressão de um leitor cá da casa), mas isso justifica que com uma frequência inusitada nos voltemos uns contra os outros por questões de pormenor, qd jogo sim, jogo sim, os ‘dealers’ continuam a minar-nos o caminho e a impedir a nossa recuperação?

    Não jogamos um ‘pisso’, é verdade, mas se não fossem os tais factores exógenos, tínhamos (com menor ou maior dificuldade) superado dois obstáculos vindos de Olhão e do Funchal…Ao invés de nos concentrarmos nisso, desconfiamos cada vez mais uns dos outros, acusamo-nos histericamente uns ao outros, atacámo-nos entre nós de forma cruel. E os dealers lá vão conseguindo manter-nos ansiosos, irritados, enervados, dependentes, com crises de abstinência cada vez mais longas e dolorosas. No fundo lá conseguem cumprir os seus intentos e durante o processo ainda se dão ao luxo de irem rindo e gozando da desgraça alheia…

    SL

    ResponderEliminar
  13. Completamente de acordo! Mas tudo o que é dito, não pode servir para branquear o ROUBO escandaloso, intencional e premeditado de que é vitima O Sporting. Sem esses roubos, tinhamos, sem favor nenhum mais 5 pontos, os lampiões menos 4 e os corruptos menos 4, fazendo as contas por baixo, caso não tivessem sido beneficiados como foram. Se esta fosse a realidade os FDP da CS estavam com a mesma conversa?, e os adeptos?. Só existe uma solução: União, aprender com os erros próprios e corrigí-los, ser inteligentes e não dar voz e credibilidade jornalistas fazedores de opinião, cujo único objectivo é apequenar e achincalhar o clube. Acho que temos alguns bons jogadores, outros que não jogam um caralho (para uma equipa como o Sporting), a merda da mistura é que tem sido mal feita pelo treinador. Obrigar esse caralho a abrir os olhos foda-se! SL

    ResponderEliminar
  14. LdA,

    Depois de duas épocas pouco mais que miseráveis, os adeptos ansiavam por uma mudança radical.
    Tal foi patente no momento eleitoral e tal foi transmitido por esta direcção ao e fectivar uma rotura clara com a equipa anterior - mais de uma dezena de novos jogadores e um novo treinador.

    Se em valor absoluto podemos considerar que a grande maioria dos jogadores do plantel são medianos a uma escala global, os mesmos em termos relativos e quando comparados com todas equipas da Liga Portuguesa (excepção feita oa Benfica e ao Porto) são claramente melhores.

    Ora até ao momento ainda só jogámos com equipas teoricamente inferiores e por isso um conjunto de questões podem e devem pór-se desde já.

    A constitução da equipa por muito que sejam válidos os argumentos justificativos apresentados - muitos são altamente questionáveis - é constituida por 9 ( nove e não me enganei) dos jogadores da pior equipa do Sporting nas últimas décadas. Afinal, não mudámos nada e por isso os resultados mantêm-se semelhantes.

    As aquisições procuraram resolver as mais evidentes lacunas do plantel, a saber:

    - defesas centrais baixos - comprámos dois calmeirões que não jogam, pode atéser pela melhor das razões mas não jogam e por isso a equipa neste ponto não est á reforçada. Continuamos a jogar com os mesmos que o ano passado já tinham provado que não serviam.

    - médios criativos - adquirimos duas unidades que no seu conjunto fazem o papael de um único João Moutinho. Todos sabemos que o MF joga aos bochechos, por isso não temos um verdadeiro criador.

    - avançados - desde que saiu o Liedson jogamos sem avançado e isso tem-nos saido bem caro.

    Assim, e apesar do 15 ou 16 reforços oudeixámos algumas lacunas por solucionar, ou as soluções encontradas são de médio prazo.

    Finalmente o treinador, as suas acções intervenções no jogo têm sido um pouco aleatórias, e isso provavelmente será o que me causa mais perplexidades.
    Para não deixar de exemplificar:

    - ontem verificámos desde muito cedo a calamidade da actuação defensiva nas bolas paradas, verificámos atitudes displicentes do DC e com o Americano no banco, não o substitui? Se não podia jogar não o sentava no banco.

