segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Onde pára Wolfswinkel? (e ainda Rúbio, Postiga e Djaló)

O Sporting, dentro dos seus limites orçamentais, investiu forte no reforço da sua frente de ataque, que, juntamente com a defesa, era um dos sectores identificados como deficitários. Assim, foi buscar Wolfswinkel, Bojinov, Rúbio, Carrillo, Jeffren, Capel. Mas a posição especifica de "9" era seguramente a que seria de mais difícil preenchimento, porque não abundam nem o dinheiro nem os Falcões, Jardéis, Acosta ou Liedsons. Os que chegam a esse nível estão acima das nossas possibilidades e até mesmo do SLB e FCP. Por isso todos contratam a um nível inferior, procurando jogadores de elevado potencial, mas que ainda não se afirmaram.

Para fazer companhia a Postiga, ( que nunca é de mais lembrar é internacional português, disputando a titularidade com Hugo Almeida, pago a ouro turco no Besiktas. Almeida tem 4 golos marcados em 309 minutos e Postiga 3 em 135 minutos) o Sporting foi buscar Wolfswinkel e Bojinov. Respectivamente um jogador em ascensão no campeonato holandês e um jogador que muito prometeu mas com a  carreira estagnada, por força de lesões e acérrima concorrência nas equipas onde passou.

Na verdade não se esperava que qualquer um deles fosse para "fazer companhia" a Postiga, antes sim para lhe tirarem o lugar. Mas Bojinov chegou de "asa caída" e não pode voar nem sobre nem sequer entre os centrais. E  Wolfswinkel, no inicio de época, foi marcando uns golos mas, perante adversários mais complicados, seria Rúbio, um miúdo com apenas 18 anos, a roubar-lhe  protagonismo e depressa eleito como preferido dos adeptos. No sábado passado o chileno seria chamado à fogueira na hora da aflição, sem contudo conseguir prestação que o justificasse. O mesmo se pode dizer de Capel, que entrou para o lugar de Djaló.

Não creio que o problema fosse exclusivamente de Rúbio (Capel está à procura de melhor forma)  mas sim de toda a equipa que jogava já mais com o coração de que com a cabeça. Apesar de chegar com frequência ao último terço do campo, o Sporting ocupava essencialmente as zonas laterais do campo, revelando muita dificuldade em penetrar entre os centrais. Estivesse lá Wolfswinkel e as coisas dificilmente seriam diferentes, sem bola não há golos.

Apesar disso creio que quem deveria ter sido chamado ao lugar deveria ter sido Wolfswinkel. Pelo seu estatuto de jogador mais velho e experiente e até pelo investimento feito. E porque lhe compete a ele, antes de Rúbio, esse tipo de responsabilidades. Por alguma razão o Sporting despendeu na sua aquisição mais de 5 milhões de euros, tornando-o na aquisição mais cara do actual plantel.

Mas não me quero substituir ao Domingos, mesmo não concordando com ele.  Mais do que ninguém ele é o primeiro interessado em ganhar. Mais do que ninguém ele conhece os jogadores, os seus momentos de forma físicos, atléticos e até anímicos.

O meu maior temor reside no entanto na suspeita que a entrada de Rúbio tenha sido um rebuçado do treinador para as bancadas. Porque todo o animal tem um aguçado espírito de sobrevivência, e Domingos já deve ter percebido a contestação aos patinhos feios. Aos de sempre, afinal, naquilo que já se tornou numa histeria colectiva digna de estudo académico.

Não se trata de defender as qualidades do jogador A ou B. Trata-se de defender o Sporting. Ao fim de muito tempo o Sporting tem um bom treinador e, ao contrário de profetas da desgraça cuja agenda de alguns é bem conhecida, isso já se notou no relvado no sábado. Como adeptos o pior que podemos fazer é impor-lhe as nossas escolhas, tentando substituirmos as suas capacidades técnicas pelos nossos julgamentos de treinadores de bancada. Mais do que nunca o Sporting precisa de tempo e serenidade que, como ainda se viu no sábado, não chegará dos adversários, da Liga ou da APAF

Se o processo fosse fiável o Sporting faria sondagens no site para apurar os convocados e a equipa titular. Sabemos bem que não pode nem deve ser assim. E, entre outras coisas, se assim fosse, o Sporting não teria 4 jogadores titulares da selecção, facto que tanto pareceu orgulhar os Sportinguistas há dias.

53 comentários:

  1. Continuamos a pensar mais na selecção que no Sporting. Somos o único clube em Portugal a fazer isso.

    Os resultados estão a vista. Somos os que mais jogadores damos a selecção em todos os escalões. Somos o clube que mais formamos melhores do mundo para a selecção aproveitar, em compensação, somos os primeiros a ser prejudicados em todos os sectores do futebol, desde a arbitragem até a secretaria. Os clubes que nada contribuem para a selecção são sempre os mais beneficiados, até com convocatórias com interesse em valorização de activos. Temos é de uma vez por todas pensar em nós mesmos. Esquecer a selecção. Faze-los sentir a falta que faz um Sporting forte, de contrario só se lembrarão de nós quando precisarem.

    A mim pouco me diz ter não sei quantos jogadores formados em Alvalade a titular na selecção, eu quero é títulos em Alvalade.

    ResponderEliminar
  2. Estou me verdadeiramente a cagar para selecção Portuguesa,não nos dão nada e em alguns casos ate nos prejudicam(a não convocação de Moutinho no último mundial não foi inocente).

    A mim só me interessa o Sporting!

    E depois de termos gasto 9 milhões em pontas de lança para continuar a apostar num que nunca será uma grantia de golos é preocupante(Postiga tem a bela marca de 12 golos no campeonato desde que cá chegou).

    E isto alem de preocupante mostra uma total falta de planeamento,pois se a ideia era para continuar com este défice de golos(vide continuar aquele tipo a titular) tínhamos poupado 9 milhões.

    Parece que afinal pouca coisa mudou neste Sporting.
    Agora queixa se dos árbitros,amanhã será do mau relvado e depois a culpa será do adeptos(algo que já tiveram lata suficiente de o fazer no passado).

    Espero que o Domingos acorde depressa e perceba rapidamente que o grande Sporting não é um braga ou académica.

    ResponderEliminar
  3. Eu também só quero muitos valores credíveis formados na Academia para fornecer o Sporting ou para nos dar dividendos financeiros. Caso contrário, para quê formar gente que mal sai da Academia nem ao Sporting interessa. Veja-se o que faz o FCP que não tem trabalho a formá-los, dá-lhes visibilidade e depois cobra cláusulas de rescisão astronómicas. O Sporting só precisa de aprender com quem sabe, mai nada!

    ResponderEliminar
  4. Eu acho que a falta de 1 distribuidor de jogo (li num blog que Matias já está apto) se tem feito sentir. É que além dele, também Luis Aguiar está inapto e Izmailov não tem estado a 100%.

    ResponderEliminar
  5. Boas... Venho do blog http://mercadoverdebranco.blogspot.com/ e queria propor uma troca de links... Pensem e depois passem por lá para dizer alguma coisa!

    ResponderEliminar
  6. Gosto do Domingos mas com o Olhanense meteu água.
    Oniewu (apesar de o achar fraco) teria sido muito útil nos lances ofensivos.
    Não percebo também a entrada (e manutenção) do Djaló. Em vez do Capel, eu teria optado pelo Wolfs (derivando o Rubio para a ponta).

    Pedro

    ResponderEliminar
  7. A saga Postiga e os seus acólitos continua e o pior é que não fim à vista.
    Eu estou-me a OBRAR para a Selecção, como já escreveram aqui, a Selecção via FPF NUNCA nos deu nada e a não convocação para a África do Sul de Moutinho não foi inocente.
    Estou-me a OBRAR se o Postiga luta pelo CALHAU Almeida na Selecção,eu quero é golos em Alvalade,e com o cepo do Postiga que tem mais de 100!! jogos pelo SCP e tem 22 ( MEGA LOL MUNDIAL)golos nunca iremos longe.