    Este está a ser para mim um dos piores problemas, a inconsistência na gestão do Domingos, porque sejamos sinsceros com estes jogadores é óbvio que contra estes adversários deveríamos ter neste momento 9 pontos, por muitos novos jogadores que fossem.

    Ab

    António

    ResponderEliminar
  15. AMendes, faço um pequeno convite que estendo a outros comentadores. Que equipa então devia ter apresentado Domingos ontem?

    GR -
    DEFESAS -
    MÉDIOS -
    AVANÇADOS -

    Qual o número aceitável de "velhos" que o Domingos pode utilizar por jogo?

    Nenhum
    Menos de 3
    Menos de 5
    Menos de 7

    Já agora qual o onze para Paços de Ferreira?

    GR -
    DEFESAS -
    MÉDIOS -
    AVANÇADOS -


    As minhas perguntas não têm segundas intenções, mas se não pode jogar com 9 do ano passado quero saber com e como joga.

    ResponderEliminar
  16. Virgilio, lembro-me perfeitamente do filme, a analogia é excelente.

    Abraço

    ResponderEliminar
  17. LMGM,

    Excelente sugestão mas que tem um problema é que sempre mais fácil fazer esse exercício sem saber o que teria sido se fosse com outros jogadores. O problema é com outros jogadores às vezes fica pior, basta ver o que sucedeu ontem.

    ResponderEliminar
  18. LMGM,

    Gr - RP
    DEFESAS - JP, AP, OO e ES
    MÉDIOS - FR, DC, JS, MI, AS
    AVANÇADO - Boijinov

    Admitindo que se estavam no banco e entraram ( é porque aguentavam o jogo).

    Seriam 6 antigos ( admitindo o MI como antigo) vs. 5 novos.

    Mantenho que com o decorrer do jogo não compreendo a manutenção do DC.

    Ab

    António

    ResponderEliminar
  19. LdA, é por essa razão que eu também peço a equipa para o próximo jogo, mesmo sem se saber ainda quem estará ou não disponível fisicamente.

    ResponderEliminar
  20. LMGM,

    Não sei se a equipa da resposta anterior ganharia, mas pelo menos era o principio de uma rotura mais que necessária.

    Com a equipa do ano anterior não fomos nem vamos a lado nenhum.

    Qualquer que fosse a equipa escalada o pior que nos podia suceder era perder, mas isso afinal foi o que sucedeu. Parece um paradoxo, mas fomos nós ( Domingos) que o criámos

    Ab

    António

    ResponderEliminar
  21. Obrigado, AMendes. Confesso a minha dificuldade com o sistema de iniciais típico do PLF mas acho que não me enganei com ninguém.

    Todos estamos a supor que quem está convocado está em condições para jogar 90 min, o que muitas vezes não é verdade, o exemplo mais fácil é Izmailov que está a ser progressivamente integrado.

    A minha grande alteração como já disse várias vezes era retirar o JPereira e colocar o Pereirinha (era morto pela bancada mas pronto...). Com o decorrer dos jogos o Schaars também já tinha ido passar um bocado ao banco (ao invés do Rinaudo) mas teria dificuldade na sua substituição (talvez AMartins).

    Nos centrais só arriscaria Onyew a fazer parelha com Rodriguez de resto deixava como está. Mas principalmente tentaria não resolver os problemas colectivos com acusações individuais.

    ResponderEliminar
  22. AMendes, "Não sei se a equipa da resposta anterior ganharia..."

    Ninguém sabe, nem o Domingos... mas acho que a discussão feita com exemplos concretos é mais útil do que meramente dizer - não podem jogar 9 antigos - obrigado por participar neste desafio.

    ResponderEliminar
  23. Só mais uma questão, se fossem os novos a perder também já eram umas bestas e nenhum valia 1 tostão furado, assim ainda são os que estão habituados a ser umas bestas a sofrer.

    ResponderEliminar
  24. LMGM:

    Desde que existe futebol, em todos as épocas o SCP tem tido jogadores que transitam de épocas anteriores. Só nesta é que os que transitaram da época anterior não podem jogar... Estão proibidos! Tanto malharam no PS... que os 'jogadores' não eram assim tão maus qt pareciam, o 'forcado' é q não sabia aproveitá-los... Agora que o 'forcado' se foi, muda-se o discurso de forma radical e afinal já não há um jogador que tivesse transitado da época passada que se aproveite. A culpa por perderemos ontem é pq jogaram 9 da época passada... O Domingos coloca os piores pq o gajo (por amor ao pintelho) até está a fazer tudo para queimar (aos 42 anos) a sua carreira de treinador...