    ResponderEliminar
  8. CONCORDO QUE O POSTIGA TEM QUE JUSTIFICAR O LUGAR,PORQUE JÁ É DE MAIS TANTA INOPERÂNCIA,OS CRÈDITOS COMEÇAM A FALTAR...E A NOSSA PACIÊNCIA(DOMINGOS)TAMBEM DEVE ESTAR A PENSAR O MESMO QUE EU.

    ResponderEliminar
  9. Postiga e Djaló. Irão sair naturalmente. Se não acontecer é porque melhoraram. Gradualmente lugares fixos irão acabar, porque aumentou a qualidade.

    http://conselholeonino.blogspot.com/2011/08/campeonato-arrancou-com-duas-grandes.html

    ResponderEliminar
  10. A palhaçada e a desonestidade intelectual já começou. Como é possível opinar com tanta ciência quem não tem o minimo de conhecimento sobre o estado dos jogadores???
    O sporting fez um excelente jogo. Não fosse a má arbitragem e tinhamos vencido o jogo facilmente.
    Enfim as aves de rapina estão de volta.

    ResponderEliminar
  11. LdA,

    Pouco me importa se o Postiga luta com o Hugo Almeida pelo lugar de titular na Selecção. Como jogador responsável por marcar golos, Postiga é uma quase nulidade. É certo que trabalha muito, é dotado tecnicamente e dá tudo em campo mas golos, dificilmente os vemos.

    Quando as bolas não chegam, é impossível marcar mas até mesmo as que chegam, não são concretizadas como deveriam.

    O Postiga pode ser muito bom moço mas se é para fazer uma época como as anteriores, é preferível que o faça a partir do banco.

    ResponderEliminar
  12. Fazendo uma analise fria e objectiva só me ocorre a seguinte frase:

    O Postiga é uma merda!

    4 anos em alvalade e ainda há quem tenha esperanças neste artista... Abram os olhos e vejam com olhos de ver!!
    Enquanto for o ponta de lança do Sporting nunca seremos campeões, alias a história assim o demonstra

    ResponderEliminar
  13. Pensei exactamente nisso, no que toca à, desejável, entrada do wolf. Não só porque, de facto, cutou o que custou, mas sobretudo perante as suas características e as que os jogo tinha. A entrada do Rubio foi, por isso, na minha opinião, uma opção menos acertada.

    ResponderEliminar
  14. LdA,

    No lugar de se falar em bodes expiatórios (umas vitimas, coitados), talvez fosse mais justo falar em estatísticas. Não é que me ponha a assentar quantos golos falha em media o Postiga por jogo mas não me parece exagerado dizer que deve andar à volta da dúzia, coisa que já dura à 3 épocas. Nos outros clubes por onde passou rapidamente se deram conta daquilo que é óbvio e evidente, no Sporting depois de todo este tempo parece haver ainda quem espere por alguma metamorfose ou algo parecido.
    Para tornar ainda mais difícil a aceitação deste fenómeno, é importante relevar que estiveram sentados no banco 6 Milhões em avançados - sendo que um deles até tem marcado regularmente - que ficaram a ver o Postiga manter a media.
    A capacidade de aprendizagem com o erro é algo de básico, elementar e exigível para um clube que tem aspirações a títulos e é unânime que o campeonato se ganha à custa das vitorias frente a equipas pequenas, ora, que eu saiba o Sporting até tem equipa para ganhar às equipas pequenas, não pode é alinhar com jogadores que são um problema e não uma solução até porque isso é garantia de insucesso.

    ResponderEliminar
  15. Jans-Peter B, JVL,

    Se se olhar para Postiga como avançado finalizador no qual têm que residir as esperanças na concretização de golos poderemos ter um problema, apesar de, na época em que o Mourinho venceu a UEFA e sobretudo até meio da 1ª época com Ko Adriaasen (antes de ser posto de lado) Postiga ter obtidos golos com regularidade.

    Mas considero redutor a análise pela estatística de um avançado. Quantos golos marcou Saviola no SLB no ano passado, jogando numa posição que me parece mais adequada a Postiga: 14

    Postiga, numa época péssima para o Sporting marcou 16 em toda a época.

    A análise estatística pura e simples dos golos obtidos não me parece o melhor método de analisar o trabalho e a importância de um jogador que até nem joga normalmente como referência atacante.

    ResponderEliminar
  16. Está em curso (em força e a gde velocidade) a lampionização da opinião da maioria dos sportinguistas, como já li algures por estes dias na blogosfera… Só falta saber se o processo é, ou não, irreversível…

    Não entendo esta sanha toda contra um jogador do Sporting… Uma coisa nunca antes vista. Os comentários a este post que versa sobre vários temas / jogadores (já o anterior o fazia), comprova-o. A cegueira provocada pelo ódio é tanta que os comentários concentram-se (quase) todos em apontar o dedo a um dos nossos.

    Não se percebe. Até compreendia tanta frustração se o elemento em causa (não digo o nome para não acicatar mais ódio…) não tivesse facturado… Marcou um golo que não foi limpo: foi cristalino e tão transparente como a água (desde que despoluída), anularam-lho e ao invés de se voltarem contra o palhaço do Cardinali, responsável por um erro monumental, lincham sem dó nem piedade um dos nossos… Ou está tudo bêbado, ou, cá para mim, canalizaram a frustração no sentido errado…

    Será que nas mesmíssimas circunstâncias, desde que o nome do ‘visado’ fosse outro, a reacção seria idêntica? Não sei, mas dava o dendo mindinho em como não, não seria nem pouco, mais ou menos idêntica… Ora, se não, então só posso avaliar a actual reacção ‘em massa’ numas das seguintes maneiras (ou a combinação delas): preconceito, má vontade ou pura estupidez / seguidismo.

    ResponderEliminar
  17. Jans:

    Uma dúzia por jogo? LOL... E dizes tu que não queres 'exagerar'...

    Tomara eu que o SCP tivesse essa média de oportunidades... Mesmo distribuida por todos os jogadores...

    ResponderEliminar
  18. LdA:

    Agora, já todos os treinadores que passaram por Alavalade na ultima meia dúzia de épocas eram ultra competentes e conseguiam potencializar as características dos jogadores que tinham à disposição... Tudo serve para atacar ferozmente o Posti.... (ooops, cala-te boca, que ainda aparece por ai alguém a espumar da boca...)


    Abraço.

    ResponderEliminar
  19. LdA,

    A estatística mais correcta deverá contemplar a totalidade das épocas em que o Postiga é jogador do Sporting. Por outro lado, por muito subjectiva que seja a estatística de golos marcados, se um avançado não se avalia pelos golos que marca (ou vá lá, as assistências que faz) então passamos a analisar um ponta-de-lança da mesma forma que um defesa.

    Seguindo a lógica do Virgílio, perante a certeza e a confirmação da mesma, o melhor é insistir no erro. Não sei é para que é que se gastam 6 milhões e tal na contratação de avançados que ficam no banco a assistir ao Postiga a falhar na dose do costume.

    ResponderEliminar
  20. Jans:

    O Rubio entrou e jogou largos minutos. Como és expert em estatistica, podias dizer-me o seu rendimento transposto para a frieza dos numeros?

    Confirmas que a "dose do costume" de falhanços de oportunidades do Postiga é de dúzia por jogo?

    Outra coisa, nunca, em lado nenhum, eu escrevi / afirmei que o Postiga é um ás na finalização. Apenas me tenho reportado a um jogo onde quase toda a gente o ataca ferozmente qd, na minha opinião, não existem razões (lógicas) para tal.

    Repara que ele marcou um golo, tal como o Izma. Falhou outros, tal como o Izma. Porque é que um é o heroi desse jogo e o outro o vilão? Existe alguma coerência nisto?

    SL

    ResponderEliminar
  21. Por fim:

    Liedosn há mt poucos.

    E os avançados (guerra antiga) não existem só para marcar golos e/ou fazer assistências, taml como os defesas não defendem apenas.

    Não sei se segues o 'ANorte' à mt tempo, mas é conhecida e antiga a minha opinião de que o Postiga deverá jogar a segundo avançado em apoio a um ponta-de-lança mais posicional e com melhor relação com a baliza. Digo isto há anos!

    SL

    ResponderEliminar
  22. Virgilio,

    Falando (metafisicamente ou não) é certo é que o Rubio havia marcado em praticamente todos os jogos da pré-época, pelo que não se compreende como é que fica no banco para dar lugar ao Postiga que, é uma certeza em golos falhados, algo que remota à primeira temporada que chegou ao clube, não é propriamente novidade portanto.

    Quanto à dose habitual, confirmo que é mais do que aquilo que é aceitável, é um rácio desmesuradamente insuportável para um clube que quer ser campeão. Foi também essa dose suficiente para em outros clubes se aperceberem daquilo que podia efectivamente render, mas pelos vistos no Sporting o masoquismo é habito a manter.

    ResponderEliminar
  23. OK.

    Então menciona lá (peço-te metade, ou seja 6) lances de golo eminentes desperdiçados pelo Postiga contra o Olhanense. O golo não vale, certo?

    Se não te importas vou almoçar... Pq se espero pela resposta fico sem refeição.

    Até à próxima.

    ResponderEliminar
  24. E para que conste, Masoquismo é batermos em nós próprios... Precisamente o que está a acontecer com esta 'guerra' ao Postiga.

    ResponderEliminar
  25. Para ter a confirmação (mais uma) dos golos falhados pelo Postiga basta que veja o resumo do jogo pelo youtube, convém é ver mais jogos já que pelos vistos a confirmação nunca é suficiente.

    Se é guerra ou não, não sei, o que sei é que se complica algo que até é de resolução não muito difícil. O problema é mesmo a insistência no erro sabendo à priori quanto isso custa, isso é que já é grave e não é culpa do Porto, dos árbitros ou da má sina.

    ResponderEliminar
  26. Jans-Peter B,

    julgo ter deixado bem claro o que penso sobre a forma como devem ser avaliados os avançados com o exemplo dado.

    Falta ainda lembrar, como muito bem fez o Virgílio, que desde que o Postiga está em Alvalade que o Sporting não tem uma época que se possa considerar normal.

    Daí que até o Liedson, cujo nome será consensual entre nós, andou sempre abaixo do que todos cremos que seria capaz no número de golos no total das competições, apesar de ser o avançado referência da equipa:

    2007 15 golos - 15 na Liga
    2008 18 golos - 11 na Liga
    2009 25 golos - 17 na Liga
    2010 24 golos - 13 na Liga

    Quanto aos golos marcados por Rúbio e Postiga na pré-epoca o chileno marcou 6 e Postiga 5. Para o campeonato ambos continuam a 0 e sabemos porquê, no que eu acho lamentável que os Sportinguistas não discutam a verdadeira razão para tal acontecer. É que golos escandalosos todos falham, inclusive o Falcão contra o Guimarães...

    Quanto aos falhanços do Postiga no jogo contra o Olhanense sendo assim tantos (para mim falhanço clamoroso foi apenas 1, de cabeça quase na pequena área) não devia ser dificil identificar quais foram.

    Mas no fundo lembro aquilo que dizia no post: "Não se trata de defender as qualidades do jogador A ou B. Trata-se de defender o Sporting." Isto é o Sporting é espoliado de um golo limpo e os Sportinguistas ficam a discutir e apontar baterias para a capacidade concretizadora dos avançados. Se por absurdo continuássemos assim, e se pudessemos contratar o Ronaldo, p.ex., até dele diríamos mal.

    Como bem diz o Virgílio, os lampiões a nosso respeito, não fariam pior.

    ResponderEliminar
  27. LdA,

    Goste ou não, o Postiga é um problema que está (ou devia estar) identificado mas pelos vistos os falhanços a que já nos habitou nunca serão de mais para quem continua a ver nele um jogador útil aos objectivos do clube. É certo que a culpa é mais de quem o coloca na equipa do dele próprio, e, não é menos certo que todos falham golos escandalosos, o problema é que o Postiga falha muito, de mais para que se continue a insistir nele, esta é que é a verdadeira questão.
    Vale bem a pena andar a gastar milhões na construção de uma equipa para paralelamente se continuar a depender de jogadores que comprovadamente comprometem e não dão garantias usando-se depois os lampiões para varrer o lixo para debaixo do tapete.

    ResponderEliminar
  28. Jans-Peter B,

    Não é uma questão de gosto pessoal, creia-me. Penso antes que é um desperdício de energia e no caso do jogo de sábado um erro de pontaria na identificação das razões que nos levaram ao empate.

    Tivéssemos nós beneficiado da mesma bitola que foi usada pelos árbitros dos nossos adversários e hoje ninguém se lembraria de apontar armas ao Postiga. Aliás faria 2 jogos consecutivos a marcar: selecção e Sporting.

    É lamentável que isso passe despercebido aos Sportinguistas, já aos comentadores, jornalistas e analistas já estou habituado e custa-me menos.

    ResponderEliminar
  29. Vamos lá então ao ‘iutubas’:

    http://www.youtube.com/watch?v=9_KteRZE0T4


    25’’ boa cabeçada de Postiga em queda ao primeiro poste (ângulo reduzido). Boa Defesa do GR que tem mt mérito nessa acção. Mt dificilmente outro avançado conseguiria fazer melhor. Mas, claro, há quem veja nisto um falhanço abominável…

    1’40’’ Cabeçada de Postiga, após livrar-se da marcação aparece isolado ao segundo poste. Tenta colocar demasiado no poste mais afastado e falha. Aqui, poderia ter feito muito melhor, no mínimo acertar na baliza, sendo que nesse caso a probabilidade de concretizar seria altíssima. Falhanço nítido, portanto.

    1’52’’ Postiga ganha lance de cabeça, tabela com Izma (?) e isola-se. Remata para golo, que seria o primeiro. Ainda com muito tempo para dar a volta… É dele a quase totalidade do mérito do golo. Ganha um pontapé largo, combina bem com o colega, desmarca-se bem, domina bem, remata bem, faz golo que lhe é anulado. Mal.


    Para além destes lances do resumo mais longo que encontrei, recordo-me de um lance de perigo relativo do Postiga logo ao primeiro minuto de jogo. Um cruzamento longo ao segundo poste. O Postiga corre para tentar disputar a bola, não chega a ganhar a posição ao defesa que fica em vantagem sobre o lance. Apesar disso, o Postiga não desiste, vindo de trás salta mais alto (por cima do defesa) e toca na bola de raspão, não conseguindo direccioná-la no sentido da baliza. Resta dizer que o ângulo era extremamente apurado. Um lance dificílimo que ainda assim, o Hélder ganha sobre o defesa.

    Não me recordo de mais nenhuma outra oportunidade ‘desperdiçada’. De qualquer forma, caso exista mais algum lance digno de registo, a caixa de comentarias está à disposição para quem a quiser utilizar…

    Resumindo, muito longe da dúzia, que, atente-se é a tua média de falhanços / jogo do Postiga, o que significa que na tua “estatística” existem encontros onde o Postigo falhou mais que uma dúzia. Não sei qual é o valor máximo que apuraste, mas tendo em atenção o valor médio 12, diria que o estrato de dados mais simples, deriva do zero (valor mínimo) até ao vinte e quatro (!) como valor máximo.

    Deste jogo o que resulta é que o Hélder Postiga falhou um lance eminente de golo e no segundo de que dispôs conseguiu concretizar. Um escândalo!

    Sabes o que é que te digo, Ó Jans? Ainda bem que fui almoçar.