    Mas ao analisar o trabalho dos dois titulares (Schaars e Capel) mais os suplentes utilizados, que não estavam na época passada (Bojinov, Wolfswinkel, Jeffren jogou mt pc tempo para sair lesionado), reparo que tb eles não jogaram um 'pisso'... Portanto fico sem perceber a lógica da coisa...

    Posso tb participar do teu desafio? Cá vai: admitindo que sim, o problema são os jogadores antigos, não convocando nenhum, pq são tdos uma ‘ganda merda’, deixando os lesionados de fora, se tivéssemos jogado com este 11, goleávamos o Marítimo de certeza absoluta:

    Marcelo Boeck;
    Arias-Onyewu-Rinaudo (adaptado a central pq não há mais nenhum disponível)-Turan;
    Jeffren-Schaars-André Martins (uppps, este é da formação e fico na dúvida se presta ou não)-Capel;
    Bojinov-Wolfswinkel ou Rubio (escolhe-se um dos dois à vontade do freguês)

    Resultado final: quinje a jero!

    ResponderEliminar
  25. LMGM,

    A psicologia dos grupos (adeptos) é complexa, mas acho que todos concordamos que:

    - ninguém espera nada da equipa do ano passado. O facto de perderem não é em si só uma surpresa. A surpresa e a crescente raiva está na insistência nesta mesma equipa.

    - os novos perderem era uma desilusão, mas pelo menos existia o sentimento que tinhamos tentado (reconheço que alguns seriam bestas de imediato, mas os actuais já o são antes de jogarem).

    Assim perdemos na mesma,mas nem ao menos tentamos.

    Por muito que procuremos justifcar ninguem compreende as escolhas para a constituição da equipa. Como alguém já escreveu, se os que cá estavam são melhores do que os que vieram (coisa que não concordo nem acredito minimamente),então nada se compreende e o normal é lutarmos para o 4º ou 5º lugar (e nem devemos protestar). Senão devemos gritar e bem alto nosso descontentamento.

    O que se passou até agora é que é super desmoralizante.

    Até ao momento os Sportinguistas, como nós, estão ainda a abordar o tema Domingos com pinças. Mas em 4 jogos malbaratou toda a boa vontade que existia e não falta muito para que se comece a suspirar por Treinadores Forcados.

    E por fim uma questão:

    - após os 2 anos anteriores se jogássemos com uma equipa minimamente diferente os sócios/adeptos não veriam que pelo menos eatavmos a tentar fugir dos erros do passado recente e não teriam mais capacidade de absorver algumas desilusões?

    Ab

    Antonio

    PS: Esta má performance da equipa não deve ser confundida em momento algum com a desgraça das actuações da APAF. Essa é uma outra luta que temos de continuar a combater e que espero acabemos por vencer.

    ResponderEliminar
  26. Virgílio, aquilo de que ninguém me consegue convencer é que jogámos mal contra o Olhanense, na segunda parte contra o Beira-Mar e na primeira ontem.

    Tudo o que de bom foi feito nestes jogos deveria ser mais que suficiente para vencer e não foi.

    O que motiva esta instabilidade de rendimento não sei e pelo que ouvi o Domingos também não, o que é muito mais grave!

    Há relaxamento competitivo e isso é inaceitável quer no Sporting, quer no Cascalheira, foi aqui, num problema que afectou os 11 que a cada momento estiveram em cada jogo (excepto contra o Olhanense) que tivemos resultados miseráveis.

    A resolução passa por eles, pelo balneário, olhos nos olhos.

    ResponderEliminar
  27. Virgilio,

    Eu sei que o que estamos a dizer pode não ter sentido, mas...

    3 jogos, 2 empates e 1 derrota.
    Se os novos fariam pior? É dificil (relembrar que em 3 jogos, jogámos 2 em casa com o Olhanense e Maritímo).

    E o ditado diz-nos:

    Contra-factos...