    Olha, mas fico a aguardar com interesse as tuas próximas estatísticas…

    S

    ResponderEliminar
  30. Vejo que o Virgílio prefere agarrar-se à metáfora (refugiando-se em preciosismozinhos, algo próprio de quem não tem razão, preferindo teimosamente não admitir o que está a vista) em vês de ser racional, decididamente tem também um fetiche com o Postiga. Para si o problema do Postiga são mesmo os adeptos que não o apoiam e demonizam. Nem referi sequer o pormaior do agente que só por diz muito mas que para alguns deve ser apenas coincidência. Em conclusão gostaria que dissesse afinal se é ou não para continuar a insistir no Postiga 'Ad eternum' ou é antes para vender como diz no outro post. Em que é que fica?

    ResponderEliminar
  31. Adicionalmente gostava também que o Virgílio explicasse para que é que se gastaram 6 milhões em dois avançados que ficam no banco a ver o Postiga.

    ResponderEliminar
  32. Jans-Peter B

    a discussão já vai extensa e à medida que se prolonga começa a perder a objectividade ao falar em fetiches, preciosismosinhos e teimosias,- isso sim próprio de quem tem falta de argumentos - pelo que nada lhe irei acrescentar.

    SL

    ResponderEliminar
  33. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  34. Eu é que ainda estou à espera LdA de um argumento consistente vosso que seja em lugar de se escudarem em verdadezinhas para defenderem o indefensável. Mas continuem a defender o injustificável e depois queixem-se dos fatalismos do costume.

    Já agora podia aproveitar para responder à questão que lancei, de outra forma parece que está a fugir ao assunto.

    ResponderEliminar
  35. Jans-Peter,

    Já agora, deixe-me dar a minha achega.

    O Sporting é grande suficiente para albergar várias espécies: os sportinguistas, os anti-benfiquistas, os anti-djaló, os anti-postiga, os anti-polga, os anti-patrício, os anti-carriço, os anti-evaldo, os pró-salomão, os pró-vukcevic, os pró-torsiglieri, etc.

    E o clube até pode funcionar assim. De quando em vez há umas eleições e os seus associados elegem uma direcção, que por sua vez decide sobre as questões técnicas no futebol e que, por sua vez, reforça o sportinguismo, o anti-postiguismo e assim.

    Mas há uma coisa que é errada fazer-se: achar que todos têm de se dar bem. Apesar de se pretender que os sportinguistas fazem parte de uma grande família, a verdade é que há uns primos que têm pouco em comum e quando se encontram passam a vida a discutir. E isso acontece em particular quando se cruzam sportinguistas com os anti-qualquercoisistas. Os primeiros acham que têm direito à sua própria opinião e que existe espaço para a pluralidade de opiniões (pese embora os magníficos antecedentes existens em Alvalade, que desafiam claramente esta asserção), os segundos preenchem o seu próprio conceito de sportinguismo nas suas cruzadas quixotescas.

    E tudo bem! Porque ninguém obriga a que os primos se juntem à mesa quando não têm nada em comum. Cada um pode recolher ao seu canto, ou juntar-se com outros com as mesmas tendências "clubísticas", e viver a sua vida em tranquilidade.

    No fundo, aquilo que lhe queria transmitir era isto: O Leão de Alvalade ou o Virgílio não são encarnações da racionalidade nem entidades omnipotentes, são duas pessoas que se dão ao trabalho de partilhar as suas opiniões no espaço que criaram para o efeito. Não obrigam ninguém a partilhá-las nem a adoptá-las como boas, mas também não admitem que alguém de fora, com argumentos que não reconhecem válidos, venha colocar em causa as suas opiniões ou a sua concepção de sportinguismo. A mim parece-me dever-se atender a essa possibilidade.

    Creia-me que não faltam espaços para "matar e esfolar" o Postiga. E que se veio aqui, talvez tenha sido engano. Porque neste espaço, estes autores não individualizam questões que são colectivas nem reduzem os problemas do Sporting a dois ou três indivíduos/jogadores.

    Digo-lhe sinceramente: sorte a nossa que os problemas do Sporting se chamassem "postiga", "djaló", "polga" e afins. É que seria bem mais fácil de resolver...

    Abraço,

    PLF

    ResponderEliminar
  36. Entro eu na discussão que estou fresquinho!

    Grande parte deste problema vem de uma confusão entre Avançados/Ponta de lança, não considero Postiga um ponta de lança mas sim um avançado, logo não o vou comparar com Jardel, Acosta, Cadete, Cascavel ou Manuel Fernandes é um avançado e devo fazer a comparação com outros seus iguais, Sá Pinto, Derlei, Saviola, Lisandro por exemplo.

    Postiga tem feito a sua carreira na posição de ponta de lança e como é fraco na finalização (principalmente de cabeça) tem acumulado criticas e ódios.

    Julgo que o Sporting versão 2011/2012 vai estabilizar num 4-3-3 com as suas mais diversas dinâmicas mas fundamentalmente com um ponta de lança fixo no centro da área. Caso esse jogador seja Postiga estamos mal porque lhe vai ser exigido que seja excelente naquilo que ele é pior, se for outro vamos ver o que rendem o Holandês e o Búlgaro.

    Neste jogo especifico aquilo de que senti falta foi de um jogador mais criativo no meio, que será Matias ou Luis Aguiar (saindo André ou Schaars) até estes dois estarem em forma para jogar vai faltar sempre "perfume" no jogo ofensivo do Sporting.

    Percebo perfeitamente a opção por Postiga de inicio, tal como a entrada de Rúbio em vez de Wolfswinkel pelos índices de confiança do "puto" em relação ao "Mister 5M".

    Para finalizar, caso a opção fosse por Wolfswinkel e ele estivesse tão apagado como esteve Rúbio estavam criadas condições para mais um ódiozinho de estimação - Este custou X Milhões e é um flop! - Rúbio pelo seu mérito ganhou estatuto para sobreviver à tribuna e tem qualidade suficiente para resolver um jogo com o Olhanense que era o que nós precisávamos no sábado.

    Infelizmente criámos muito poucas oportunidades, daquelas claras, dentro da área onde normalmente os finalizadores brilham, fica por isso o ónus no avançado ele tem as costas largas... se cá ficar.

    ResponderEliminar
  37. PLF:

    Importa notar que não fui eu que dediquei um post exclusivamente ao Postiga (para bem ou para o mal), o que me custa a entender é a relutância das pessoas em admitir o que está à vista, a insistência no erro que por mais evidente que seja, nunca é (para alguns) suficiente para que se aborde o problema de forma apropriada, obviamente sem achincalhamentos a jogadores.

    Sobre esses espaços onde se mata e esfola o Postiga, já reparei que ai pela bloga à quem se refira ao jogador de uma forma bem menos polida do que eu, mas pelos outros não posso responder. Percebo que algumas pessoas pretendam transformar isto num ataque pessoal ao jogador a fim de tentarem obter alguma razão quando de facto não a tem.

    Não percebo porque é que me atribui a dissociação do problema do Postiga a algo maior, ocupando ele o lugar de ponta de lança e falhando em dose cavalar, obviamente que assim sendo as consequências não se resumem ao Postiga.

    ResponderEliminar
  38. Concordo com a sua achega PLF.

    Permita-me apenas que reforce a ideia que os problemas do Sporting são de facto muito maiores que "postigas", "djalos" e "polgas" mas a insistências nestes erros torna-se já insustentável roçando o ridículo.

    Este processo de auto-mutilação sistemática em virtude da utilização de Postiga tem de ter um fim.

    O problema é que vem aí um jogo com uns dinamarqueses amadores no qual a nossa estrela se sente como peixe na água. É o tipo de jogo onde o Postiga consegue brilhar com 1 ou 2 golos garantindo mais 10 jogos a titular para continuar a espalhar a sua magia nos relvados portugueses enganando mais uns Virgílios aqui e ali...

    SL

    ResponderEliminar
  39. Mas porquê insistir se o Postiga é ponta de lança ou avançado? Ou um "10"!? O tipo joga bem é a perdulário lá na frente, o típico número "0"!

    Daqueles irritantes que de tempos a tempos o Sporting gosta de promover, estilo Hugo (e que saudades meu ódiozinho de estimação!), coitadinhos que são tão incompreendidos.

    Um tipo que não marca golos, falha (sobretudo) nas piores ocasiões, faz faltas absurdas no ataque e ainda ganha 90.000 €/mês.
    Por 20.000€/mês prefiro os pés torto-repentinos do djaló que ainda consegue ter alguns momentos, do que a elegância, o supless e o encanto incompreendido do Postiga. Por mim pode ir "encantar" para a turquia e construir mais um "belo" capítulo da sua gloriosa carreira, à semelhança do que já fez em Portugal, Inglaterra, Grécia e França.

    ResponderEliminar
  40. Jans-Peter,

    No que o meu caro me parece errar é em achar que há uma qualquer "razão" que tenha de ser partilhada pelos envolvidos nesta discussão e que, no caso, a sua "razão" é mais válida que as demais. E por isso mesmo que referi que o Virgílio ou o Leão de Alvalade não seriam a "encarnação da racionalidade" e - logo - não teriam acesso à "razão" no seu estado puro.

    Acresce que - e não pretendendo falar por eles - não creio que estivessem a falar para si especificamente. Daí não me parecer ser imperioso vir discutir as dimanações da racionalidade com quem, parece-me claro pelo próprio teor do post, não parece estar inclinado para aceitar o seu ponto de vista.

    Por exemplo, sou da opinião que o Sporting deveria oferecer mais opções aos compradores de bihletes: além do preço e localização no estádio, poder-se-ia fazer uma segregação entre tendências dominantes em determinados sectores. Isso é que era de valor: meter os anti-djaló todos juntos, assim como os anti-postiga, os anti-carriço, etc. Porque da mesma maneira que pode ser profundamente incomodativo ler ou ouvir alguns quantos a defender que os problemas do Sporting não se resumem ao Postiga e que este pode fazer parte da solução, o contrário também é verdade.

    A mim preocupa-me sinceramente que no Sporting, pelo menos por essa blogsfera fora, se gaste 10xs mais de tinta com o que vai "mal" do que com o que vai "bem", que haja muito mais participação quando as coisas correm mal do que quando correm bem, e tento dar o meu contributo em conformidade. Acho também, e ainda hoje o referi, que no momento em que o Sporting começar a ganhar não serão necessários estes escapes emocionais e também quero acreditar que, com um melhor enquadramento táctico, todos - nomeadamente o Postiga - renderão mais.

    No que eu não vejo especial valor - muito mais do que no Postiga - é em vir para blogs de terceiros criticar as opiniões dos seus autores.

    Abraço,

    PLF

    ResponderEliminar
  41. RAF77,

    O que o meu caro acha do Postiga é o que eu acho da sua opinião: chuta muito mas acerta pouco. Mas a minha opinião é tão indiferente como a sua. Nenhum dos dois tem qualquer interesse em discutir as "ideias" ou os preconceitos que estão em cima da mesa.

    Poucos serão os que escrevem para tentar ensinar o que seja e menos os que conseguem. Só queria deixar esta nota: locais onde consideram o Postiga uma auto-mutilação não faltam, não é necessário vir colonizar o espaço de quem tem a opinião contrária numa tentativa de medição de não se sabe muito bem o quê.

    É pela liberdade de estar tranquilamente entre aqueles que têm a mesma opinião que eu que me bato, não pelo Postiga.

    Abraço,

    PLF

    ResponderEliminar
  42. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  43. PLF,

    Por mais transcendental que seja a forma com que interpreta a minha 'razão', convinha reparar que a sustentei com factos por sinal até bastante unânimes entre sportinguistas independentemente da divergência de expressividades, mais, se há tanta contestação ao Postiga, algum fundamento deve haver, não lhe parece?

    Imperativo era que neste clube a racionalidade deixasse de ser tratada como taboo, a menos que isso na realidade sirva propósitos mais exculpantes e para justificação de insucessos futuros. É revoltante ouvir as pessoas dizer "... ah e tal o Sporting este ano é só "meio candidato" ao titulo porque não tem as mesmas armas dos principais concorrentes e conversa fiada...", quando no fundo grande percentagem das razões do insucesso se devem a disparates que facilmente se evitariam.

    Não entendo bem essa sua ultima frase, afinal limitei-me a comentar um post, a menos que para si os comentários só são validos quando em concordância com a essência do post. Isto é no mínimo incoerente se tiver em conta que mencionou razões/opiniões "mais válidas".

    ResponderEliminar
  44. Jans-Peter,

    constrói a sua opinião num conjunto de premissas que me parecem (e julgo que parecerão igualmente ao autor do post) francamente discutíveis, desde já porque reduz a sua métrica a um único elemento de avaliação.

    Por isso clamar pela racionalidade na avaliação do desempenho e reduzi-la a um único elemento, parece-me errado. Como me pareceria errado, por exemplo, contratar o João Tomás que é um avançado que tem elevados índices de concretização.

    Mas é sobretudo o momento que me parece ainda mais errado. Porque nem a racionalidade admite julgamentos definitivos neste caso concreto, por muita relevância estatística que exista, o juízo de prognose é sempre circunstancial.

    E é isso que me parece profundamente errado no seu comentário: não veio questionar a opinião do autor colocando questões ou expondo uma perspectiva diferente, veio cavalgar um momento emocional para questionar a sua racionalidade.

    Concordo plenamente com a opinião que é expressa neste post, sobretudo no que diz respeito ao ruído que visa exclusivamente interferir numa opção técnica. Caso o Rubio, o Wolfswinkel ou o Bojinov venham a revelar-se piores que o Postiga, ou o Capel, Carrillo, etc. piores que o Djaló, e assim sucessivamente, poderemos fazer a aferição da competência dos responsáveis da próxima vez que formos às urnas. O que não me parece, contudo, que a "racionalidade" defenda é que jogue o 2º melhor porque alguns prolíficos escritores insistem que o Postiga é uma auto-mutilação.

    Para já, a única coisa que se poderia pedir - e porque não se pode meter uma mordaça nos dedos das pessoas - é que se reduza ao mínimo a conflitualidade entre aqueles que se consideram do Sporting, esperando que o momento emocional seja melhor. No dia em que o Postiga marcar golos - se isso vier a acontecer (até porque há outras opções) - poderemos discutir se o plantel do Sporting serve para ser campeão. Não lhe parece bem?

    Abraço,

    PLF

    ResponderEliminar
  45. E depois de ler alguns, diga-se os primeiros vinte e tal comentários sobre este post, eu pergunto:
    - Porquê complicar se se pode simplificar?

    Na minha óptica o Postiga anda a falhar demais para as nossas necessidades ponto final

    Quem se mortifica com este tipo de argumentação é porque tem tempo para isso ou é masoquista.

    Ah! Têm razão, o tempo que faz à beira-mar não anda de feição e dá cabo dos nervos a qualquer um.

    Abraços leoninos e muito mais construtivos do bom ambiente que se espera irá ocorrer no desenrolar desta época promissora.

    Um grande Chuac para todos

    ResponderEliminar
  46. O PLF exibe exactamente aquilo que me tenta imputar a mim, usando um tom professoral como que se estivesse a representar oficialmente a razão contra os inferiores mentais que de si discordam.

    O que me parece verdadeiramente desapropriado é toda essa articulação de ideias em jeito filosófico - empenhado em baralhar todo o principio metafisico de Leibniz - para tratar de algo tão simples como a falta de capacidade de mais do que comprovada de um jogador para representar o clube. Mais um bocado e ainda arranja um truques retóricos para nos tentar convencer que o Postiga está ao nível do Falcão ou coisa assim.

    A mim, pelo que sei chega-me para formar a convicção que o Postiga não serve e creio que isto é demasiado óbvio não resultando de uma analise circunstancial como o PLF pretende fazer crer, assim dessa forma como o PLF expõe as ideias seria sempre impossível chegar a qualquer conclusão, imagino que isto só seja assim quando convém.

    Deixe-me que lhe diga que esse principio da mordaça talvez seja bastante elucidativo acerca da forma como encara a 'razão' dos outros.