    Ab

    António

    ResponderEliminar
  28. Amendes:

    vamos lá então aos factos:

    JOGO 1:

    Golo de Postiga limpo.
    Penalty por marcar.
    expulsão perdoada.

    resultado - 1 a 1. Com dois golos limpos marcados pelo SCP e um penalty por marcar. Mesmo falhando o penalty (nunca saberemos) o resultado final seria 2 a 1. 3 pontos e não 1 no fim da primeira jornada.

    JOGO 2:
    Nada a assinalar a não ser o desperdício. O maior de todos de Capel (atenção que não estou a criticar o Diego, apenas a constatar factos, este é flagrante). Resultado 0 a 0. 1 ponto conquistado que seriam 4 se existisse verdade desportiva, como não há 2 pontos somados pelo SCP no final da segunda jornada.


    JOGO 3:
    Golo limpo anulado a Evaldo;
    Golo sujo do Márítimo (o primeiro, que foi marcado com o ombro e, como tal, é ilegal);
    penalty sobre Schaars (seguindo o critério que se nota noutros estádios);
    Expulsão perdoada;
    jogar 20 minutos com menos 1 jogador por lesão de Jeffren);

    Resultado 2 a 3. Que deveria ser 3 a 2 (golo limpo de Evaldo, primeiro golo do Marítimo deveria ser anulado. DO penalty nunca saberemos se seria concretizado). Portanto, vamos fazer o samatória desta jornada com ZERO pontos, quando deveriam ter sido TRÊS. 2 pontos no final da terceira jornada, quando deveriam ser 7 (SETE), se, repito, existisse verdade desportiva nesta merdice de campeonato.

    E, caro AMendes, se tivéssemos sete pontos, mesmo sem jogar um pisso, não estariamos todos às turras uns com os outros...


    Abraço.

    ResponderEliminar
  29. LMGM:

    Concordo ctg.

    Jogamos bem contra a Olhanense.

    Não jogámos mal contra o Beira-Mar na segunda-parte. Apenas faltou eficácia.

    Não jogamos mal contra o Marítimo na primeira parte. Marcamos 2 golos, apesar de apenas 1 ter sido validado.

    Gde abarço.

    ResponderEliminar
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  31. Carriço,Evaldo,Postiga e Djaló não têm qualidade para jogar no SCP,pelo menos no SCP que queremos como vencedor.Isso é ponto assente e negar isto já é ridículo tal a perfomance deles ao longo dos anos.
    Não há pulso na equipa,pq se houvesse Joâo Pereira estava no banco até acertar o passo,visto que está a fazer exibições miseráveis,Schaars idem.
    Continuar a apostar em André Santos como trinco tb é de alguem alucinado,André Santos é médio-centro.Period.
    Coloca-lo a trinco é queimar o rapaz e o SCP.
    Estou farto desta mediocridade.
    O Elias, é reforço ou opção?
    E tb vai para o banco e bancada?
    E o Rubio onde anda? O jogador que mais se evidenciou na pré-epoca anda na bancada pq?

    ResponderEliminar
  32. Virgilio,

    As turras significam que apenas queremos o melhor para o Sporting.

    É a mais pura verdade que jogámos bem contra o Olhanense e que o árbitro teve uma infuencia decisiva no resultado e até na criação de um estado ânimico deprimido.

    Em Aveiro e ontem, já não concordo. O ataque foi quase inexistente nos dois jogos e ontem a somar ainda tivemos uma defesa de sobressalto, em que cada canto ou livre era um deus nos acuda.

    Se o árbitro ontem ajudou? É claro que ajudou, mas o que vi foi muito mau na defesa.

    Como vamos ultrapassar este estado de coisas é o que preocupa. De certeza que não será com os adeptos às turras uns com os outros e com os estádios cada vez mais vazios e com os adeptos entricheirados cada um em seu campo.

    Mas também não acredito piamente na mezinha do "tempo"

    Ab

    António

    ResponderEliminar
  33. A defesa está escandalosa desde há mt tempo, não é agora.
    Mandamos embora o Tonel para ficar com Polga e Carriço,há mais de 5 anos que não temos um defesa-esquerdo.Não temos ataque.Temos jogadores que LITERALMENTE não sabem dominar uma bola. A vassourada afinal não aconteceu,contratou-se 15 jogadores para andarmos a jogar com 9 do ano passado,o Departamente Médico,entretanto demitido andou a dar aval a contratações cujo os jogadores estavam presos por arames.