    ResponderEliminar
  47. Jans-Peter,

    apenas me parece cristalino ser impossível termos (ambos, mas parece-me - pelo teor dos comentários -também do Leão de Alvalade) uma conversa que vá além da pura recriminação de um jogador, através de uma análise fundada nos critérios que lhe dão jeito.

    Acredite que o tom que apelida de "professoral" é uma tentativa de um mínimo de cordialidade, porque o espaço não é meu. Não pretendo meter uma mordaça a ninguém - embora não falte quem queira partir as pernas ao Postiga - apenas queria salientar o exercício inútil que é vir para um espaço de um terceiro debitar sentenças que para si "são mais do que comprovadas" ou "demasiado óbvias" quando estão em oposição tão flagrante com o autor do espaço. É mais ou menos - e sem juízos de valor - como ir pregar as virtudes do ultra-liberalismo à sede do bloco de esquerda.

    O que lhe pedia era contenção na conflitualidade nos espaços em que o sentido da opinião a possa gerar, não o silêncio e muito menos a adopção da minha opinião sobre o tema em concreto.

    Abraço,

    PLF

    ResponderEliminar
  48. Isso já é 'cordialidade' em demasia, própria de alguém que vê confrontado com argumentos talvez mais acertados do que gostaria.

    Claro que toda esta discussão, assim como qualquer outra discussão em blogs é infrutífera, até porque duvido muito que o treinador se ponha a consultar blogues para fazer a equipa. Mas sendo assim, se não fosse para debater ideias, não valia a pena haver posts ou mesmo blogs. Mas por outro lado, e falando apenas por mim, garantidamente que prescindo dos seus pareceres bem como não dependo da avaliação da sua pretensa superioridade moral para opinar sobre o que quer que seja. Até amanha!

    ResponderEliminar
  49. Ó Jans...

    Desculpa lá páh, eu sei que tu querias mais atenção, mas as minhas férias acabaram-se e tenho que dar o litro novamentemnte, de modo que tive que ir pró quentinho e abandonar-te (e ao conforto do meu gabinete) com as tuas acusações às figuras de estilo que os outros (não) fazem.

    Metáfora? Então eu apresento-te informação objectiva do jogo, com vídeo e td, do site que tu me aconselhaste e chamas-lhes… metáforas?

    Eh pá, vou ser sincero e muito directo:

    Estou-me a borrifar para as tuas estatísticas. Sabes pq? Pq um gajo que afirma, confirma, e teima em dizer que o Postiga falha, em média (média, ATENÇÃO) 12 (DOZE) oportunidades de golo por jogo não me merece qlq crédito… Desculpa lá dizer-to, mas acho que apreciarás a frontalidade. Sabes o que é uma média? E o que são oportunidades de golo? Começo seriamente a duvidar da tua “expertise” em estatística… E/ou de conhecimentos mínimos de futebol…

    Finalmente e de forma o mais clara possível (a ver se a discussão termina de uma forma minimamente agradável para todos), deixa-me dizer-te o seguinte:

    Repito que eu não acho o Postiga ‘gde espingarda’ enquanto finalizador. Tenho-o afirmado variadíssimas vezes. Se tens tempo procura no blogue. Existe um marcador a dizer “Postiga”, podes seleccioná-lo e ver em post’s ou comentários a minha opinião sobre as suas características (quer as positivas, quer as negativas). O que eu contestei, e continuo a contestar é uma coisa mt simples: O Postiga não foi o culpado por termos perdido dois pontos no sábado, ao contrário do que afirmas tu e, já q gostas de estatísticas, 90% dos sportinguistas… E manifestei essa minha opinião, baseado em factos: marcou um golo que, face ao que se passou depois, chegaria para a vitória. E mais, manifestei-me contra o ataque feroz e perfeitamente injustificável que se seguiu a um nosso jogador…

    Mas era fácil contradizeres-me. Bastava apontares os falhanços dele e eu calava-me. Mas se até agora não o fizeste é porque realmente os tais falhanços não existiram. Falhou UMA oportunidade flagrante de golo! UMA!

    ResponderEliminar
  50. Jans:

    Relativamente à época 2011/2012 estou disposto a dar oportunidades a tds os jogadores do plantel. Se ficaram ou foram contratados foi pq 1) os dirigentes confiaram neles; 2) A equipa técnica deu o aval e confia igualmente nos jogadores que tem à disposição. Por isso, chame-se A, B ou C, estou disposto a limpar a mente e dar oportunidade a qlq um que seja chamado a dar o seu contributo. Ao Postiga, que tem passado SCP e ao André Martins, que não tem. Se isto é masoquismo, já não sei, mas não me parece que o Godinho, o Duque, o Freitas, o Domingos sejam masoquistas… E porquê confiar no Postiga? Pq as circunstâncias são completamente diferentes daquelas que enfrentou no passado. Agora, é preciso é aproveitar as melhores características de cada um, e os locais onde mais rendem… Caro amigo, fica ciente disto: eu analiso jogo a jogo e se em determinado jogo eu achar que devo ‘atacar’ um jogador (mesmo se a maioria o ‘defenda’, ou vice-versa, isto é, ‘defender’ um jogador contra a opinião geral é o que farei. Essencialmente gosto e prezo muito uma coisa, a qual eu não prescindo: criticar com um mínimo de sentido de JUSTIÇA

    Claro que posso enganar-me, mas fica desde já ciente que em tds os comentários que faço, tento adicionar-lhe o máximo de sentido de justiça.

    Por fim, quero esclarecer-te do seguinte: comentei no post mais recente, da autoria do LdA, que o Postiga, tal como tds os restantes jogadores do plantel deve ser negociado em caso de aparecer uma proposta justa para a compra do seu passe. Simples, não é? De imprescindíveis está o cemitério cheio.

    SL

    ResponderEliminar
  51. Jans-Peter,

    apenas me parece bizarro é andar a envenenar o ambiente de blogs cujos autores não partilham da sua opinião, quando tantos tem que a partilham.

    Não posso deixar contudo a nota à sua incrível capacidade finalizadora no que diz respeito ao auto-elogio, projectando que as minhas dificuldades em responder aos seus "acertados argumentos". Essa foi de Falcão!

    E pronto. Vou levar a minha pretensa superioridade moral para casa e esperar que o Leão de Alvalade e o Virgílio - e quem sabe até o Jans-Peter, que me parece ser novo nesta paragens - percebam o que queria dizer: não se motiva ninguém a ajudar, a participar e a puxar pela equipa, quando se vê por todo o lado um discurso biliar que nada oferece em alternativa, que o "novo sportinguismo" não pode ser um em que as pessoas se juntam para dizer mal dos jogadores do Sporting, sendo que - força da natureza da actividade - os alvos se vão revezando ano após ano.

    Porque se deixar houver espaços em que a crítica negativa é uma constante, quem perde são aqueles que não se identificam com o trolling que pulula por essa blogosfera e - no final - o Sporting.

    E por aqui me fico para não ser mais desagradável.

    PLF

    ResponderEliminar
  52. "apenas me parece bizarro é andar a envenenar o ambiente de blogs cujos autores não partilham da sua opinião, quando tantos tem que a partilham."


    Desconhecia que o objectivo deste blog era que os seus visitantes dissessem amen a tudo o que os seus autores escrevessem que nem bonitos carneiros.

    Duvido que seja esse o objectivo deste blog e que os seus autores sejam tão egocêntricos ao ponto de necessitarem da aprovação de todos as suas ideias e opiniões(digo eu...).

    Uma tremenda confusão causa me ver Sportinguistas(e disse Sportinguistas ao contrário do mente capto que apelidou colegas Sportinguistas de lampiões simplesmente porque fez birra por não concordarem com a sua opinião)defenderem com unhas e dentes algo que se tornou um problema no clube e não uma solução há muito tempo.

    Das duas uma ou há coragem para resolver este problema ou ele vai se embora.Parece me que só desse forma se vai finalmente ter noção da realidade.

    Errar é humano,insistir num erro...

    ResponderEliminar

Este blogue compromete-se a respeitar as opiniões dos seus leitores.