    ResponderEliminar
  34. AMendes,

    Já ando às turras à vários anos seguidos e olha, sabes o que te digo? Isto só tem piorado...

    Qts aos factos que apresentei, constato que não apresentaste argumentos... ;)

    O que me desgosta é que ao fazer um simples exercício de transposição desta situação para o universo lampiónico (ou tripeiro), suspeitar de que as reacções seriam muito, mas mesmo muito diferentes... Alguém imagina que depois de 3 jornadas a sofrer com tanto erro de arbitragem, os lampiões (ou os tripeiros), independentemente das circunstâncias (leia-se exibições), não se entrincheiravam todos juntos (adeptos, equipa, dirigentes) contra os árbitros, ao invés de andarem a enfiar bazucadas nos pés uns dos outros?

    Enfim, nós, os sportinguistas, somos realmente diferentes. Nem qd somos alvo de um ataque cerrado do exterior, nos conseguimos unir contra o(s) inimigo(s) comum(ns). Não, preferimos, mais uma vez, embarcar na enésima guerra civil.

    Td isto existe, td isto é triste, tudo isto é... FAD(CT)O...

    Abraço.

    ResponderEliminar
  35. Olha, já agora se me permites, acrescento apenas isto: O Proença fez PIOR que o Xistra.

    Ao golo mal anulado, ao penalty e expulsão perdoados ao adversário, comuns a ambos os jogos, soma-se um golo mal validado ao Marítimo e ao facto de não nos ter perdoado uma expulsão (Xistra evitou o vermelho a Jeffren).

    Mas como o SCP jogou pior, já td se perdoa à equipa de arbitragem...

    ResponderEliminar
  36. Virgilio,

    Qaunto aos APAF reproduzo o meu PS das 18h22 e que te dá mais que razão

    PS: Esta má performance da equipa não deve ser confundida em momento algum com a desgraça das actuações da APAF. Essa é uma outra luta que temos de continuar a combater e que espero acabemos por vencer.

    Ab

    António

    ResponderEliminar
  37. LMGM,
    deixem-me meter a colherada sobre o assunto.
    É uma boa questão, mas, as escolhas de Domingos podiam, perfeitamente, ter sido diferentes das que tomou para o jogo do Marítimo, no entanto esse é passado. Quanto ao futuro e para o jogo com o Paços, a equipa já pode fazer um melhor aproveitamento dos jogadores do plantel. Necessariamente, terá que ver recuperados, nestes 15 dias, Pereirinha, Jeffrén e Rodriguez.
    Com estes recuperados o 11 titular podia andar dentro deste princípio:
    Patrício,
    Pereirinha ( defende igual a JP e decide melhor nas acções ofensivas),
    Onyewu ( garantidamente é melhor que Carriço e mesmo que não seja de certeza que não deixa de saltar com o adversário quando isso for necessário),
    Rodriguez e Insúa;
    Elias ( é melhor que as duas outras alternativas porque também não tem dificuldade a jogar de cabeça e um 6 necessita ter estes predicados);
    Schaars,
    André Martins ( como organizador. Domingos tem que lhe dar essa responsabilidade. Creio que não nos vai deixar ficar mal),
    Izmailov;
    Jeffrén e Bojinov .
    Cada cabeça cada sentença …
    Este 11 é praticamente a rotura com o passado, um passado que nos deixou a 36 pontos do primeiro, na época passada e que nos vai deixando a 7 na actual temporada.

    ResponderEliminar
  38. Virgilio,

    está a esquecer um 2º cartão vermelho, por entrada maldosa de Roberto Sousa (já tinha visto um amarelo ao minuto 71) sobre o Schaars, aos 80 minutos, lance que o árbitro nem sequer sancionou...

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (16) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (19) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (2) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (13) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (94) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (72) Batota (19) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (9) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (5) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (68) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (104) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) Fernando Fernandes (1) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (89) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (28) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) kickboxing (1) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (8) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (5) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (4) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (5) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (22) Slimani (11) slolb (1) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sporting160 (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça da Liga 17/18 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) Taça de Portugal 17/18 (2) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) vendas 2017/18 (1) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)