Para todos os efeitos a responsabilidade dos comentários são de quem os produz.

A existência da caixa de comentários visa dar a oportunidade aos leitores de expressarem as suas opiniões sobre o artigo que lhe está relacionado, bem como a promoção do debate de ideias e não a agressão e confrontação.

Daremos preferência aos comentários que entendermos privilegiarem a opinião própria do que a opinião que os leitores têm sobre a opinião de terceiros aqui emitida. Esta será tolerada desde que respeite o interlocutor.

Insultos, afirmações provocatórias ou ofensivas serão rejeitados liminarmente.

Não serão tolerados comentários com links promocionais ou que não estejam directamente ligados ao post em discussão.

Sporting Clube de Portugal

Sporting Clube de Portugal

Prémios

Sporting 160 - Podcast

Os mais lidos no último mês

Blog Roll

Leitores em linha


Seguidores

Número de visitas

Free HTML Counters

Ultimos comentários

Blog Archive

Temas

"a gaiola da luz" (1) 10A (1) 111 anos (1) 1ª volta Liga Zon/Sagres 10/11 (3) 2010-2011 (1) 2016 (1) 8 (4) AAS (7) ABC (3) Abrantes Mendes (3) Academia (15) Académica-SCP (1) adeptos (94) Adrien (18) AdT (1) adversários (82) AFLisboa (2) AG (19) Alan Ruiz (1) Alexander Ellis (1) alma leonina (59) ambição (10) andebol (34) André Geraldes (2) André Marques (2) André Martins (6) André Pinto (1) André Santos (5) anestesia (3) angulo (5) aniversário "A Norte" (3) Aniversário SCP (4) antevisão (41) APAF (11) aplausos ao ruben porquê? (2) Aquilani (1) aquisições (85) aquisições 2013/14 (16) aquisições 2014/15 (18) aquisições 2015/16 (17) aquisições 2016/17 (10) aquisições 2017/18 (5) arbitragem (92) Associação de Basquetebol (6) ataque (1) Atitude (9) Atletico Madrid (1) Atlético Madrid (1) atletismo (6) auditoria (4) autismo (1) AVB és um palhaço (1) aventureiro (1) Bacelar Gouveia (2) Balakov (1) balanço (5) Baldé (4) balneário (3) banca (2) Barcos (3) Bas Dost (3) Bastidores (70) Batota (18) Battaglia (1) Beira-Mar (2) Belenenses (4) Benfica (1) BES (1) bilhetes (2) binários (1) Boal (1) Boateng (1) Boeck (2) Bojinov (7) Bolsa (2) Borússia Dortmund (1) Boulahrouz (2) Brasil (1) Braz da Silva (8) Brondby (4) Bruma (18) Bruno Carvalho (100) Bruno César (3) Bruno de Carvalho (7) Bruno Martins (20) Bryan Ruiz (3) Bubakar (1) BwinCup (1) cadeiras verdes (1) Cadete (1) Caicedo (5) calendário (2) Câmara Municipal de Lisboa (3) Campbell (2) Campeões (2) campeonato nacional (21) campeonatos europeus atletismo (2) Cândido de Oliveira (1) Caneira (2) Cape Town Cup (3) Capel (4) carlos barbosa (4) Carlos Barbosa da Cruz (2) Carlos Carvalhal (5) Carlos Freitas (7) Carlos Padrão (1) Carlos Severino (4) Carriço (6) Carrillo (10) Carrilo (3) carvalhal (30) Caso Cardinal (1) Casos (6) CD Liga (3) Cedric (7) Cervi (3) CFDIndependente (1) Champions League 2014/15 (9) Champions League 2015/16 (5) Chapecoense (1) CHEGA (1) Ciani (1) Ciclismo (3) CL 14/15 (2) Claques (9) clássicos (8) Coates (4) Coentrão (1) Coerência (1) colónia (1) comissões (2) competência (2) comunicação (65) Comunicação Social (21) Consciência (1) Conselho Leonino (2) contratações (6) COP (1) Coreia do Norte (1) Corradi (1) corrupção no futebol português (2) Cosme Damião (1) Costa do Marfim (3) Costinha (45) Couceiro (13) crápulas (1) credores (1) crise 2012/13 (21) Crise 2014/15 (2) Cristiano Ronaldo (1) cronica (3) crónica (15) cultura (4) curva Sporting (1) Damas (3) Daniel Sampaio (3) debate (5) defesa dos interesses do SCP (7) Del Horno (1) delegações (1) depressão (1) Derby (42) Derby 2016/17 (1) derlei (1) Desespero (1) Despedida (2) despertar (3) dia do leão (1) Dias da Cunha (1) Dias Ferreira (6) Diogo Salomão (4) director desportivo (18) director geral (5) direitos televisivos (4) Dirigentes (28) disciplina (6) dispensas (22) dispensas 2015/16 (1) dispensas 2016/17 (2) dispensas 2017/18 (1) djaló (10) Domingos (29) Doumbia (1) Doyen (4) Duarte Gomes (2) Ecletismo (60) Eduardo Barroso (6) Eduardo Sá Ferreira (2) eleições (19) eleições2011 (56) eleições2013 (26) eleições2017 (9) Elias (5) eliminação (1) empresários (11) empréstimo obrigacionista (3) entrevistas (63) Épico (1) época 09/10 (51) época 10/11 (28) época 11/12 (8) época 12/13 (11) época 13/14 (4) época 14/15 (8) época 15/16 (5) época 16/17 (7) época 17/18 (1) EquipaB (17) equipamentos (12) Eric Dier (8) Esperança (4) estabilidade (1) Estádio José de Alvalade (4) Estado da Nação (1) estatutos (6) Estórias do futebol português (4) estratégia desportiva (102) Estrutura (1) Euro2012 (6) Euro2016 (1) Europeu2012 (1) eusébio (2) Evaldo (3) Ewerton (4) exigência (2) expectativas (1) expulsão de GL (1) factos (1) Fafe (1) Fair-play (1) farto de Paulo Bento (5) fcp (12) FCPorto (9) FIFA (2) Figuras (1) filiais (1) final (1) final four (1) finalização (1) Finanças (24) fiorentina (1) Football Leaks (2) Formação (88) FPF (14) Francis Obikwelu (1) Francisco Geraldes (2) Frio (1) fundação aragão pinto (3) Fundação Sporting (1) fundos (14) futebol (9) futebol feminino (1) futebol formação (1) futebol internacional (1) Futre (1) Futre és um palhaço (4) futsal (23) futsal 10/11 (1) futuro (8) gabriel almeida (1) Gala Honoris Sporting (3) galeria de imortais (27) Gamebox (2) Gauld (5) Gelson (1) Gent (1) geração academia (1) Gestão despotiva (2) gestores de topo (10) Gilberto Borges (2) GL (2) glória (5) glorias (4) Godinho Lopes (27) Gomes Pereira (1) Governo Sombra (1) Gralha (1) Gratidão (1) Grimi (4) Grupo (1) Guerra Civil (2) guimarães (1) Guy Roux (1) Hacking (1) Heerenveen (3) Hildebrand (1) História (18) Holdimo (1) homenagem (5) Hóquei em Patins (7) Hugo Malcato (113) Hugo Viana (1) Humor (1) i (1) Identidade (11) Idolos (3) II aniversário (1) Ilori (4) imagem (1) imprensa (12) Inácio (5) incompetência (7) Insua (2) internacionais (2) inverno (2) investidores (3) Iordanov (6) Irene Palma (1) Iuri Medeiros (1) Izmailov (26) Jaime Marta Soares (3) Jamor (3) Janeiro (1) Jardel (2) jaula (3) JEB (44) JEB demite-se (5) JEB és uma vergonha (5) JEB rua (1) JEBardadas (3) JEBardice (2) Jefferson (3) Jeffren (5) Jesualdo Ferreira (14) JJ (1) JL (3) Joana Ramos (1) João Benedito (1) João Mário (6) João Morais (5) João Pereira (6) João Pina (3) João Rocha (3) Joaquim Agostinho (2) joelneto (2) Jogo de Apresentação (1) Jorge Jesus (44) Jorge Mendes (3) José Alvalade (1) José Cardinal (2) José Couceiro (1) José Eduardo Bettencourt (33) José Travassos (1) JPDB (1) Jubas (1) judo (6) Juniores (7) JVL (105) Kwidzyn (1) Labyad (7) Lazio (1) LC (1) Leão de Alvalade (496) Leão Transmontano (62) Leonardo Jardim (11) Liderança (1) Liedson (28) Liga 14/15 (35) Liga de Clubes (12) liga dos campeões (12) Liga dos Campeões 2016/17 (11) Liga dos Campeões 2017/18 (3) Liga Europa (33) Liga Europa 11/12 (33) Liga Europa 12/13 (9) Liga Europa 13/14 (1) Liga Europa 14/15 (1) Liga Europa 15/16 (11) Liga Europa10/11 (16) Liga NOS 15/16 (30) Liga NOS 16/17 (22) Liga NOS 17/18 (1) Liga Sagres (30) Liga Zon/Sagres 10/11 (37) Liga Zon/Sagres 11/12 (38) Liga Zon/Sagres 12/13 (28) Liga Zon/Sagres 13/14 (24) Lille (1) LMGM (68) losango (1) Lourenço (1) low cost (1) Luis Aguiar (2) Luis Duque (9) Luís Martins (1) Madeira SAD (4) Malcolm Allison (1) Mandela (2) Mané (3) Maniche (4) Manifesto (3) Manolo Vidal (2) Manuel Fernandes (7) Marca (1) Marcelo Boeck (1) Marco Silva (27) Maritimo (2) Marítimo (3) Markovic (1) Matheus Oliveira (1) Matheus Pereira (3) Mati (1) matías fernandez (8) Matias Perez (1) Mauricio (3) Meli (1) Memória (10) mentiras (1) mercado (41) Meszaros (1) Miguel Lopes (1) miséria de dirigentes (2) mística (3) Modalidades (25) modelo (3) Moniz Pereira (7) Montero (7) Moutinho (3) Mundial2010 (9) Mundial2014 (3) Mundo Sporting (1) Nacional (1) Naide Gomes (2) Naldo (3) naming (2) Nani (3) Natal (4) Naval (3) Navegadores (3) negócios lesa-SCP (2) NextGen Series (3) Noite Europeia (1) nonsense (23) Nordsjaelland (1) NOS (1) Notas de Imprensa (1) notáveis (1) nucleos (1) Núcleos (9) Nuno André Coelho (2) Nuno Dias (3) Nuno Saraiva (2) Nuno Valente (1) o (1) O Roquetismo (8) Oceano (1) Octávio (1) Olhanense (1) Olivedesportos (1) Onyewu (7) onze ideal (1) opinião (6) oportunistas (1) orçamento (3) orçamento clube 15/16 (1) organização (1) orgulho leonino (17) Oriol Rosell (3) paineleiros (15) Paiva dos Santos (2) paixão (3) papagaios (8) pára-quedista (1) parceria (2) pascoa 2010 (1) pasquins (7) património (2) patrocínios (5) Paulinho (1) paulo bento (19) Paulo Faria (1) Paulo Oliveira (3) Paulo Sérgio (43) paulocristovão (1) Pavilhão (11) pedrada (1) Pedro Baltazar (8) Pedro Barbosa (5) Pedro Madeira Rodrigues (3) Pedro Mendes (4) Pedro Silva (2) Pereirinha (6) Peyroteo (2) Piccini (1) Pini Zahavi (2) Pinto Souto (1) plantel (31) plantel 17/18 (3) play-off (2) play-off Liga dos Campeões 17/18 (2) PMAG (3) Podence (1) Polga (5) Pongolle (5) Pontos de vista (15) por amor à camisola (3) post conjunto (5) Postiga (7) PPC (7) Pranjic (2) pré-época (2) pré-época 10/11 (7) pré-época 11/12 (43) pré-época 12/13 (16) pré-época 13/14 (16) pré-época 14/15 (22) pré-época 15/16 (20) pré-época 16/17 (12) pré-época 17/18 (9) prémio (1) prémios stromp (1) presidente (4) Projecto BdC (1) projecto Roquette (2) promessas (3) prospecção (2) Providência Cautelar. Impugnação (1) PS (1) Quo vadis Sporting? (1) Rabiu Ibrahim (2) râguebi (1) raiva (1) RD Slovan (1) reacção (1) redes sociais (1) Reestruturação financeira (17) reflexãoleonina (21) reforços (15) regras (4) regulamentos (1) Relatório e Contas (11) relva (10) relvado sintético (4) remunerações (1) Renato Neto (3) Renato Sanches (1) respeito (7) resultados (1) revisão estatutária (5) Ribas (2) Ribeiro Telles (4) Ricardo Peres (1) Ricciardi (2) ridiculo (1) ridículo (2) Rinaudo (8) Rio Ave (2) Rita Figueira (1) rivais (6) Rodriguez (2) Rojo (4) Ronaldo (12) rtp (1) Rúbio (4) Rui Patricio (18) Rui Patrício (4) Sá Pinto (31) SAD (25) Salema (1) Sarr (4) Schelotto (2) Schmeichel (2) scouting (1) SCP (64) Segurança (1) Selecção Nacional (38) seleccionador nacional (5) Semedo (1) SerSporting (1) Shikabala (2) Silly Season2017/18 (2) Símbolos Leoninos (3) Sinama Pongolle (1) Sistema (4) site do SCP (3) SJPF (1) Slavchev (1) slb (21) Slimani (11) Soares Franco (1) sócios (16) Sócrates (1) Solar do Norte (14) Sondagens (1) sorteio (3) Sousa Cintra (1) Sp. Braga (2) Sp. Horta (1) Spalvis (2) Sporting Clube de Paris (1) Sportinguismo (2) sportinguistas notáveis (2) SportTv (1) Stijn Schaars (4) Stojkovic (3) Sunil Chhetri (1) Supertaça (3) sustentabilidade financeira (40) Taça CERS (1) Taça Challenge (5) taça da liga (11) Taça da Liga 10/11 (7) Taça da Liga 11/12 (3) Taça da Liga 13/14 (3) Taça da Liga 14/15 (2) Taça da Liga 15/16 (4) Taça da Liga 16/17 (1) Taça das Taças (1) Taça de Honra (1) Taça de Liga 13/14 (3) Taça de Portugal (12) Taça de Portugal 10/11 (3) Taça de Portugal 10/11 Futsal (1) Taça de Portugal 11/12 (12) Taça de Portugal 13/14 (3) Taça de Portugal 14/15 (8) Taça de Portugal 15/16 (4) Taça de Portugal 16/17 (4) táctica (1) Tales (2) Tanaka (1) Ténis de Mesa (2) Teo Gutierrez (5) Tertúlia Leonina (3) Tiago (3) Tonel (2) Torneio Guadiana 13/14 (1) Torneio New York Challenge (4) Torsiglieri (4) Tottenham (1) trabalho (1) transferências (5) transmissões (1) treinador (90) treino (4) treinos em Alvalade (1) troféu 5 violinos (5) TV Sporting (5) Twente (2) Tziu (1) uefa futsal cup (4) Uvini (1) Valdés. (3) Valores (14) Veloso (5) vendas (8) vendas 2013/14 (2) vendas 2014/15 (1) vendas 2016/17 (5) Ventspils (2) Vercauteren (5) Vergonha (7) video-arbitro (5) Villas Boas (8) Viola (1) Virgílio (98) Virgílio1 (1) Vitor Golas (1) Vitor Pereira (6) Vitória (1) VMOC (7) Vox Pop (2) VSC (3) Vukcevic (10) WAG´s (1) William Carvalho (13) Wilson Eduardo (2) Wolfswinkel (12) Wrestling (1) Xandão (4) Xistra (3) Zapater (2) Zeegelaar (2) Zezinho (1)